13 coisas que um líder não deve fazer de jeito algum

13 coisas que um líder não deve fazer de jeito algum

Ao se inspirar em um líder, você provavelmente se pergunta sobre o que ele pensa, como funciona a sua cabeça. Mas essa não é necessariamente a pergunta mais completa. “Quais as coisas que um líder não deve fazer?” pode ser mais instigante. É o que vamos descobrir neste post!

As coisas que um líder não deve fazer são universais

A gestora de talentos norte-americana Meghan M. Biro escreveu, em um artigo sobre carreiras na Forbes, que ser líder envolve muito mais emoção do que razão.

Segundo ela, os líderes possuem uma série de qualidades difíceis de serem encontradas em uma pessoa só, como inteligência emocional, aprendizado contínuo, honestidade e muitas outras. 

Já a empresária norte-americana e especialista em comunicação Cheryl Conner, escrevendo para empreendedores também na Forbes entendeu que, para ser um bom líder, você precisa ter a mente forte.

Essa conclusão foi tirada de um artigo muito popular escrito pela escocesa Amy Amorim, psicoterapeuta e docente de psicologia, que listou 13 coisas que pessoas mentalmente fortes evitam – e elas se encaixam no perfil dos líderes da nova geração em qualquer lugar do mundo.

Talvez, as frustrações evitadas por líderes os levem a caminhos mais claros e menos estressantes e, portanto, mais férteis. Preste atenção a estes comportamentos e avalie se você não está se sabotando diariamente com pensamentos negativos que te privam do sucesso e podam atitudes inovadoras. 

Vamos então às 13 coisas que um líder não deve fazer:

1. Perder tempo sentindo pena de si mesmo

Em vez disso, a liderança  assume a responsabilidade de seu papel e entende que a vida nem sempre é fácil ou justa.

2. Transferir seu poder para os outros

Um líder não permite que outros usem seu poder em seu lugar. E não diz coisas como “meu chefe me fez sentir mal”, porque ele sabe que está no controle de suas emoções e pode escolher como responder a situações de estresse.

3. Privar-se de mudanças

Líderes não temem mudanças, pelo contrário, são flexíveis e ávidos por mudanças positivas.

4. Perder energia em coisas que não pode controlar

Você não vê pessoas mentalmente fortes reclamando da mala perdida ou do trânsito. Elas focam no que podem controlar e sabem que, algumas vezes, a única coisa que podem regular é a sua própria atitude.

5. Preocupar-se em ser amável com todos

Líderes não têm medo de dizer não ou discutir quando necessário. Eles desejam ser gentis e justos, mas podem conviver com o fato de que não agradarão sempre.

6. Ter medo de correr riscos calculados

Não corra riscos imprudentes, mas não se importe de correr riscos calculados. Antes de tomar uma grande decisão, passe um tempo pensando sobre os riscos e os benefícios envolvidos naquele desafio

7. Debruçar-se sobre o passado

Pessoas fortes não perdem tempo desejando que as coisas fossem diferentes. Elas reconhecem seu passado e dizem o que aprenderam com ele, mas não fantasiam com dias gloriosos. Vivem o presente e planejam o futuro.

8. Repetir erros

Além de aceitar a responsabilidade sobre seu comportamento, líderes aprendem com erros do passado e evitam repeti-los.

9. Ressentir-se do sucesso alheio

Inveja é algo que não passa na cabeça dos líderes. Eles gostam e celebram o sucesso dos outros e sabem que terão de trabalhar duro para ter sua própria oportunidade.

10. Desistir depois do primeiro fracasso

Um líder não vê o fracasso como uma razão para desistir, mas o usa como uma oportunidade de crescer e se aperfeiçoar.

11. Ter medo de ficar sozinho

Líderes toleram ficar sós e não têm medo do silêncio, não são dependentes de companhia. Ficar apenas com seus pensamentos não é um problema e devem usar esse tempo de forma produtiva.

12. Achar que o mundo o deve alguma coisa

Pessoas fortes não nasceram com a mentalidade de que os outros devem cuidar delas ou que o mundo as deve alguma coisa. Em vez disso, veem as oportunidades com base em seus próprios méritos.

13. Esperar resultado imediato

Trabalhando ou investindo na saúde, os líderes do futuro não esperam resultados imediatos. Pelo contrário: aplicam suas habilidades e seu tempo para entender que mudanças reais levam tempo.

Uma ferramenta que te ajuda a liderar

Muito desta lista se refere ao tempo e à energia que se perde com coisas que não se pode controlar ou que devem ser encaradas como aprendizado em vez de frustração.

Quando você automatiza a parte burocrática do trabalho (reuniões de acompanhamento, delegar tarefas, leitura de emails, compilar todos os materiais de um projeto), sobra mais tempo para você resolver questões realmente importantes da empresa.

Vamos apresentar cinco pontos em que um software de gestão pode auxiliar o seu trabalho de líder.

1.Criar e acompanhar suas principais métricas

Enquanto líder, você precisa saber o que está acontecendo no seu setor. Com uma ferramenta de gestão você contará com informações precisas. No Runrun.it, por exemplo, os líderes contam com o dashboard, o qual dá acesso a todas as informações em apenas uma tela.

O Dashboard é uma tela que centraliza as informações mais relevantes, de forma direta. Você cria suas próprias métricas, utilizando filtros, seleciona somente o que interessa e arrasta os blocos para onde quiser.

As métricas mais importantes em uma única tela – o Dashboard do Runrun.it

2.Melhorar a sua comunicação

Você já deve ter passado por problemas relacionados a falhas na comunicação. Uma informação que não chegou, uma mensagem que se perdeu no aplicativo de conversas, um e-mail esquecido numa caixa de entrada lota. 

Com um gerenciador de tarefas, você consegue centralizar a comunicação e assegurar que tudo fique devidamente registrado.

O Runrun.it tem um estrutura pensada para isso, é como uma rede social focada em resultados. Além do mural de mensagens, cada tarefa possui sua timeline, com espaços para publicar textos, links, imagens, vídeos etc.

O Runrun.it te mantém no controle do trabalho e da equipe. Você define quem pode criar tarefas, eliminando situações de duplo-comando involuntárias.

E não é apenas com a sua equipe que você pode se comunicar. Com a função do usuário convidado é possível compartilhar informações de projetos e tarefas com pessoas externas à sua empresa, convidando-as por e-mail.

Veja como é fácil compartilhar informações com a função do “usuário convidado” no Runrun.it

O Runrun.it também está no Zapier, plataforma que permite integrar a ferramenta a mais de mil aplicações diferentes, incluindo Gmail, Trello, Basecamp, Asana, Docs, Pipedrive, Google Spreadsheets… E tudo isso sem a necessidade de se usar recursos de TI, já que a maioria das integrações pode ser feita por profissionais leigos em programação.

3.Criar modelos de projetos

Se um líder não pode cometer os mesmos erros, uma ferramenta de gestão pode te ajudar fornecendo dados e registrando o histórico de todas as atividades. 

No Runrun.it você pode criar projetos e, posteriormente, utilizá-los como modelo, para aproveitar o aprendizado com experiências passadas e não repetir erros.

Os projetos mais utilizados pela instituição podem ser copiados com um clique, e as informações principais podem ser alteradas conforme a sua necessidade. 

Dessa forma, há uma redução das etapas mais procedurais, o que aumenta o tempo dedicado às ações que envolvem o planejamento dos projetos e a prática das atividades.

4. Gerar relatórios que ajudam a tomar decisões

Tomar decisões de forma assertiva é algo que um líder deve fazer. Neste momento, nada melhor que contar com números e gráficos visuais que te respaldem na hora de fazer escolhas junto à sua equipe ou ao seu cliente. Por isso é importante utilizar um software de gestão que gere relatórios ricos para você.

O Runrun.it oferece relatórios que te ajudam a identificar onde estão os gargalos de produtividade em sua equipe (e quem entrega melhor) de uma forma mais direta, selecionando apenas as métricas que podem te ajudar a tomar decisões.

Dessa maneira, consegue mapear os custos dos projetos e também controlar o trabalho da equipe, aumentando a rapidez nas entregas e respeitando prazos.

Os relatórios disponíveis são: Custos, Planilhas (Status Report Geral, Timesheet por Cliente e Tempo por etapa), Horas por projeto, Gantt, Esforço por Tipo de Tarefa, Alocação de pessoas, Horas disponíveis e Horas registradas

Com o nosso software, você toma decisões com segurança. Todas as informações são consolidadas em relatórios que te dão as respostas que você precisa para atuar rapidamente em busca de seus objetivos.

5. Melhorar a utilização do tempo

Quer aproveitar melhor o seu tempo e o da sua equipe e ter processos mais ágeis? Conte com um gerenciador de tarefas inteligente para isso! Com o Runrun.it, você economiza tempo, pois diminui a quantidade de e-mails e reuniões, as prioridades ficam explícitas e o fluxo de informações ocorre dentro das tarefas. 

Além disso, como todas as horas gastas pelas pessoas são automaticamente alocadas nos projetos e clientes registrados no sistema do Runrun.it, você passa a ter um Timesheet automático, sem esforço adicional da sua equipe.

Isso é muito importante porque permite que você calcule a rentabilidade de cada projeto e cliente, melhorando suas decisões de alocação de recursos e te dando dados precisos para a precificação de produtos e serviços.

 

Essas são apenas algumas das coisas que o Runrun.it pode fazer pela sua liderança. Teste gratuitamente e descubra tudo o que o Runrun.it oferece! Acesse: http://runrun.it.

 
coisas que um líder não deve fazer” width=

7 thoughts on “13 coisas que um líder não deve fazer de jeito algum

  1. Recentemente passei por duas seleções na minha empresa mais não fui aprovado a premeira me desceram que foi por um detalhe a segunda desceram que por se dá mesma loja eu não iria conseguir motivar a equipe. O primeiro que foi aprovado não está conseguindo fazer as rotinas completas que a empresa perde já o segundo foi contemplado com mais um setor mais passar o dia se maldecedo que é muito trabalho. Pergunta todos os colaboradores e promotores me terá feedback que eu seria um bom encarregado mais o gerente não observou isso ainda. Será que pode ser medo de colocar uma pessoa e ela tomar o lugar dela.

    1. Olá Marcos, obrigado por compartilhar sua história.
      No caso, é preciso ter uma comunicação transparente e avaliações de desempenho que mostrem o caminho a seguir para o desenvolvimento profissional de todos.
      Espero ter ajudado.
      Continue nos acompanhando.
      Um abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>