Negócio escalável: sua empresa pode crescer com a transformação digital

Negócio escalável: sua empresa pode crescer com a transformação digital

Um objetivo que muitas empresas têm em comum é o de aumentar o seu rendimento financeiro sem que os recursos investidos subam na mesma proporção. Esse modelo de gestão é conhecido no mundo empresarial como negócio escalável e as práticas formuladas por tais empresas despertam o interesse de outras corporações que almejam o crescimento de suas operações. 

Popularmente, o conceito da escalabilidade está bastante relacionado ao mundo das startups e empresas de tecnologia, principalmente pelas características em comum que elas possuem, como a replicabilidade das operações e o uso da automação na entrega de produtos e serviços para o público final. 

Para você entender e conhecer melhor o que é um negócio escalável e como incorporar esse modelo na sua empresa, preparamos esse artigo completo, com exemplos, dicas e os benefícios que essa estratégia oferece para um crescimento sustentável e exponencial. Descubra! 

 

A definição de negócio escalável 

Quando pensamos no mundo corporativo, uma das primeiras representações visuais que temos em mente é a de gráficos crescentes, que simbolizam um aumento do número de vendas ou do lucro obtido pelas empresas. 

Essa imagem que temos transmite muito bem qual é a ideia de um negócio escalável, normalmente associado a uma larga produção ou oferta de recursos com os custos reduzidos, o que promove a projeção de crescimento de maneira contínua e padronizada. 

>> Leitura recomendada: Conheça o Blitzscaling, uma estratégia para impulsionar seus negócios

Para melhor entendimento, o modelo de gestão estratégica de escalabilidade busca manter o aumento da margem de lucro sem que a alocação de aportes financeiros, materiais e humanos também suba na mesma escala. Isso ocorre principalmente a partir da otimização dos processos produtivos e da utilização da tecnologia. 

Não à toa, esse aumento acima da média é percebido em segmentos envoltos à transformação digital, como as startups. Cada vez mais em evidência, esse modelo de negócios apresentou um crescimento de 187% nos investimentos apenas nos primeiros quatro meses do ano, um salto significativo segundo o relatório Inside Venture Capital, em pesquisa realizada pelo hub de inovação aberta Distrito.

Contudo, o negócio escalável não é uma exclusividade apenas dessa área de atuação, já que essa configuração também pode ser encontrada em indústrias em geral, meios de comunicação, telefonia e outras empresas que atendem uma grande quantidade de clientes e podem utilizar uma estrutura comum para a realização das atividades. 

Entre os principais benefícios percebidos em negócios escaláveis está o aproveitamento dos rendimentos em outros departamentos da organização, como a gestão de pessoas, com a oferta de melhores benefícios para os funcionários, bem com as áreas de desenvolvimento interno, que poderão se aprimorar e evoluir conforme a empresa cresça. 

Negócio escalável x negócio expansivo 

Por possuírem nomenclaturas parecidas, é comum que algumas definições do universo corporativo fiquem um tanto confusas, como é o caso de negócio escalável e expansivo. A diferença entre eles é justamente referente a margem de crescimento e gastos alocados. 

Enquanto o modelo de negócio escalável aproveita de estruturas basilares típicas da gestão 4.0, como a automação de processos e a própria internet, o expansivo é mais voltado para as empresas mais tradicionais e que precisam aplicar parte de seus recursos em ambientes físicos e na manutenção das máquinas operacionais quando sobem de nível no mercado. 

A tendência é que futuramente essas características fiquem cada vez mais próximas, sobretudo com os avanços da tecnologia, que melhoram as ferramentas para todos os tipos de empresa e possibilitam melhorias na gestão de processos nas organizações.

As características que tornam um negócio escalável

Se você ainda não está familiarizado com o termo negócio escalável, identificar os pontos que configuram uma companhia nesse molde parece um pouco desafiador de início. Por isso, selecionamos algumas características que são notáveis no crescimento escalável. Confira a seguir: 

A padronização dos processos 

Em uma linha de produção ou durante a criação de uma funcionalidade, é perceptível que a replicação das atividades oferece agilidade para a atividade realizada. Esse princípio é um dos norteadores do negócio escalável, pois o uso dos mesmos processos significa uma economia de tempo e custos para o empreendimento. 

O segredo está na padronização dos projetos e atividades executadas por uma empresa. Um dos exemplos de negócio escalável mais tradicional é o modelo de franquias, na qual as lojas e revendedores repetem os procedimentos condizentes com a sede da organização, o que conduz para o menor número de erros e maior agilidade na entrega. 

>> Leitura recomendada: Saiba o que é leadtime e como reduzir esse tempo de entrega 

Voltando para o ambiente digital, um instrumento que auxilia no fluxo de trabalho das empresas virtuais é o software de gestão, que permite a programação e a continuidade das etapas do processo.

No Runrun.it, cada modelo de projeto pode ser criado através de um template único e as tarefas são acompanhadas de ponta a ponta, mantendo todos a par do progresso das operações. 

A funcionalidade de clonar projetos promove agilidade aos usuários do Runrun.it

Automatização 

Alinhada com a padronização dos processos, está a automação. Resultado da evolução dos recursos tecnológicos e de uma nova fase industrial, ela trouxe agilidade para a gestão de projetos.

Do controle do estoque ao disparo programado de emails, passando pela gestão de tarefas, há uma redução de tempo e custos.

A aplicação da automação faz ainda mais sentido quando pensamos em startups e demais empresas que operam no meio digital, na qual as tarefas podem ser delegadas para outras equipes ou passadas para uma próxima etapa de maneira rápida e prática. 

Um dos principais aliado das corporações é o Runrun.it, que facilita o gerenciamento das operações de maneira intuitiva e inteligente, por meio de dashboards que dão ampla visibilidade para os projetos que estão sendo executados e dos indicadores que mensuram a produtividade e o tempo necessário para a conclusão da tarefa. 

Inovação 

A palavra inovação já presume um diferencial competitivo da empresa que se enquadra no perfil do negócio escalável. O produto, solução ou serviço oferecido pela corporação deve ter algum apelo que se destaque no mercado, pois é preciso ter um implemento que gere valor e consiga atrair a atenção dos consumidores. 

Foco no marketing 

Acompanhando o processo de crescimento da empresa, é preciso que as estratégias de marketing comuniquem os pontos de destaque da companhia de forma direta e rápida, conquistando o público alvo por uma experiência única e um custo-benefício atraente. 

Por isso, é comum que os negócios escaláveis utilizem o data-driven marketing para coletar e interpretar dados e informações coletadas em diferentes meios de contato com os clientes para criar uma campanha mais direta aos interesses do potencial público comprador. 

As vantagens competitivas do negócio escalável 

No cenário atual do mercado, o negócio escalável já sai na frente dos seus concorrentes pela capacidade que possui em multiplicar seus lucros enquanto seus gastos são controlados. 

Tais empresas são mais flexíveis para adaptar seus planos de ação e conseguem se moldar a outras plataformas comerciais, com o ambiente digital, que requer menos investimento que os estabelecimentos físicos. 

Entre outros atrativos que tornam o negócio escalável um modelo diferenciado de negócio estão: 

  • Alto valor de mercado: o alto potencial de desenvolvimento atrai o interesse dos investidores. 
  • Autoridade: um negócio escalável se torna uma referência para os concorrentes e para o segmento. 
  • Qualidade: a escalabilidade auxilia na promoção de mudanças constantes, o que melhora os serviços e produtos oferecidos pela empresa. 
  • Alinhamento com o público: pela experiência entregue ao cliente, há um maior nível de conexão entre a marca e seus consumidores. 
  • Inovação tecnológica: uma vez que o negócio escalável está imerso ao espaço de transformação digital, os lançamentos trazem novidades para seu ramo de atuação. 
  • Processos sincronizados: com a aplicação de práticas como a BPM (Business Process Management), estratégias e expectativas ficam alinhadas.
 

Os passos para tornar um negócio escalável 

Além das características já listadas anteriormente, que são essenciais para uma empresa se transformar em um negócio escalável, é preciso ter em vista outros aspectos, os quais vamos detalhar a seguir. 

Definição e mensuração das metas 

Para alcançar o progresso contínuo com velocidade e praticidade, é necessário que o negócio escalável estabeleça metas precisas em seu planejamento estratégico. 

Um método eficaz de criar esses objetivos específicos e realistas é com a aplicação da Meta SMART, uma técnica que auxilia no apontamento das previsões de resultados para a companhia e são bem-vindas quando se busca um ritmo constante de escalabilidade e lucratividade. 

>> Leitura recomendada: A importância da análise de dados para a sua empresa 

Além da criação das metas, não se esqueça de criar uma rotina de acompanhamento desses indicadores, mensurando as informações através da análise de dados e mantendo em vista os índices de produtividade e capacidade operacional das equipes. 

No Runrun.it, os registros que envolvem a execução dos projetos podem ser visualizados e identificados pelos gestores, por meio do gráfico de Gantt, que mostra a disponibilidade dos envolvidos e o tempo projetado para realização de cada etapa. Isso oferece um panorama completo das demandas e faz com que a distribuição de funções seja mais equilibrada conforme a jornada de trabalho. 

Mapeamento dos processos

Como já mencionamos, o mapeamento dos processos é fundamental para um negócio escalável. Essa ferramenta gerencial promove mais agilidade e eficiência ao examinar os ciclos existentes nos projetos, propondo melhorias frequentes para que as entregas sejam positivas. 

Uma ferramenta de gestão é indispensável para esse procedimento, ainda mais quando ela abrange recursos e funcionalidades completas, como o Runrun.it. Com o software, você consegue entender e desburocratizar o fluxo de trabalho das equipes, priorizando as atividades automaticamente, o que favorece decisões comprovadamente eficientes. 

Capacitação profissional 

Visto que o negócio escalável opera em torno de ações padronizadas, é importante que seus colaboradores sejam treinados para aplicar os conhecimentos cotidianamente, segundo o método produtivo definido. 

Além das tradicionais capacitações, invista em workshops diversificados, que abordam novas tendências do futuro do trabalho, ajudam os colaboradores a permanecerem atualizados e impulsionam o surgimento de outras competências ao profissional. 

Otimize a gestão de custos 

Não podemos listar dicas de como se tornar um negócio escalável sem falar da gestão de custos. Para reduzir os gastos, comece pensando nas áreas que podem ser virtualizadas, aproveitando os recursos disponibilizados pela tecnologia da informação e pela automação. 

É válido lembrar que nem todos os modelos de negócio podem migrar para a internet, pois possuem um público fidelizado nos estabelecimentos físicos. Contudo, é possível oportunizar a sua estratégia utilizando mecanismos de economia compartilhada, o que dilui os gastos e estimula a aplicação dos recursos em outros ciclos que precisam de maior atenção. 

Exemplos de negócio escalável 

Startups são as mais lembradas quando falamos de negócio escalável, no entanto, elas não são as únicas empresas que aplicam a escalabilidade. Separamos outros modelos de negócios para você conhecer! 

Serviços compartilhados: empresas como a Uber, o AirBnB e o IFood mostraram que não é preciso de uma grande estrutura física para crescerem, pois aproveitaram as redes virtuais para conectar pessoas em torno de um serviço. 

Educação online: os cursos que antes eram presenciais ganharam força no modelo de educação à distância e a alocação dos recursos foi melhor aproveitada na qualificação dos serviços propostos. 

Franquias: a replicação dos modelos de sucessos de forma padronizada permite maior rentabilidade do que a criação de filiais. Essa prática é bastante notada no segmento de alimentação, cursos de idiomas e cuidados pessoais. 

Um case de negócio escalável  

Assim como uma empresa pode se transformar em um negócio escalável, ela pode já nascer com o DNA da escalabilidade. Para isso, é preciso realizar um amplo monitoramento do cenário onde a companhia está inserida para então propor uma solução visionária. 

Um exemplo recente é o da MeuRH Online, uma empresa de terceirização de recursos humanos que oferece todos seus serviços de maneira virtual, com o objetivo de atender pequenas e médias empresas (PME). 

O diferencial oferecido é a operação de todas as atividades relativas aos recursos humanos de maneira online, sem ter um departamento físico dentro dos clientes atendidos. Além de que o custo-benefício é atrativo, pois há uma economia dos gastos ao utilizar ferramentas e sistemas digitais. 

O motivo que fez a MeuRH Online ser um negócio escalável foi pensar na organização e padronização dos processos antes mesmo de entrar em operação. Para isso, a equipe envolvida na empreitada passou a buscar ferramentas que atendessem essa necessidade estrutural e encontrou no Runrun.it a solução ideal. 

Para gerenciar suas atividades recorrentes, a empresa utiliza a plataforma para programar e monitorar as etapas dos projetos de seus clientes, como criou quadros específicos que tornam a visualização mais transparente e eficaz. As configurações de mapeamento de processos e automação possibilitadas pelo software se encaixaram perfeitamente com o modelo da empresa, como destaca Alex Santos, CEO da MeuRH Online. 

“Nossa empresa está em crescimento e é escalável pois estamos nessa cultura do digital, buscando ferramentas que nos ajudem a implementar as operações. Com o modelo de tarefa do Runrun.it é só dar um play, programar as datas e a empresa já tem um fluxo que garante o sucesso”, ressalta o gestor. 

Para conhecer um pouco mais sobre essa jornada de sucesso construída entre o Runrun.it e o MeuRH Online, acompanhe os nossos canais de comunicação.  

Impulsione as atividades da sua empresa com o Runrun.it

Completo e funcional, o Runrun.it é o software de gestão mais fácil de usar do mundo, segundo as avaliações dos usuários no G2 Crowd. Integrando recursos ágeis e práticos, a plataforma torna a gestão de processos transparente e permite a centralização dos dados mais importantes em um único lugar. 

Com a ferramenta, você organiza e programa as etapas do trabalho de ponta a ponta e ainda consegue emitir relatórios personalizados para cada projeto. Descubra os benefícios de utilizar o gerenciador criando sua conta gratuitamente: https://runrun.it/pt-BR

negocio escalavel”=
 

Pesquisa mencionada

https://materiais.distrito.me/dataminer-inside-venture-capital-brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>