Como um treinador olímpico faz sua gestão de pessoas

Como um treinador olímpico faz sua gestão de pessoas

Para manter elevado o entusiasmo de uma equipe olímpica, é importante encontrar formas de  inspirar constantemente os atletas para que eles consigam atingir seus objetivos. O mesmo se aplica para as empresas de hoje. Do ponto de vista da gestão de pessoas, o que alimenta a motivação de um top performer pode variar, mas alguns deles, como o reconhecimento e as recompensas, são padrões que sempre funcionam.

Para criar uma equipe vencedora, você pode aprender muito com os líderes de grandes equipes olímpicas que se reuniram para atingir seu potencial mais avançado. Aqui estão as táticas mentais de treinadores olímpicos que podem ajudar a melhorar o desempenho de qualquer time, inclusive do seu!  

Mantenha a equipe no topo do jogo mental

Além dos feitos físicos de um atleta, uma proeza ainda mais impressionante é sua capacidade de superação psicológica. Treinar a mente para sintonizar distrações, reduzir o stress e a ansiedade e construir foco e resistência para ter o desempenho ideal é sem dúvida algo admirável. Aproveitando a deixa, você pode gostar de ler sobre a importância do controle emocional para a gestão de pessoas.

Em um artigo do Huffington Post, Steve Nunno, treinador olímpico da ginasta norte-americana Shannon Miller, disse que ” O aspecto físico do esporte só pode levá-lo até um certo ponto. O aspecto mental é o que impulsiona um atleta, especialmente quando você está falando sobre o melhor dos melhores. Nos Jogos Olímpicos, todo mundo é talentoso. Todo mundo treina duro. Todo mundo faz o trabalho. O que separa os medalhistas de ouro dos medalhistas de prata é simplesmente o jogo mental.” O mesmo vale para os colaboradores de uma equipe de alta performance.

Persona_Joana

Promova uma cultura de apoio

Para os atletas, as pressões mentais de cumprir uma meta ambiciosa (especialmente quando você está treinando longas horas) pode ser mais difícil do que os obstáculos físicos. Mas quando existe uma cultura de apoio entre os colegas, tudo parece possível. Dominique Moceanu ganhou o ouro olímpico em 1996 como parte da equipe feminina de ginástica artística dos EUA, conhecido como o “Magnificent Seven”. Foi a primeira medalha de ouro nessa categoria para os EUA, um feito inigualável.

Moceanu explica sobre a formação do grupo, uma das equipes mais célebres da história olímpica norte-americana. “Nós tínhamos o mesmo objetivo em mente. Isso nos deu unidade e dedicação, queríamos mudar a ginástica e nos ajudávamos constantemente. Ficar feliz com o sucesso dos outros irá ajudá-lo a ter sucesso também”, disse Moceanu. Sem dúvida, como equipe, as pessoas podem fazer mais do que como indivíduos. Segundo o Projeto Aristóteles, uma ampla pesquisa realizada pelo Google sobre trabalho em equipe, o segredo do sucesso de um time é a segurança psicológica, um clima de equipe caracterizado pela confiança interpessoal e respeito mútuo em que as pessoas estão confortáveis sendo eles mesmas.

Inspire a ambição

Uma boa gestão de pessoas deve incentivar os colaboradores a definir seus próprios objetivos e compartilhar esses objetivos com o restante da equipe e até mesmo com o restante da empresa. O mesmo se aplica para um atleta olímpico: treinadores inspiram atletas a definir metas gerais. Isso os torna responsáveis, uma vez que seu desempenho individual acaba afetando a classificação geral da equipe em uma competição. Ao promover o envolvimento do grupo, todo mundo se sente fortalecido e responsável pelo sucesso geral do time. Ao líder cabe o papel de lembrar a todos que o sucesso que o time almeja é uma vitória que todos  irão compartilhar.

Realize feedbacks

Os colaboradores não podem ser competitivos, no sentido positivo do termo, se eles não sabem qual sua posição na equipe e aonde podem chegar, razão pela qual o feedback individual é crucial para o seu sucesso de uma equipe. Da mesma forma, o feedback que atletas recebem de seus treinadores pode motivá-los a melhorar suas competências e superar seus  concorrentes. O reforço positivo é uma ótima maneira de inspirar as pessoas e aumentar o desejo de realizar. Sem feedback, nem atletas nem os membros da sua equipe serão ambiciosos. Para manter uma frequência saudável dessas conversas, entenda os segredos de uma boa avaliação de desempenho.

Crie um sistema de reconhecimento

Durante os Jogos Olímpicos, os melhores atletas recebem um reconhecimento visível:  as medalhas. Uma motivação que publicamente valida seu talento para os seus pares e para o mundo. Quando falamos de uma equipe tradicional, é importante estabelecer um sistema de recompensa que contabilize esses méritos. Se existem profissionais reconhecidos e recompensados por uma ação específica, então eles são mais propensos a repetir o comportamento. O reconhecimento público alimentará o desejo de outros colaboradores manterem uma performance superior.

Cultive a aprendizagem

Muitos jovens atletas acreditam que só ter talento é o suficiente, ou você tem ou você não tem. Como resultado, eles podem não atribuir o devido crédito ao trabalho duro necessário para superar suas deficiências, aperfeiçoar uma habilidade e garantir  a excelência, ou mesmo desenvolver a força mental e a flexibilidade para se recuperar das falhas – ou tudo mais o que é fundamental para o sucesso. É papel do treinador olímpico, e do líder de equipe, incentivar a mentalidade de crescimento e recompensar o esforço – em vez de só favorecer o talento. Aqui, o fracasso é uma oportunidade para aprender. Incorpore o conselho de Carol Dweck, autora de Mindset – The New Psychology: “Encontre o sucesso no processo de aprendizagem e de melhoria, e não somente no ato de ganhar”.

Use os contratempos como motivação

Então você teve um dia ruim. Um ano péssimo. Você pode usar seus fracassos como forma de impulsionar as mudanças necessárias. Ao buscar uma gestão estratégica de pessoas, use os fracassos como um trampolim para o sucesso. Se você acompanha a editoria de esportes do veículos de mídia, já percebeu que quase todos os times usam uma perda significativa como motivação para melhorar nas etapas seguintes.

As tendências globais de gestão de pessoas, segundo Deloitte e McKinsey

Depois de anos de luta para impulsionar o engajamento e a retenção de bons profissionais (ou atletas), melhorar a liderança e construir uma cultura significativa, é preciso redesenhar os modelos de organização. Se você tem interesse no assunto, confira os detalhes das tendências globais na gestão de pessoas neste texto.

Para uma gestão de pessoas eficiente, mantenha os olhos do time sobre o prêmio

Para motivar o trabalho em equipe, a gestão de pessoas deve garantir que as prioridades sejam claras, as tarefas bem distribuídas e o diálogo incentivado. Para atender a todas essas necessidades, existe o Runrun.it – software de gestão do trabalho capaz de elevar a produtividade de uma equipe em cerca de 25% e que mede o desempenho dos usuários ao longo do tempo e os premia com medalhas, incentivando o espírito competitivo que toda equipe precisa. Teste grátis: https://runrun.it

ferramenta de gestão

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>