Resoluções de ano novo: reunimos 10 dicas para você e sua empresa começarem 2018 com tudo!

Resoluções de ano novo: reunimos 10 dicas para você e sua empresa começarem 2018 com tudo!

Entra ano, sai ano, é sempre o mesmo dilema: retrospectiva, comemoração e replanejamento. Depois das festas, é importante conhecer algumas recomendações para que seu negócio comece 2018 com o pé direito – afinal, o mercado não para! Atente, a seguir, às 10 resoluções de gestão que nós do Runrun.it separamos para facilitar sua organização e suas resoluções 2018.

Cinco resoluções de gestão para começar bem o ano

1. Descanse

Tudo bem, os negócios não param, mas é importante que você tire ao menos um dia de folga para refrescar a mente e renovar as energias. Separe um dia de menor movimentação em janeiro para ficar incomunicável. Desligue o celular e esqueça os e-mails: só você e seus amigos ou familiares deverão fazer parte desse dia.

Dica especial: abrace muitas pessoas, relaxe com a família e frequente lugares tranquilos. Faça passeios a parques ou a eventos culturais, e, por que não, leia um bom livro! Separamos uma lista com 10 leituras inspiradoras para você.

2. Seja generoso

Conforme amadurecemos, percebemos que dar presentes pode ser ainda melhor que recebê-los. Além de fazer com que você se sinta bem, presentear pode ser uma excelente forma de manter sua equipe motivada.

Dica especial: caso sua empresa não tenha promovido nada nesse sentido, crie um evento para presentear alguma instituição, agradeça aos colaboradores de alguma forma e projete 2018 com uma apresentação motivadora.

3. Relembre os bons momentos

Independentemente de quantas dificuldades você e sua empresa tiveram de enfrentar em 2017, com certeza é possível separar os momentos de acerto e progresso. Listar mentalmente essas conquistas fará com que você não só sinta-se mais motivado como também já saiba os caminhos para acertar novamente em 2018.

Dica especial: escale uma reunião no começo do ano para mostrar à equipe como a empresa evoluiu durante 2017. Além de motivar os funcionários, você os estará elucidando com o real progresso e a grande valia dos esforços gerais. Aproveite, inclusive, para agradecer a todos que fizeram parte desse crescimento.

4. Mantenha registro do que deu errado

Se há motivos para comemorar, é porque houve muitos erros durante a caminhada que propiciaram o aprimoramento da experiência da empresa e do time. Elabore um relatório com as piores medidas e tomadas de decisão de 2017 – elas servirão como mapa para que você evite o mesmo campo minado em 2018.

Dica especial: gerar relatórios com frequência facilitará a visualização do que deu certo e errado ao longo dos meses. Com ferramentas de gestão como o Runrun.it é possível criar análises inteligentes periodicamente, sob demanda e sem estresse.

5. Estabeleça novas metas

Em posse do que deu certo e errado em 2017, é possível começar a traçar novas metas e planejamentos. Começar 2018 com um objetivo claro é a melhor resolução de gestão que você pode tomar para o seu negócio.

Dica especial: seja realista e mantenha o pé no chão. Desenhe um cronograma e inclua possibilidades de erro na sua programação, criando planos alternativos de antemão para cada possível situação que venha a dar errado.

>> Leitura recomendada: Cronograma de projetos: dicas para colocar o tempo a favor da sua gestão

Cinco dicas para alavancar os negócios e manter a boa liderança

1. Seja mais exigente

Exija mais informações e detalhes sobre a experiência e visão estratégica dos seus colaboradores. Converse com eles sobre as entregas que foram feitas em 2017 e sobre as prioridades que têm em mente para 2018.

Dica especial: é importante conhecer e estreitar a relação com seus colaboradores, de forma que sua estratégia de liderança esteja alinhada com as reais necessidades da equipe. Converse com os profissionais de forma casual, sempre que possível, na parada para o cafezinho, no elevador ou num eventual encontro pelos corredores.

>> Leitura recomendada: Liderança compartilhada: entenda como funciona e os benefícios desse modelo organizacional

2. Lidere com impacto motivacional

Crie discussões construtivas para entender os problemas a serem solucionados, dando prioridade ao compartilhamento de visões que foquem no impacto positivo que sua organização pode ter ao adotar investimentos filantrópicos – ou seja, ao assumir preocupações mais humanitárias e sustentáveis.

Dica especial: aprenda também a dizer “não” para otimizar o desempenho da sua equipe; crie listas com prioridades e não-prioridades, ajudando seu time a manter o foco e a disciplina; elabore um plano de desenvolvimento com duração de 3 ou mesmo 4 anos para a empresa, de forma que os colaboradores visualizem o possível resultado dos seus esforços no futuro.

>> Leitura recomendada: Plano de carreira: (Infográfico) Como não ter medo de praticamente nada

3. Internacionalize-se

Aumentar o alcance de mercado é uma projeção que pode trazer grandes oportunidades para a sua empresa. Estude a possibilidade de investir em processos e distribuição de produtos ou serviços para regiões externas. No caso de sua empresa já ser uma exportadora, analise novas regiões e o reconhecimento que a marca conquistou nas áreas consolidadas.

Dica especial: visite os locais para os quais pretende levar sua marca e conheça a cultura e as necessidades da região antes de investir num determinado nicho; exponha mais a sua empresa e fortaleça o mercado que você já domina antes de tentar alcançar novos consumidores.

4. Programe investimentos

Mesmo com as dificuldades de mercado e eventuais crises econômicas, grandes companhias do Brasil e do mundo continuam a readaptar seus modelos de negócio com a abertura e fechamento de unidades, aquisição de fabricantes e marcas etc.

Dica especial: Invista nas melhorias de infraestrutura e em novos produtos; tenha a coragem de desbravar caminhos à procura de novos mercados, tanto de importação quanto de exportação. Há sempre alguma lacuna ou nicho do mercado esperando por que as empresas desvendem suas oportunidades.

5. Invista na inovação pessoal

Se quiser realmente construir uma organização inovadora, precisará começar a mudança a partir de você mesmo. Os líderes devem estar especialmente atentos a essa necessidade, uma vez que servirão de modelo para os demais colaboradores.

Dica especial: Assuma a inovação como um estilo de vida, reinventando-se paulatinamente; desenvolva um desing thinking condizente com seus objetivos, balanceando tanto o pensamento analítico (focado na consistência e na confiabilidade) quanto o intuitivo (focado na percepção e na inovação). Leia aqui sobre pensamento lateral e como ele pode te ajudar na sua inovação pessoal.

Um software que mantém as operações em funcionamento

Enquanto as organizações enfrentam o recesso de fim de ano, o Runrun.it não para: conheça uma ferramenta que te ajuda a manter a programação e continua trabalhando por você durante as férias. Faça um teste gratuito agora mesmo: http://runrun.it

Gif_Signup-1-1-3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>