Ir rápido ou ir longe?

Ir rápido ou ir longe?

Por Sílvio Celestino*

 

Que critério você usa para entender quais tarefas precisa fazer e quais delegar? Pense bem, pois é fundamental que você tenha um, para não se deixar afogar em tarefas sem sentido, impostas como relevantes e urgentes. Certos gestores são uma escola de como você não deve ser. Sentem-se importantes demais para questionar e suspender a rotina, e perdem o contato com o que surge de novo e se esquivam do que e de quem pede por mudanças. Falam sempre com as mesmas pessoas e não querem parar o que estão fazendo para refletir sobre o sentido daquilo.

Costumo dizer que esse gestor sofre do que chamo de “importantismo”, ou seja, acha que é importante demais para ser interrompido. Entre ir rápido e ir longe, ele escolheu ir rápido, mas esse critério para definir sucesso tende a falhar. E, não raro, só com a demissão é que esse gestor cai em si e percebe que está parado no tempo. Agora, vai ter de suar a camisa para achar quem o ajude a se recolocar no mercado, uma vez que desdenhou daqueles que poderiam integrar sua rede de relações.

Se este é seu caminho, não vejo alternativa senão mudar o critério que define sucesso para você. Sua jornada profissional depende da experiência de toda sua rede reunida para ajudá-lo a escolher o caminho apropriado. É como diz um provérbio sul-africano: “Se quiser ir rápido, vá sozinho. Se quiser ir longe, vá acompanhado”. Você fica apenas esperando a sua vez de falar, quando deveria ouvir as pessoas que desejam apresentar novas ideias? Pois são elas que podem alertar sobre crises e oportunidades no horizonte. Escolha quem você quer por perto, sem nunca se fechar para novas pessoas. Se você é o mais inteligente entre seus contatos, alguma coisa está errada. Quem tem de ser mais inteligente em sua rede é a própria rede.

O mundo chegou a um estágio em que a distância entre as inovações só diminui. Portanto, quando algo se tornar perceptível e incomodar você a ponto de forçá-lo a agir, já poderá ser tarde demais. Emblemáticas nesse sentido são as manifestações dos taxistas em São Paulo contra o Über no começo deste outono. O Über é um aplicativo que permite ao usuário ter seu próprio motorista quando precisar, o que representa uma sedutora alternativa ao serviço de táxi, dependente de um mercado de licenças, cooperativas e pontos de embarque para funcionar. No entanto, foi justamente no dia do protesto dos taxistas que os downloads do Über cresceram cinco vezes.

Você tem de estar atento e saber o mais cedo possível qual software, aplicativo, padrão ou tendência vai mexer de forma decisiva com o mundo, com seu mercado, com a empresa onde trabalha e com a sua carreira. E se você está sempre ocupado com tarefas urgentes, ou sendo alguém “importante demais”, você só está protelando, e até mesmo invalidando, os aprendizados que tornariam você um legítimo divisor de águas.

 

silvio_celestino_blog
*Sílvio Celestino é colunista do Blog do Runrun.it, autor do livro Conversa de Elevador – Uma Fórmula de Sucesso para sua Carreira e sócio-fundador da Alliance Coaching. @silviocelestino.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>