Abaixo a hierarquia organizacional!

Abaixo a hierarquia organizacional!

Um texto fresquinho da Harvard Business Review fala sobre hierarquia, ou a velha forma de gerenciar pessoas. Tim Kastelle, de quem já falamos aqui, afirma que a hierarquia é algo que está superdimensionado, e acrescenta: “Por que todo mundo não pode ser um chefe?”.

Ele dá exemplos de como empresas como WordPress e GitHub conseguem se manter, com sucesso, sob sistemas de gestão descentralizados. Valve é uma produtora de games famosa por não ter chefes de forma alguma. 37Signals e Automattic têm uma estrutura plana. Esse modelo não valeria também para grandes indústrias?

Então Keller conta que WL Gore, uma das empresas de mais sucesso no mundo, com mais de 10.000 funcionários, tem basicamente 3 níveis de hierarquia organizacional. TRÊS. O CEO, eleito democraticamente, um punhado de chefes funcionais e o resto – milhares de pessoas. Todas as decisões são tomadas por cada grupo de 8 a 12 pessoas, que se auto-gerencia – contratação, pagamento, em quais projetos trabalhar… Sem jamais depender de uma estrutura de comando. Trata-se de um exemplo e tanto: e uma das mais inovadoras e rentáveis empresas do mundo.

E o que fazer com aquelas que já têm uma estrutura rígida hierárquica? O professor Kastell dá o exemplo da brasileira Semco. Sim! Temos um belo exemplo em nosso próprio país.

Algumas dicas para a gestão do futuro:

  • As empresas organizadas em torno de equipes pequenas e autônomas são muito mais ágeis que as hierárquicas. Como tudo muda rapidamente, esse modelo é mais rápido para responder a mudanças.
  • Empresas com estrutura plana tendem a ser mais inovadoras, o que é importante do ponto de vista estratégico.
  • O propósito dessas empresas é compartilhado. Isso é o que segura a equipe nos momentos difíceis.

Apesar de estar provado que as empresas de estrutura plana têm modelos de gestão mais competentes (veja os resultados da Semco), não se vê o exemplo pipocando em todos os lugares. Isso porque muitas pessoas não acreditam em democracia no ambiente de trabalho. Ou, se acreditam, é difícil imaginá-lo sem hierarquias, uma vez que a estrutura “normal” é esta cheia de níveis e chefes. Além disso, sentem medo do diferente, e é difícil mudar as estruturas já estabelecidas nas empresas.

Se você deseja mudar o modo como gerencia sua empresa, olhar para sua equipe de uma forma mais transparente e justa, aumentar a produtividade dos departamentos com colaboradores interessados e dar voz ao seu time, experimente o Runrun.it. Faça o teste gratuitamente!

 

Você também pode gostar de ler:

gerenciando_projetos_atraves_da_gestao_de_pessoas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>