Gestão estratégica: A relação entre as áreas de Vendas e Projetos

Gestão estratégica: A relação entre as áreas de Vendas e Projetos

*Guest-post produzido por Luis Lourenço, CEO do Plug CRM, software nacional de CRM parceiro do Runrun.it.

Se você está lendo este texto, é porque faz parte de uma das áreas, Vendas ou Gestão de Projetos, ou está no mínimo interessado(a) no futuro delas. Por isso, você é a pessoa mais indicada para responder: o que elas têm em comum? De imediato, talvez você não saiba dizer. Mas, a partir de hoje, vai entender que, se existe uma gestão estratégica na sua empresa, existirá também uma forte relação entre essas áreas.

O pessoal do comercial está focado em levar ao mercado os produtos/serviços oferecidos pela empresa, conquistar clientes e manter as vendas em alta. Já os gestores de projeto administram uma estrutura para que a empresa alcance seus objetivos, planejando e criando condições para que os projetos da empresa sejam cumpridos no tempo estipulado e com o orçamento previamente definido.  No entanto, existe uma simbiose entre estas duas áreas.

Em muitos momentos o comercial é cliente da área de projetos, que, por sua vez, pode aprender com o pessoal de vendas a apresentar melhor suas ideias para conquistar a aprovação de orçamentos, por exemplo. Além disso, tanto o departamento de vendas quanto o de projetos têm na tecnologia uma grande aliada para tornar seu dia a dia mais ágil, eliminar tarefas burocráticas e medir resultados com precisão. É sobre essa tecnologia para criar uma gestão estratégica que vamos falar agora:

1. CRM para a área de Vendas

Grande parte do sucesso de Vendas se deve aos esforços do time para criar um bom relacionamento com clientes potenciais e preservar os vínculos com os já conquistados. Para isso acontecer, esses profissionais recorrem a técnicas persuasivas de abordagem, eloquência, networking. E é fundamental que se foquem em aprimorar essas estratégias. Mas nem sempre essa é a realidade.

Equipes de Vendas de algumas empresas ainda dependem em métodos antiquados de trabalho, como preenchimento de planilhas e blocos de anotações para organizar a relação de clientes, oportunidades, negociações e contatos. E como pode ser diferente? Com um bom software de CRM, é possível acompanhar todo esse processo por meio de tarefas e lembretes.

Os benefícios vão desde mais organização no controle das negociações e mais tempo útil até o acesso rápido às informações que compõem as abordagens. Com um CRM a equipe de vendas ainda gera dados estratégicos que podem ser usados tanto pelo departamento de marketing para criar ações de publicidade quanto pela direção da empresa para direcionar suas estratégias.

2. Controle de tarefas para a área de Projetos

A outra tecnologia imprescindível para transformar a forma como a sua empresa trabalha e lucra é um software de gestão de tarefas. Afinal, por mais que seus colaboradores sejam os mais competentes, cedo ou tarde, o(a) gestor(a) precisará saber a que pé andam os projetos e os prazos. Mas nenhum e-mail ou reunião é necessário. Isso faz perder muito tempo. Por isso, com o software de gestão de tarefas, é possível ter uma visão 360 graus de tudo que está acontecendo na empresa, em cada equipe, para evitar surpresas.

E para garantir o máximo controle, o relatório de custos dos projetos é gerado com poucos cliques e outros vários, como o estoque de horas dos profissionais, podem ser acessados. Para os gestores, ter uma ferramenta assim significa ter mais controle sobre o tempo e o dinheiro investidos, mais agilidade para acompanhar o andamento das atividades e, portanto, um aumento de produtividade significativo para a empresa toda.

 

Falando nisso, aproveite e conheça a integração Plug CRM + Runrun.it. Com ela, você tem ótimas ferramentas para otimizar vendas e projetos, de forma integrada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>