4 exercícios para lideranças que vão ajudar a melhorar o desempenho da equipe

4 exercícios para lideranças que vão ajudar a melhorar o desempenho da equipe

Quando o assunto é gerir equipes e processos de trabalho, alguns tipos de exercícios para liderança podem ajudar a atingir o potencial na gestão de equipes.

Quem apresenta esse ponto de vista são as especialistas em liderança da McKinsey, Joanna Barsh e Johanne Lavoie, autoras do livro Centered Leadership: Leading with Purpose, Clarity, and Impact (Liderança Centrada, Liderando com propósito, clareza e impacto, em livre tradução). 

Baseados nos conselhos apontados pelas pesquisadoras, trouxemos quatro exemplos de exercícios de liderança que promovem uma imersão na sua própria personalidade, pensamentos e emoções, trazendo como resultado uma nova direção para comandar suas ações no trabalho. 

 

1. Exercício para reconhecer talentos 

Para diversos gestores e gestoras, há uma grande lacuna entre o que se consegue fazer e a entrega ideal. Por consequência, segundo as especialistas Joanna Barsh e Johanne Lavoie, cria-se uma falsa crença que há pouquíssimas pessoas talentosas no ambiente de trabalho

Tal comportamento leva a hábitos como a microgestão, na qual há um excesso de monitoramento em torno das atividades, gerando um clima de insegurança e falta de credibilidade na execução das tarefas, deixando as equipes desmotivadas. 

Para mudar essa perspectiva, é necessário que exista um canal de diálogo com trocas de ponto de vista entre a coordenação e a sua equipe. Colocando em prática a escuta ativa, as dificuldades podem ser diluídas a partir da cooperação entre os envolvidos, restabelecendo a confiança para a realização dos projetos. 

Exercício de liderança: 

Encontre um lugar confortável, sem distrações. Feche os olhos e respire tranquila e profundamente. Quando estiver pronto, retorne mentalmente para estes três momentos da sua vida:

a) Quando você era criança. De que jogos você mais gostava? Quais personagens você escolhia e que papéis você interpretava? Alguma semelhança com sua profissão hoje?

b) Quando era adolescente. Que passatempos e atividades te deixavam tão feliz que você nem via a hora passar? O que isso diz sobre você?

c) Quando adulto. Volte para um ponto alto na sua carreira, nos últimos dois anos. Qual foi o impacto que você causou nas pessoas? E como isso impactou você?

Relembrando esses momentos, o que você mais valoriza em você? O que te encheria de orgulho se ouvisse seus colegas contando para outras pessoas? Esses são seus pontos fortes – aos quais você talvez não se atenta.

Uma boa maneira de descobrir os talentos do seu time é utilizando o Runrun.it. Em nosso software de gestão, as lideranças têm acesso a diferentes indicadores de desempenho em um dashboard completo, no qual é possível criar métricas personalizadas e entender em quais tarefas cada um possui maior habilidade para executar, o que dá mais confiança para distribuir funções. 

2. Exercício de liderança para aumentar a transparência

Prazos impossíveis, orçamento apertado, cobranças insistentes dos clientes e por aí em diante. Lidar com cada um desses problemas e ainda saber como liderar uma equipe nesse turbilhão não é fácil. Pare. Reflita. Assuma o controle. Aqui está o exercício  de liderança para te ajudar a reagir assim.

Exercício: Busque na memória uma fala ou atitude que te chateou recentemente e ainda te magoa. Quando você não teve o melhor desempenho e sentiu vergonha, ou raiva, o coração acelerado, um nó na garganta, frio na barriga… 

Volte a esse momento. Por que isso afetou você? Pare por um momento e ache as respostas:

a) O que você pensa e sente, mas não expressa? De que consequências negativas você tem medo?

b) Quais seus valores mais importantes? E quais foram feridos na última vez que você se magoou?

c) Quais são suas necessidades básicas? Você está consciente dos seus desejos mais profundos?

d) Observe. As consequências que mais tememos, por vezes, nós mesmos criamos. Por exemplo, você tem medo de se descontrolar? Mas quando discute com sua equipe, ou critica alguém em público, você perde o controle.

Incentive sua equipe a fazer o mesmo. Compartilhem o que estão sentindo e pensando no início de cada reunião. Um projeto problemático? Um prazo irrealista? Uma crítica repetitiva de um cliente? Algo de errado que você viu, mas não se posicionou a respeito para evitar conflito?

Além dessa abertura para compreender dores e necessidades, use o Runrun.it para acompanhar todos os processos em tempo real. Na plataforma, os usuários selecionam o melhor método de visualizar e organizar as demandas, mantendo todos os avanços sob controle e deixando todos integrados em torno dos mesmos objetivos. 

3. Exercício para ganhar a confiança do time

Uma das provas de fogo para verificar se uma pessoa sabe como liderar uma equipe é avaliar sua habilidade de transmitir credibilidade ao grupo. Basta uma frase deslocada durante uma reunião para a simpatia e a confiança do time em você estremecer. 

A saída? Aprender o que cada um valoriza e adaptar seu comportamento para oferecer isso. “Afinal, são nossas ações, e não as nossas intenções, que inspiram confiança nas pessoas”, escrevem Joanna e Johanne.

Exercício: Faça este teste para ver quais aspectos da confiança mais interessam a você. Para cada um deles, dê uma nota a si mesmo(a) de 1 (não tem a ver comigo) a 5 (representa o que eu sou):

a) Comprometimento. Não prometo o que não posso cumprir e faço questão de alinhar as expectativas, porque o combinado não sai caro.

b) Coerência. Meu discurso e minhas atitudes estão alinhados com o que eu penso e sinto de verdade.

c) Aceitação. Eu me contenho antes de julgar e criticar alguém e sei separar a pessoa do seu desempenho.

d) Franqueza. Eu comunico minhas intenções e falo abertamente sobre minhas limitações e preocupações.

“Quando você muda sua mentalidade de ‘pessoas confiáveis são raras’ para ‘eu sou capaz de inspirar praticamente todas elas a confiar mais em mim’, o jogo vira completamente” – Joanna e Johanne concluem.

4. Exercício para estabelecer uma rotina equilibrada 

Quem não gostaria de ser produtivo o tempo todo e ter um desempenho máximo sem esmorecer. Contudo, é preciso respeitar seus limites e saber quando pausar. 

“No trabalho, esgotamento é muitas vezes confundido com comprometimento. Aquele conhecido que foi hospitalizado por estafa é tido como herói. Não poderia ser assim. Se aquela pessoa tivesse tido consciência e gerenciando seu tempo e energia, teria poupado esse tamanho desgaste”, ponderam as estudiosas 

Exercício de liderança: Tire 10 minutos duas vezes por dia (de manhã e de tarde) para dar um passo atrás e recarregar as baterias. Leve em consideração os quatro pilares da sua saúde: físico, mental, emocional e espiritual. Aqui vão alguns exemplos de atividades que você pode adotar.

a) Físico: aproveite pequenos intervalos para se alongar e dar pequenas caminhadas, no escritório ou no home office. Tais atividades ajudam na retomada da concentração e são capazes de trazer ideias inspiradoras. 

b) Mental: consumir outros conteúdos não diretamente relacionados à atividade atual oferece um descanso para o cérebro e faz como que você reflita com mais tranquilidade. Outra prática interessante é inserir momentos de troca de conhecimento durante o expediente, o que dá novas perspectivas para dar sequência aos projetos. 

c) Emocional: reconhecer os esforços da equipe e compartilhar mensagens de agradecimento profissional é um exercício de liderança que traz um efeito muito positivo para o desempenho dos colaboradores, que se sentem mais empolgados a mostrar suas competências. 

Mais que as pausas, uma rotina equilibrada passa também por uma boa gestão do tempo. E para isso, o Runrun.it é o seu aliado perfeito. Por meio de recursos automatizados, como o play na tarefa, é possível mensurar o tempo investido nas atividades, otimizando a alocação de recursos, incentivando a autogestão e dando aos líderes um olhar mais compreensível sobre a disponibilidade de seu time. 

Como você pode perceber, o Runrun.it é um sistema onde todo o trabalho é distribuído, priorizado e mensurado. Saiba em que seu time está trabalhando, quando as coisas serão entregues e quanto tudo está custando. Você reconhece quem merece, ajuda quem precisa e sabe exatamente que gastos consegue poupar. Teste grátis: http://runrun.it

4 exercicios como liderar uma equipe” width=

Pesquisa mencionada 

https://www.mckinsey.com/global-themes/leadership/lead-at-your-best

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>