Trabalhador brasileiro é menos produtivo hoje do que na década de 70

Trabalhador brasileiro é menos produtivo hoje do que na década de 70

Produtividade é palavra de ordem para um país em ritmo de crescimento como o Brasil. No entanto, um estudo recente apresentado pela FIEMG, Federação das Indústrias do estado de Minas Gerais, comparou a força de trabalho nacional à de países como Estados Unidos e Coréia do Sul. Na década de 70, o trabalhador brasileiro produzia 21% do valor gerado por um trabalhador norte americano. Em 2010, esse número foi 18,6%. Se comparado à Coréia do Sul, na década de 70 os brasileiros produziam 117% do valor gerado por eles. Em 2010, no entanto, apenas 31%.

Esse cenário piora se começarmos a comparar a evolução salarial, frente aos números da produtividade. Segundo um estudo do IBGE, na última década, os salários na indústria avançaram, já descontada a inflação, 57,2%. Enquanto isso, a produtividade dos trabalhadores cresceu apenas 17,8%. São vários os fatores que levam o país a esses indicadores contraditórios. A estabilização da moeda fez florescer diversos setores empresariais, mas a educação da força de trabalho e o investimento em tecnologias que melhoram a produtividade ficaram em segundo plano.

O arrefecimento do crescimento do PIB brasileiro dá sinais claros de que é preciso uma revolução no preparo da mão de obra, além do investimento maciço em tecnologias que melhorem a produtividade nas empresas. Leia a matéria publicada no jornal O Estado de Minas, que mostra em mais detalhes os estudos citados nesse post. (salários sobem acima da produtividade)

O Runrun.it pode ajudar sua empresa a ser mais produtiva. Crie uma conta grátis e teste agora mesmo.

POSTS RELACIONADOS:

Três dicas que podem representar o aumento de produtividade

3 bobagens sobre produtividade! Leia e evite

Como a maior produtividade pode alavancar o crescimento do país

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>