Afinal, por que você quer tanto ser líder?

Afinal, por que você quer tanto ser líder?

Por Sílvio Celestino*

Por maiores que sejam os esforços de todos, grandes danos à empresa podem acontecer. Seja o declínio acentuado nas vendas, um grave acidente, uma ação que coloca em risco a marca ou uma alteração desfavorável da lei. Nessa hora, quando todos continuam trabalhando, mas tudo parece dar errado, mais importante que o discurso do(a) líder é sua presença. Caso contrário, a equipe passará imediatamente a duvidar que a situação tenha mesmo uma saída. É por isso que só se torna um(a) líder a pessoa que tem um propósito elevado, conhecimento sobre liderança e coragem.

Eu faço um convite a você: tente responder com bastante honestidade e com clareza por quais motivos você deseja liderar. Se esses motivos não remeterem a um propósito elevado, que promovam a convivência, a construção da carreira e o crescimento pessoal de um time todo, é melhor que você desista dessa vontade. Seja qual for a sua motivação, ela deve valer a pena de ser defendida e digna de ser imitada por seus companheiros.

Liderar não é criar seguidores, mas criar outros líderes. Quando o líder forma meros seguidores, em sua ausência, eles não saberão quando devem agir e se devem assumir responsabilidades, ou mesmo ter coragem de buscar alternativas para salvar uma situação. Essa coragem emana do líder e se expressa muitas vezes por sua simples presença. É como um barco à deriva, em meio a uma tempestade. Estão todos na cabine olhando para o comandante, que, na proa do navio, segura firme o leme. Ele pode até pensar “É o fim!”, mas ao voltar-se para os tripulantes, abre um grande sorriso. Mesmo que não saiba o que lhes dizer, ele jamais os abandona.

 

silvio_celestino_blog

*Sílvio Celestino é colunista do Blog do Runrun.it, autor do livro Conversa de Elevador – Uma Fórmula de Sucesso para sua Carreira e sócio-fundador da Alliance Coaching. @silviocelestino.

 

620x200_plan

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>