Gestão estratégica: Como reduzir o estresse do seu time de TI

Gestão estratégica: Como reduzir o estresse do seu time de TI

O cenário para TI é um dos mais promissores, senão o mais, de todos os tempos. A demanda pela área de tecnologia não para de crescer, uma vez que não param de surgir empresas que dependem de desenvolvimento para colocar seu produto/serviço no ar, e as tradicionais que passara a dar mais importância e ampliar sua área TI. Isso sem falar dos escritórios independentes pipocando nas metrópoles. No entanto, com tanto trabalho e prazos apertados, tem sido estressante como nunca ser um(a) desenvolvedor(a), um(a) PO ou um(a) CIO. Se cabe a você fazer uma gestão estratégica da equipe, ajudá-la a lidar com a pressão sem esmorecer, veja a seguir três ótimas táticas:

1. Conheça quem você está contratando

Saber como cada pessoa tende a reagir em uma situação de pressão é crucial. Por isso, na hora da entrevista, procure descobrir se a pessoa tem uma boa habilidade de autoavaliação e como ela lida com críticas, aconselha o professor de liderança e motivação Cleyson Dellcorso. Pessoas que provam ter participado de projetos e tomado iniciativa e que também tenham conhecimentos generalistas tendem a se sair melhor em situações difíceis, uma vez que elas suprem as lacunas da equipe de forma espontânea e, em vez de pensar somente na sua tarefa, consideram o sucesso do trabalho como um todo.

2. Desça do pedestal e fale com seu time

Depois de contratado(a) o(a) profissional, o próximo passo como líder é saber com quem você está lidando. Quem afirma isso é Robert Wong, eleito pela revista inglesa The Economist um dos 200 headhunters mais influentes do mundo. Identifique as preferências de trabalho de cada um e como cada pessoa lida com situações de pressão. Há aqueles que se sentem estimulados a continuar, enquanto outros toleram bem menos.

Então, sempre que possível, atribua tarefas que a pessoa tem prazer de cumprir. Se você tem a oportunidade de trabalhar com o que gosta, quando surgir uma pressão, você se empenha em ajudar o grupo a enfrentá-la. O coach Sílvio Celestino afirma que “as empresas mais bem-sucedidas no mercado têm em comum um histórico de dirigentes humildes e próximos dos seus colaboradores”.

Robert Wong ressalva, no entanto, que as lideranças só conseguirão reverter a desmotivação e o esgotamento da equipe se estiverem honestamente preocupadas com ela. Afinal, assim as pessoas sentem que podem se abrir para contar o que gostariam de fazer e sugerir soluções ou alternativas.

3. Reconheça o suor do pessoal

Oferecer uma recompensa proporcional à pressão a que o profissional enfrenta é o seu próximo e último passo. A professora de gestão de pessoas, Aline Souki, defende que esse é um cuidado fundamental para garantir os resultados da equipe. Aqui, neste post você encontra estratégias para extrair o impossível da sua equipe. Spoiler: dinheiro nem sempre é a melhor forma de recompensar.

Tanto isso é verdade que a forma de apresentar um projeto estressante pode minimizar bastante os efeitos negativos sobre a equipe. Por isso, não se foque apenas em comunicar os resultados esperados, mas defina metas individuais para os profissionais, e sempre que possível, ofereça desafios novos. Delegue autoridade em vez de tarefas. Estimule em cada um o sentimento de dono, pois é dessa forma que a pessoa enxerga que se trata de um esforço compartilhado e que tem a confiança da liderança depositada nela.

Por fim, para deixar todo o trabalho bem organizado, adote uma ferramenta online de gestão de tarefas para manter todos alinhados no andamento dos projetos, a par de quanto tempo estão levando para cumprir suas tarefas, e para se comunicarem uns com os outros com muito mais organização do que o e-mail possibilita. E não se esqueça: mostre ao time que essa fase de pressão que vocês estão vivendo tem um prazo de validade, e que assim que passar, será celebrada.

Precisa de uma indicação de qual ferramenta de gestão adotar? O Runrun.it é usado por empresas de 130 países e é capaz de aumentar a produtividade do seu time em 25%. Comece agora: http://runrun.it

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>