O que são indicadores de desempenho e por que usá-los na sua empresa

O que são indicadores de desempenho e por que usá-los na sua empresa

Os indicadores de desempenho são métricas usadas para avaliar se as ações realizadas e as decisões tomadas dentro de uma empresa estão contribuindo para o alcance das metas traçadas no planejamento estratégico.

Veja o que você vai encontrar neste artigo:

 

O que são indicadores de desempenho

Indicadores de desempenho constituem o conjunto de medidas que uma empresa usa para avaliar sua performance ao longo do tempo. Essas métricas são usadas para determinar o progresso de uma empresa e se ela está mais próxima, ou não, de alcançar seus objetivos estratégicos.

A célebre frase de Sêneca ilustra bem o que estamos querendo dizer: “Nenhum vento sopra a favor de quem não sabe para onde ir”. Embora seu sentido seja amplo, o princípio reflete bem como funciona a condução de um projeto ou de uma empresa – uma travessia na qual é fácil se perder. Ou seja, os indicadores de desempenho vão funcionar como bússola nessa navegação, evitando que você desvie do caminho e deixando mais claro também quais são os passos que você está seguindo. 

Assim, antes de aplicar as métricas para mensurar o desempenho de sua empresa, é necessário entender bem o planejamento estratégico e ter objetivos claros. Sem isso, você não conseguirá definir as metas que devem ser alcançadas.

Existem várias metodologias de gestão que podem te ajudar na hora de definir os seus objetivos, porém a nossa dica é que você utilize o OKR (Objetivos e Resultados-chave). Para seguir essa metodologia você precisa seguir alguns passos: 

  • Entender qual é o cenário atual da sua empresa
  • Definir quanto tempo o OKR vai levar (nós indicamos pelo menos 3 meses)
  • Se reunir com o board e definir objetivos macro 
  • Comunicar aos líderes de cada área quais são esses objetivos 
  • Pedir que os líderes se reúnam com suas equipes para discutir quais ações, ou resultados-chave, podem ser feitos para alcançar o objetivo, de acordo com o tempo determinado
  • Reunir toda a empresa em uma reunião e deixar que cada líder de área apresente os projetos que serão desenvolvidos para alcançar os objetivos.
 

A beleza dessa metodologia é que as ações vão partir dos próprios funcionários –  claro, levando em conta os objetivos traçados pelo board – e, portanto, eles se sentirão mais motivados para conquistar os resultados esperados.

Achou trabalhoso? Pois saiba que essa é a mesma metodologia usada em uma das maiores empresas do mundo: o Google! Se quiser ouvir mais dicas sobre como implementar o OKR na sua empresa, nosso CEO, Antonio Carlos Soares, conta tudo sobre essa metodologia em um webinar. É só dar o play: 

Agora que você já definiu os seus objetivos e as estratégias, a elaboração e a gestão dos indicadores de desempenho podem ser direcionadas para o monitoramento da evolução dos resultados-chave. As métricas vão servir como referência para o processo de tomada de decisão e a criação de estratégias de melhoria.

>> Leitura recomendada: KPI dashboard: para você descobrir o que funciona e o que não funciona na sua gestão

4 Tipos de indicadores de desempenho

Existem quatro tipos de indicadores que podem ser usados para medir o desempenho de todas as partes de uma empresa. São eles: 

  1. 1. Indicadores de produtividade
  2. 2. Indicadores de qualidade
  3. 3. Indicadores de capacidade
  4. 4. Indicadores estratégicos
 

1. Indicadores de produtividade

Relacionam-se à produtividade de cada colaborador, por hora trabalhada e por hora/máquina. Ou seja, correspondem ao uso dos recursos da empresa a partir da avaliação das entregas.

2. Indicadores de qualidade

Estes ajudam a compreender qualquer desvio ou não-conformidade ocorrida durante um processo produtivo. Devem estar sempre juntos aos índices de produtividade. Um exemplo pode ser a quantidade de reclamações que um serviço recebe durante um período, que deve ser comparada ao nível de aceitação obtido pelo mesmo serviço.

3. Indicadores de capacidade

Mensuram a capacidade de resposta de um processo. Um exemplo é a quantidade de produtos que uma máquina consegue embalar durante um determinado período de tempo.

 

4. Indicadores estratégicos

Com eles, é possível descobrir onde está a empresa em relação aos objetivos que foram estabelecidos anteriormente. Indicam o caminho e fornecem um comparativo de como está o cenário atual da empresa em detrimento ao que deveria ser.

4 Métricas de desempenho

Além desses indicadores, há outras métricas de desempenho bastante utilizadas. Algumas delas são:

  • Indicadores de lucratividade
  • Indicadores de rentabilidade
  • Indicadores de competitividade
  • Indicadores de valor
 

Indicadores de lucratividade

Compostos pela relação percentual entre o lucro e as vendas totais da sua empresa. Exemplo simples: você vendeu R$ 200.000,00 em mercadorias e apurou um lucro de R$ 20.000,00. Portanto a lucratividade é de 10%.

Indicadores de rentabilidade

É a relação percentual entre o lucro e o investimento feito na empresa. Retomemos o exemplo anterior: você investiu R$ 500.000,00, com um lucro de R$ 20.000,00. Então, a rentabilidade foi de 4%.

Indicadores de competitividade

Medem a relação da empresa com a concorrência. O market share pode ser usado para isso. Lembrando que esse indicador mostra a fatia de mercado pertencente a uma empresa. Para obtê-lo, divida o volume de suas vendas pelo volume de vendas total do mercado, seja em valores monetários ou em quantidades

Indicadores de valor

Relação entre o valor percebido ao se receber algo (um produto, por exemplo) e o valor efetivamente despendido para a obtenção do que se recebeu.

Como criar seus próprios indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho específicos para a sua empresa vão variar de acordo com fatores como: 

  • Os objetivos e estratégias particulares 
  • Segmento de atuação
  • Fatores macro como economia, sociedade e política
  • Tamanho da empresa 
  • Particularidades da sua equipe
 

Entretanto, o que você precisa ter em mente é o que é importante no momento. Nós sugerimos a metodologia OKR para você começar esse processo de definição de indicadores de desempenho, porque mais do que definir o que deve ser feito, você acaba por determinar o que não deve ser feito, o que não é prioridade no momento. 

Por isso, se o importante agora é medir a produtividade invista em um timesheet ou em uma planilha de horas trabalhadas para acompanhar o trabalho da equipe, medindo até a qualidade através das horas gastas em  retrabalho, o que pode ser um índice importante para agências e empresas de TI. 

A partir das informações coletadas apenas com uma gestão do tempo eficiente, vai ficar mais fácil também para você criar indicadores de capacidade e estratégia, já que vai entender melhor o ritmo da equipe, o quanto está sendo investido em reuniões e no desenvolvimento do trabalho em si, para que, por exemplo, na sua estratégia seja possível considerar uma revisão nos seus processos, menos burocracia e mais agilidade. 

>> Leitura recomendada: Indicadores de produtividade e eficiência. Veja como obter

5 erros comuns ao escolher os indicadores de desempenho

  1. 1. Usar somente as métricas mais fáceis
  2. 2. Medir o que não é tão importante
  3. 3. Usar indicadores para medir tarefas em vez de resultados
  4. 4. Criar indicadores de desempenho sem aderência da equipe
  5. 5. Procurar por indicadores perfeitos
 

É preciso tomar cuidados ao definir quais serão os indicadores mais adequados para medir a performance de sua empresa, de acordo com os seus objetivos. Veja alguns erros comuns e como evitá-los:

1. Usar somente as métricas mais fáceis

Alguns indicadores de desempenho exigirão mais trabalho do que outros, no entanto, a quantidade de esforço necessária para chegar aos resultados deve ser considerada de acordo com a relevância da métrica para os objetivos da empresa.

2. Medir o que não é tão importante

Uma dica para não se perder aqui é listar as etapas necessárias para atingir um determinado objetivo e se ater às métricas que irão avaliar se cada etapa está mesmo sendo cumprida. 

3. Usar indicadores para medir tarefas em vez de resultados

O objetivo dos indicadores de produtividade é garantir que um objetivo seja alcançado. No entanto, essa diretiva pode ser facilmente confundida com a necessidade de medir ações, e não o resultado em si. Portanto, métricas como número de horas trabalhadas ou número de interações com clientes não devem ser usadas como medidas-chave. Em vez disso, esses números podem ser registrados para compor um indicador de desempenho mais amplo. 

4. Criar indicadores de desempenho sem aderência da equipe

Muitas vezes, os líderes ​​ficam tão envolvidos em sua busca por atingir os objetivos que acabam definindo os indicadores de desempenho sem compartilhar com seus pares. A adesão da equipe é tão (ou mais) importante quanto a definição dos indicadores de desempenho corretos. Uma ótima maneira de envolver a equipe é incluí-la no processo de configuração dos indicadores. Dessa forma, eles ficarão cientes desde o início do que é esperado deles.

5. Procurar por indicadores perfeitos 

Como a maioria das coisas na vida, os indicadores de desempenho raramente são medidas perfeitas. O melhor que podemos esperar é um resultado suficientemente próximo. Seu objetivo é informar se você está no caminho certo. Assim, os indicadores escolhidos precisam ter dados precisos o suficiente para te guiar na tomada de decisões.

FAQ sobre indicadores de desempenho

O que são indicadores de desempenho? 

Indicadores de desempenho constituem o conjunto de medidas que uma empresa usa para avaliar sua performance ao longo do tempo. 

Quais são os tipos de indicadores de desempenho?

Existem 4: indicadores de produtividade, indicadores de qualidade, indicadores de capacidade e indicadores estratégicos. 

Quais métricas de desempenho podem ser utilizadas? 

Você pode utilizar indicadores de lucratividade, rentabilidade, competitividade e de valor. 

Quais são os erros mais comuns ao escolher os indicadores de desempenho? 

Os erros são: Usar somente as métricas mais fáceis, medir o que não é tão importante, usar indicadores para medir tarefas em vez de resultados, criar indicadores de desempenho sem aderência da equipe e procurar por indicadores perfeitos.

Obtenha dados reais para medir seus indicadores de desempenho com o Runrun.it

Indicadores de desempenho são instrumentos indispensáveis para qualquer gestão. São os dados que orientam o gestor na hora de tomar decisões importantes. Ou seja, os indicadores permitem rastrear e seguir o andamento do fluxo de trabalho, em diferentes áreas, coletando informações relevantes e disponibilizando-as de forma acessível.

Uma ferramenta que pode auxiliar muito neste processo é o Runrun.it. Afinal, organização e monitoramento são as bases da plataforma, que foi desenvolvida para que gestores e colaboradores priorizem tarefas e tomem pulso do que está acontecendo na empresa. O software também conta com um Dashboard customizável com métricas de desempenho para acompanhar o andamento dos projetos e os indicadores de que a sua empresa precisa. Tudo em tempo real.

Com isso, sua equipe estará engajada nos mesmos objetivos, sem desperdiçar tempo e recursos. E o que é melhor: focada na rota que você traçar para o crescimento da empresa. Faça o teste grátis da ferramenta: http://runrun.it

indicadores de desempenho

4 thoughts on “O que são indicadores de desempenho e por que usá-los na sua empresa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>