Gestão de pessoas: Liderando desenvolvedores à distância

Gestão de pessoas: Liderando desenvolvedores à distância

Como é que eu posso orientar pessoas se eu nem sequer sei o que elas estão fazendo? Que tipo de líder eu sou, se só me comunico com meu time por e-mail ou WhatsApp? Se estas perguntas passam pela sua cabeça, não vamos te dar mais preocupações, mas sim trazer uma boa notícia. A solução está em combinar uma gestão de pessoas inteligente, confiando nas pessoas mais proativas do grupo, atribuindo poderes a elas, à tecnologia de gestão adequada. Feito isso, a distância nunca mais será empecilho para um desenvolvimento competente e ágil.

1. Não faça sua equipe dependente de você

Se você acordasse no hospital amanhã e não pudesse se lembrar do seu próprio nome, como isso impactaria seus projetos? E o relacionamento com seus clientes? Se você não gosta nem de pensar, sinal de que o seu time de desenvolvedores depende de você para trabalhar e dar os próximos passos. E, bem, uma hora isso será inviável.

A pergunta que você deve se fazer não é apenas: “Como posso ajudar meu time?”, mas “Como eu posso empoderar meu time e criar outros líderes?”. Liderar, à distância ou ao vivo, é isso: atribuir novos desafios e responsabilidades, como supervisionar um novo membro ou disseminar o sentimento de dono em cada um.

Isso pode soar assustador se você não estiver disposto(a) a dividir o crédito pelos resultados. Não se esqueça de que, se cada um se sentir parte fundamental da empresa, você sempre terá alguém com quem contar, numa emergência ou no dia a dia.

2. Delegue mais autoridade do que tarefas

Delegando apenas tarefas, como se mais ninguém a não ser você fosse um repositório de tudo o que é preciso fazer, você cai na tentação de acompanhar passo a passo o trabalho dos outros. Em contrapartida, delegando autoridade, você distribui sua liderança e a produtividade da equipe se expande. Ficará subentendido ao seu comando, você está dizendo à pessoa: “Eu acredito que você é capaz de alcançar esse objetivo e trazer um grande resultado para nós”.

Naturalmente, você deve confiar bastante na pessoa que vai liderar junto com você, e por mais que você esteja lhe transmitindo responsabilidades, não dê as costas a ela. Você ainda é a liderança que ajuda no começo e no fim do processo, só não precisa conferir cada passo dado. Além disso, procure atribuir tarefas com base nas habilidades e preferências das pessoas. Se alguém prefere trabalhar com back-end a front-end, ofereça a ele mais tarefas desse tipo.

3. Critique-se antes de criticar os outros

Tenha paciência antes de criticar o trabalho dos seus companheiros de equipe. Às vezes, nossa primeira reação é que algo deve ser mudado, mas quando você olha mais de perto, percebe que é uma preferência pessoal sua, e não tanto uma questão de qualidade. Por isso, quando pedir às pessoas para mudar a maneira de fazer seu trabalho, dê argumentos. Assim, você ajuda seu time a entender o que devem levar em consideração e tomarem decisões mais certeiras na próxima vez.

4. Dialogue, dialogue e dialogue

Ryan Chartrand, CEO da X-Team, desenvolvedora envolvida na criação do Twitter, elencou os 10 segredos para se tornar um(a) líder desenvolvedor(a) à distância e o primeiro é: Dialogue com a sua equipe assim como você fazia com seu/sua primeiro(a) namorado(a):

• Quando precisar sair do escritório, diga ao seu time que ficará fora e, se for relevante, qual seu compromisso;
• Quando perceber que não vai cumprir um prazo, informe o time para se programar;
• Quando tiver tempo livre, diga ao time que está lá para ajudar;
• Quando aprender uma nova habilidade, ler ou assistir a algo muito interessante, conte para o time,
• Quando vir seu time desanimado, demorando a desenvolver, e tendo de corrigir erros recorrentes, converse com ele.

As tendências globais de gestão de pessoas, segundo Deloitte e McKinsey

Depois de anos de luta para impulsionar o engajamento e a retenção de bons profissionais, melhorar a liderança e construir uma cultura significativa, as corporações também perceberam a necessidade de redesenhar seu modelo de organização. Confira os detalhes das tendências globais na gestão de pessoas neste texto.

Liderando à distância com tecnologia

A pergunta que você deve estar se fazendo é: Como fazer isso de uma forma organizada? Para isso existem softwares de gestão de equipes, como o Runrun.it, capaz de tornar sua gestão de pessoas o seu grande trunfo, facilitando o diálogo, o compartilhamento de dados, salvando o que foi compartilhado e informando aos líderes o andamento de todo o fluxo de trabalho em tempo real. Não importa quão longe você esteja do seu time. Teste grátis agora: http://runrun.it

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>