Uma decisão adiada pode não ser uma decisão

Uma decisão adiada pode não ser uma decisão

Por Sílvio Celestino*

Parecemos cada vez mais indecisos e inseguros, diante de tantas opções. E mesmo quando são poucas, já desaprendemos a ter convicções do futuro. Acontece que levar o tempo certo para tomar uma decisão é tão importante quanto a própria decisão. Quanto mais você demora, mais sua decisão tende a perder relevância no contexto em que está inserida e, assim, você pode acabar prejudicando a sua reputação de líder. E no fim é a sua empresa quem mais perde com cada decisão adiada.

Um dos pré-requisitos da liderança é o timing – capacidade de analisar e tomar uma posição no momento oportuno – sobretudo em tempos de crise. Se o(a) gestor(a) protela sua decisão de demitir parte do time, pode contribuir para a falência da empresa e não conseguir impedir que seus trabalhadores sejam demitidos sem direitos – o que é bem pior do que a própria demissão.

Por isso é que líderes estão continuamente se preparando para quando tiverem de enfrentar períodos difíceis. Em geral, aqueles que atravessaram vários anos em uma empresa em expansão e não se preocuparam com seu autodesenvolvimento não lidam bem com crises. Isso inclui desde fazer uma análise de cenários até reconciliar conflitos no time e se comunicar de forma objetiva e polida.

Se quer uma dica, use este momento de contração econômica como oportunidade de aprendizado. Se você souber conduzi-lo hoje, no futuro você é quem aconselhará novos líderes. Momentos difíceis são parte da vida, não são a vida. É sempre o céu mais escuro o céu que precede a aurora. Se não for possível esperar por ela, convoque seu time e juntos acendam suas velas, e será dia.

 

silvio_celestino_blog

*Sílvio Celestino é colunista do Blog do Runrun.it, autor do livro Conversa de Elevador – Uma Fórmula de Sucesso para sua Carreira e sócio-fundador da Alliance Coaching. @silviocelestino.

620x200_plan

2 thoughts on “Uma decisão adiada pode não ser uma decisão

  1. Muito interessante e motivador o seu post. Digamos que o grande teste de um lider se apresenta justamente nos momentos difíceis, de crise. É neste período que sua capacidade de liderança é colocada a prova. Poderiamos dizer que crise seria um mal necessário para a formação de bons lideres? Muito bacana seu post.

    1. Sem dúvida, Fred! Obrigado pelo comentário e continue seguindo nosso blog. Além das dicas de produtividade e gestão e das reflexões sobre liderança, o Sílvio tem textos novos toda semana. Um abraço

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>