Faça como a Nike, Starbucks e Coca-Cola: Envolva as pessoas em um propósito mais abrangente

Faça como a Nike, Starbucks e Coca-Cola: Envolva as pessoas em um propósito mais abrangente

Ao pensar em empresas como Nike, Starbucks e Coca-Cola, logo associamos a liderança no mercado. De acordo com o designer de estratégias sociais, Mark Bonchek, grande parte desse sucesso, se dá por uma estratégia comum, utilizada pelas três corporações: o propósito compartilhado.

Em seu artigo, veiculado no site Harvard Business Review, Bonchek salienta a importância de fazer com que os consumidores se sintam realmente conectados com a marca, sendo parte do desenvolvimento da mesma, como fator determinante para que ela atinja maior sucesso em suas pretensões.

Graças à atual grande conexão social, os usuários estão mais interessados nas empresas que trazem consigo um conceito de fazer com o cliente, em detrimento a fazer para o mesmo, tornando-o, assim, parte da construção da marca, e de seus propósitos e ideais.

Bonchek indica três perguntas chaves que um líder deve observar ao difundir o perfil da empresa, visando obter êxito nessa missão.

1) Em que propósito a empresa e seus clientes podem trabalhar juntos?

2) Qual propósito realmente representa a empresa e seus ideais?

3) O que conecta a maneira como uma empresa ganha dinheiro, com a forma que a mesma contribui para o mundo?

É importante lembrar, ainda, que a criação desse propósito compartilhado deve ser feita a partir daquilo que uma empresa já é, não daquilo que deveria ser, ou pode vir a ser, para que, assim, tenha a credibilidade necessária entre os consumidores.

Nós, da Runrun.it, acreditamos na produção compartilhada, não só entre clientes e empresa, mas entre os diferentes departamentos da organização. Com isso em vista, surgiu a ferramenta que visa a organizar a distribuição e priorização de tarefas, para que as pessoas possam atingir todo o seu potencial profissional, trabalhando naquilo que realmente faz a diferença.

Para conhecer mais dessa ferramenta, acesse o nosso site: http://runrun.it.

A reportagem original, em inglês encontra-se disponível aqui neste link.

POSTS RELACIONADOS:

Veja como Apple, Martin Luther King e outros grandes líderes inspiram ação

Carisma, é possível aprender!

Lições de gestão de Quentin Tarantino?!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>