Carreira à prova de crise

Carreira à prova de crise

Por Sílvio Celestino*

Durante um workshop de liderança, o executivo de vendas de uma empresa de engenharia perguntou sobre como manter a equipe motivada, já que dera tudo errado em relação ao plano de negócios do ano e os números não paravam de piorar. Percebi que ele mesmo estava bem desmotivado. Algo que é compreensível. Em cenários mais complexos, como o atual, há momentos em que por mais que se busque a solução para os problemas, em vez de melhorar, eles pioram. O resultado é a frustração, o estresse e a falta de energia para reagir, causados pela sensação de um futuro incerto.

Contudo, para construir uma carreira sólida é importante aprender a aceitar os maus momentos. Você não se transforma em um pessimista, quando aceita os acontecimentos negativos. Devemos desejar o melhor, mas sempre pensar no que pode dar errado. Problemas podem ocorrer em qualquer plano, a diferença é que um bom planejamento consegue prever e criar alternativas para eles. Assim como em um jogo de pôquer, se você sabe ganhar exclusivamente quando recebe cartas altas, será um perdedor. O bom jogador ajusta seu jogo às cartas que recebe.

Por isso, em momentos difíceis, não é hora de desmotivação. Isso vale para os assuntos da companhia, mas também para sua profissão. Seu sucesso depende disso, já que sua carreira é desenvolvida em uma empresa que opera em um mercado, que, por sua vez, está inserido na economia. E a economia vive de ciclos, formados por fases de expansão e de contração. Você deve aproveitar ao máximo as expansões, mas preparar-se para as contrações – e os estouros de bolhas econômicas, principalmente.

Se você chegar à conclusão de que o momento atual representa o fim do seu mercado, empresa ou carreira, é hora de refletir e fazer as mudanças necessárias. Ajustar o padrão de vida, por exemplo, é fundamental quando não se sabe quanto tempo uma adversidade irá durar, você deve focar sua energia. Exercícios, check-up médico, tempo reservado para descanso e lazer não devem ser privados da sua rotina. Claro que podem ter o custo reduzido: os exercícios podem ser feitos em parques, os médicos passam a ser os de hospitais renomados em clínicas de baixo custo, o lazer pode ser a visita aos verdadeiros amigos.

O importante é que você esteja energizado quando as soluções surgirem. Portanto, seja otimista, mas use a razão para fazer seus planos. Se a realidade não se adapta a você, você tem que se adaptar a ela, certo? Prepare-se para tempos difíceis, e sempre terá tempos bons.

* Autor do livro Conversa de Elevador – Uma Fórmula de Sucesso para sua Carreira, Sílvio Celestino é sócio-fundador da Alliance Coaching. No Twitter: @silviocelestino. Visite: http://www.alliancecoaching.com.br e http://www.facebook.com/AllianceCoachingBrasil.

Silvio Celestino

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>