Conheça os motivos para aplicar a avaliação de desempenho na sua empresa

Conheça os motivos para aplicar a avaliação de desempenho na sua empresa

A avaliação de desempenho é um dos mecanismos mais ricos à disposição da gestão de pessoas em uma organização. Isso porque essa prática é mais completa que o imaginado, indo muito além da mera análise do desempenho dos colaboradores. 

Entre os ganhos que podem ser colhidos com essa prática está a valorização de talentos, o aumento do engajamento, mudanças de abordagem na realização de feedbacks entre muitos outros propósitos que unem profissionais e lideranças. 

Como a avaliação de desempenho é indispensável para gestores, principalmente pensando na tomada de decisão, preparamos este artigo completo mostrando a importância dessa ferramenta, seus diferentes tipos de abordagem e os benefícios para a criação de uma cultura organizacional saudável. 

 

O que é a avaliação de desempenho?

Definida como uma maneira de mensurar a capacidade produtiva individual ou de setores de uma organização, a avaliação de desempenho é um processo que pode ser aplicado continuamente, como forma de acompanhar a evolução das atividades e comportamentos. 

Embora os formatos de avaliação do desempenho possam ser vistos ao longo da história da gestão, o conceito ganhou popularidade em meados dos anos 70, quando a área de gestão de pessoas passou a focar no bem-estar e na qualidade de vida dos funcionários. 

A intenção da avaliação de desempenho é compreender se o nível de produtividade e comprometimento do profissional está em sintonia com as expectativas da organização, bem como perceber o engajamento do time com o clima organizacional da empresa. 

Para que isso ocorra da maneira mais empática possível, é preciso que exista um alinhamento entre colaboradores e lideranças desde o processo de onboarding, existindo assim uma relação aberta e de confiança, em que anseios e preocupações sejam compartilhadas sem julgamentos.

O que é mensurado na avaliação de desempenho?

A avaliação de desempenho precisa, antes de tudo, ser um instrumento que incentiva a transparência dentro da organização. 

Por isso, é essencial que os critérios que serão considerados estejam à vista dos colaboradores, para que toda decisão feita a partir da avaliação de desempenho seja justa com os preceitos e valores compartilhados. 

Entre os itens frequentes que são vistos na avaliação de desempenho estão: 

  • Indicadores de produtividade; 
  • As competências socioemocionais (hard e soft skills); 
  • A capacidade de entrega;
  • A colaboração em equipe; 
  • O engajamento com o trabalho e a empresa; 
  • A capacidade de adaptação; 
  • A proatividade; 
  • A capacidade de realizar a autogestão
 

Quais os objetivos da avaliação de desempenho 

Existem vários aspectos que tornam a avaliação de desempenho uma ferramenta indispensável para a gestão de pessoas, sendo que a principal delas é o desenvolvimento dos potenciais individuais, coletivos e a melhoria do ambiente de trabalho

Olhando por um viés mais técnico, a avaliação de desempenho entrega coleta informações que funcionam como um registro histórico sobre os profissionais, servindo de referências para a aplicação de feedbacks, requalificações e a construção de um plano de desenvolvimento individual (PDI)

Já por um ponto de vista humanizado, esse tipo de avaliação ajuda a estreitar os laços entre as lideranças e suas equipes, promovendo a compreensão acerca dos comportamentos expressados dentro do trabalho, o que traz uma relação mais horizontal para a gestão. 

>> Leitura recomendada: Por que a sua empresa precisa abraçar a gestão colaborativa? 

Uma vez que os critérios da avaliação de desempenho estão bem estabelecidos para ambas as partes, o método gera oportunidades de capacitação, alinhamento com os objetivos defendidos no planejamento estratégico e possibilidades de inovação para a sua empresa. 

Como realizar a avaliação de desempenho?

O processo de avaliação de desempenho é comumente dividido em etapas básicas. A primeira delas é o acompanhamento diário do profisisonal, no qual é importante estar atento a todos os detalhes. 

Essa observação parte de verificar aspectos como o relacionamento dele com a equipe, o comprometimento, a postura, os progressos e as limitações, sempre oferecendo um feedback ao funcionário. 

A etapa seguinte é saber identificar os problemas, para resolvê-los junto ao avaliado e manter a produtividade da empresa. 

Uma maneira de desenvolver essa fase é através da escuta ativa, na qual a intenção é buscar as melhores soluções para eventuais desafios e demonstrar o amparo institucional para o colaborador. 

>> Leitura recomendada: Aprimore a liderança com a escuta ativa 

Por fim, a terceira etapa  da avaliação de desempenho se constitui pela realização de entrevistas periódicas, que permitem analisar a evolução do funcionário.

E, se necessário, adotar medidas, que servem como termômetro para entender se há condições de evolução ou reversão de alguma situação fora do padrão.

Nesse momento da realização da avaliação de desempenho, é válido salientar que as ferramentas de gestão são verdadeiras parceiras das lideranças. 

Como exemplo disso podemos citar o Runrun.it. Com o software de gestão, é possível visualizar o desempenho e o fluxo de trabalho da sua equipe de ponta a ponta por meio do Kanban e coletar informações úteis para avaliação de desempenho através de funcionalidades automatizadas, como o timesheet. 

O Kanban é um modo de visualização do Runrun.it que facilita o acompanhamento das tarefas

Qual é o momento certo de fazer?

A avaliação de desempenho pode ser feita a qualquer momento, e sempre que você considerar necessário.

No entanto, delimitar uma periodicidade é recomendável. O ideal é que seja realizada uma avaliação mensal para melhor análise da evolução coletiva da empresa e de seus colaboradores.

Apesar de ser apenas um item entre diversos outros para a formação de um negócio de sucesso, uma avaliação de desempenho efetiva, que consegue aprimorar comportamentos, pode se tornar uma ação muito positiva para o crescimento de todo o corpo profissional.

Os modelos de avaliação de desempenho 

A avaliação de desempenho possui suas etapas e características, porém isso não significa que ela possui uma estrutura rígida de aplicação. 

Na verdade, a avaliação de desempenho possui moldes bastante flexíveis e até por esse aspecto, existem tantos tipos diferenciados de mensuração da produtividade e engajamento. Vamos conhecê-los? 

Avaliação 360º 

Como o nome sugere, a avaliação 360º promove a participação e análise de todos os envolvidos, dos gestores aos colaboradores. 

O diferencial é que esse modelo de avaliação de desempenho quebra a sensação de que apenas um lado está sendo acompanhado. 

Aqui, as lideranças também têm seu desempenho avaliado por sua equipe, o que ajuda a construir um senso coletivo, algo bastante positivo para a implementação de mudanças dentro das áreas de atuação. 

Geralmente aplicada com o auxílio de formulários que irão apontar os itens analisados, a avaliação 360º ajuda a desenvolver a maturidade para compreender os pontos de melhoria e gerar feedbacks mais assertivos. 

Matriz 9 box 

A metodologia 9 box é uma ferramenta de gestão que avalia o desempenho dos colaboradores em relação ao potencial que eles apresentam de evolução. 

Representada por uma matriz cartesiana, esse modelo de avaliação de desempenho cruza o nível de produtividade e a capacidade potencial para apontar o resultado de cada colaborador. 

Veja a seguir a representação visual do modelo: 

Imagem da matriz 9 box, um dos tipos de avaliação de desempenho

Bastante visual, a matriz mostra de forma clara quem são as pessoas que precisam ser desenvolvidas, promovidas ou mesmo substituídas. 

Tudo isso permite que as decisões sejam mais eficientes e tragam melhores resultados para o negócio.

Avaliação 180º 

Enquanto a versão 360º engloba todos os integrantes da equipe, a avaliação 180º é focada na relação entre colaborador(a) e gestor(a). 

A prática é a seguinte: ambas as partes respondem individualmente um questionário com as mesmas perguntas e posteriormente conversam sobre suas opiniões, sejam elas divergentes ou comuns entre si. 

A proposta incentiva um diálogo focado nos aspectos mais importantes que precisam ser aprimorados, o que torna a avaliação de desempenho mais objetiva. 

Autoavaliação 

A intenção por trás desse tipo de avaliação de desempenho é entender como o profissional enxerga o resultado de suas atividades. 

Após responder questões relacionadas à sua rotina de trabalho, engajamento e eventuais expectativas, o profissional irá conversar com a coordenação de sua equipe para averiguar o que é possível fazer para melhorar o clima e o desempenho das atividades. 

Essa espécie de avaliação de desempenho é bem importante para que se descubra se o profissional está satisfeito em seu posto de trabalho, se nutre o desejo de buscar novos desafios dentro da própria organização e o que é possível ser feito para tornar o fluxo de trabalho mais equilibrado e motivador. 

A importância da avaliação de desempenho 

Os problemas só serão identificados e solucionados com uma boa avaliação de desempenho.

Pois, dentre os principais entraves que as empresas desejam solucionar, ou mesmo prever, destacam-se: baixa produtividade nas vendas, baixo engajamento dos profissionais em geral, dificuldade de retenção de talentos, fraude, e queda na satisfação dos clientes. Todos, claro, relacionados a pessoas.

Há cerca de dez anos, esse processo costumava ser caro e demorado. No entanto, com cada vez mais informações sendo armazenadas na internet, e de forma ininterrupta, os softwares de análises de dados foram se tornando acessíveis e mais precisos. Assim, viraram grandes aliados da avaliação de desempenho.

O check-up que faz a diferença

Em suma, quando bem conduzida, a avaliação de desempenho funciona como um verdadeiro check-up da sua empresa. Mas vale lembrar que a metodologia não serve para que líderes se mostrem autoritários. 

Pelo contrário: o processo de avaliação de desempenho consiste em identificar o que um colaborador tem de bom e, se for o caso, orientá-lo a mudar de postura quanto ao que pode ser melhorado.

Desta forma, você evitará despesas com o turnover, e os funcionários vão responder positivamente aos desafios que você apresenta a eles.

Falando sobre os feedbacks 

Hoje o termo feedback está totalmente inserido dentro do espaço de trabalho. Basicamente, ele é o momento em que há uma reunião para apresentar as percepções que as lideranças têm a partir das entregas realizadas e dos comportamentos observados no dia a dia. 

No entanto, é preciso ter cuidado para que essa prática não se torne um instrumento de cobranças ou apenas mais um procedimento padrão na avaliação de desempenho. Logo, é essencial que eles sejam aplicados de maneira mais qualitativa do que quantitativa. 

Na Pesquisa de Clima Organizacional – 2ª edição, realizada por nós do Runrun.it, perguntamos a profissionais de diversas áreas o que eles esperavam de seus gestores quando o assunto era feedback. 

Para 48% dos colaboradores, é necessário que esse momento seja mais frequente na rotina de trabalho. Enquanto isso, quase 50%  líderes apontaram que a prática era mais desafiadora de ser feita no trabalho remoto. 

Embora façam parte da avaliação de desempenho, os feedbacks podem ser realizados em outros momentos oportunos e precisam acima de tudo, refletir a forma como o trabalho é realizado atualmente e o que pode ser adaptado na relação entre profissional e empresa, do alinhamento de expectativas à capacidade de execução e participação em projetos. 

A tecnologia a favor da avaliação de desempenho

Em quase todas as áreas de conhecimento humano, a tecnologia está revolucionando a forma como vivemos. E neste caso, não é diferente.

Os avanços vêm permitindo que a coleta, a organização e a análise de dados sobre o comportamento dos colaboradores ocorram com cada vez mais agilidade e precisão.

Um exemplo de processo que ajuda a avaliação de desempenho é o People Analytics, que trata-se do reconhecimento de que os colaboradores são o mais valioso recurso de uma empresa. 

Utilizado para mensurar o que torna os funcionários mais engajados, produtivos e felizes no ambiente de trabalho, ele funciona a partir da coleta de dados de diversas fontes como redes sociais, metadata (dados sobre dados), reviews de usuários, tendências de vendas e de marketing, entre outras. 

Esses dados (data) são organizados e apresentados – por um profissional de Data Science ou, em alguns casos, um software de gestão – de tal forma que seja possível reconhecer as razões para um problema em questão. Afinal, sempre haverá um problema específico a se investigar antes de iniciar a busca.

Utilizando o Runrun.it na avaliação de desempenho 

Outros aspectos fundamentais para realizar a avaliação de desempenho são os indicadores de desempenho, conjunto de medidas que as empresas usam para avaliar suas performances ao longo do tempo, gerando um histórico de dados. 

Tais índices são usados para medir a produtividade, capacidade e qualidade das entregas realizadas, o que dá um panorama bem completo para a avaliação realizada. 

E graças às automações do Runrun.it, os gestores podem ter acesso a tais dados em relatórios personalizados, que mostram informações como o esforço por tarefa, o investimento de tempo por projeto e a disponibilidade de produção de cada pessoa. 

Mensurar o esforço por tipo de tarefa é uma das formas de avaliação oferecidas pelo Runrun.it

Ainda nesse quesito, uma das formas de visualização do trabalho permitidos pela plataforma é o gráfico de Gantt, que mostra a capacidade dos usuários durante o período desejado, fazendo que tanto a avaliação de desempenho quanto a distribuição de tarefas sejam justas. 

O Gráfico de Gantt permite uma distribuição igualitária de tarefas

A avaliação de desempenho também pode ser visualizada por meio do RR-Rating, um sistema de gamificação da ferramenta que transforma os dados coletados nas tarefas em projetos em pontos. 

Ao longo do tempo, atributos como o trabalho em equipe, precisão, participação e inovação resultam em medalhas, que mostram o reconhecimento pela dedicação demonstrada durante o trabalho.

O RR-Rating é um modo gamificado de acompanhar seu desempenho no trabalho

Além desses recursos, com o Runrun.it você possui a tranquilidade de acompanhar os projetos e colaborar com a sua equipe de qualquer lugar, no escritório ou no trabalho remoto. 

Isso sem falar que por ser simples de usar, a ferramenta facilita a realização das avaliações de desempenho e a tomada de decisões assertivas para a sua gestão. 

Descubra as vantagens que o Runrun.it disponibiliza criando sua conta agora mesmo: https://runrun.it/

avaliação de desempenho

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>