Como fazer uma avaliação de desempenho inteligente

Como fazer uma avaliação de desempenho inteligente

O que fazem os líderes que conseguem reter ótimos talentos? Investem na atualização e evolução constante de seu sistema de avaliação de desempenho. Não o consideram uma simples etapa anual, cujos resultados são esquecidos. Prezam pelo desenvolvimento dos seus colaboradores, tanto profissional quanto pessoalmente. Afinal, quando sabe que será ouvido e respondido, o profissional confia no que a empresa pode lhe oferecer – da mesma maneira que confia que seus esforços estão sendo bem investidos. Seguem agora cinco dicas para você enriquecer sua avaliação de desempenho e não deixar escapar bons profissionais.

1. Transparência

Coloque no papel (ou formalize) as funções de todos os cargos de seus colaboradores. Descreva com detalhes as tarefas que eles devem realizar, das mais genéricas às mais específicas, para não cobrar o que não foi demandado – e cobrar o que é justo. Quando tudo fica claro é mais difícil criar conflitos. Você pode contar com a ajuda de softwares de gestão de tarefas para registrar tudo isso.

2. Não confie em sua memória

Registre, como num diário, os principais fatos que acontecem com sua equipe diária ou semanalmente. Se alguém se saiu bem ou mal em alguma situação crítica, se um colaborador precisa evoluir ou ser reconhecido… Problemas e motivos de alegria devem ser descritos e lembrados no momento da avaliação.

3. Use ferramentas para te ajudar

Badges ou medalhas são uma boa maneira de saber como é a performance dos seus colaboradores e algumas ferramentas de gestão de tarefas oferecem isso. Naturalmente, não são todas. Por isso, fique de olho nesse pré-requisito antes de contratar uma. Leia este guia, se preferir.

4. Saiba criticar

Assim como pouca gente sabe criticar de forma respeitosa, pouca gente gosta de ouvir críticas. Para evitar problemas de ambos os lados, indique os pontos limitantes da pessoa de maneira firme, mas construtiva, sempre sugerindo uma atitude a tomar. Caso contrário, o futuro será de ressentimentos. Use relatórios de produtividade e até mesmo as badges para indicar que é possível amadurecer com pequenas atitudes diárias.

5. Faça uso da avaliação

Não tem coisa pior do que ser avaliado e ficar por isso mesmo. Parece que a empresa só está interessada em julgar os colaboradores em vez de incentivá-los. Além disso, eles precisam saber como foram avaliados. Pensando nisso, trace algumas metas com base na evolução ideal de cada um – o que pode resultar em prêmios para quem se sair como o desejado.

Avaliação de desempenho no Runrun.it

Conheça o Runrun.it, um software de gestão de tarefas e equipes que organiza o fluxo de trabalho da sua equipe, deixa as pioridades mais claras e ainda te ajuda na avaliação de desempenho dos funcionários. Ele usa a produtividade e a frequência das atividades do usuário na ferramenta como nota para liberar medalhas (confira mais neste post). Entre as informações que o sistema usa estão tarefas entregues no prazo, publicações no mural da empresa, tarefas reabertas (refação), tarefas entregues atrasadas, número de estimativas precisas, entre outras. Além disso, o Runrun.it produz relatórios gerenciais e oferece espaço para a descrição detalhada de tarefas. Teste gratuitamente: http://runrun.it

avaliação de desempenho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>