Como a motivação intrínseca pode despertar bons resultados

Como a motivação intrínseca pode despertar bons resultados

Explicada como o desejo inerente por alcançar um objetivo pessoal ou profissional, a motivação intrínseca é um dos fatores preponderantes para a permanência dos colaboradores em uma organização. 

Afinal, é essa motivação que serve como combustível que impulsiona as pessoas em direção aos projetos individuais e impactam o sentimento de satisfação e de pertencimento ao espaço de trabalho. 

Junto a outros tipos de motivação, como a extrínseca, ela é determinante para o bom desempenho profissional e a produtividade. Para você entender um pouco melhor o conceito da motivação intrínseca e os benefícios que ela proporciona para o desenvolvimento da carreira e evolução pessoal, preparamos esse artigo completo. Confira! 

 

Entenda o conceito de motivação intrínseca 

Derivada do latim, a palavra motivação pode ser explicada como o comportamento adotado pelo ser humano em determinadas situações, seja em sua rotina pessoal ou nas atividades do trabalho. 

Sendo assim, suas ações são movidas pelo ambiente que o rodeia ou por seus anseios e experiências, o que configura a motivação intrínseca. 

Essa ideia parte de que todas as pessoas costumam traçar objetivos e metas, de curto e longo prazo, sobre diversos aspectos como a qualificação profissional ou uma viagem dos sonhos. 

Logo, qualquer passo dado em direção a esses propósitos é causado em função da motivação intrínseca, associada aos sentimentos e idealizações da pessoa. 

No ambiente de trabalho, isso não é diferente. Por meio da motivação intrínseca, uma pessoa pode alcançar a sua requalificação no trabalho, demonstrando interesse por novas funções. 

Como está mais alinhada com a realização pessoal, a motivação intrínseca depende das expectativas e cenários imaginados pelo colaborador. Contudo, esse sentimento pode ser influenciado por ações externas ou práticas que conduzem a uma jornada de autoconhecimento e preparação para a autogestão

Motivação intrínseca ou extrínseca: qual a diferença? 

A motivação intrínseca é um dos tipos de motivação percebidos no comportamento pessoal ou profissional. Por isso, é também importante esclarecer as distinções entre esse termo e o de motivação extrínseca. 

Somente pela escrita, é possível ter uma noção em que os dois conceitos se distanciam. Enquanto a motivação intrínseca é vinculada aos fatores internos, a extrínseca considera aspectos ambientais e situações vivenciadas pelo sujeito. 

Logo, o clima organizacional é uma motivação extrínseca para seu funcionário, pelos benefícios oferecidos, engajamento, suporte e o próprio incentivo que é demonstrado pelas lideranças e colegas de trabalho. 

Esse tipo de motivação pode ser aproveitado pela gestão de pessoas justamente para estimular o sentimento de pertencimento do colaborador ao local onde trabalha e fornecer oportunidades de aprendizagem, o que coopera para comprovar a importância daquela pessoa para os projetos da companhia. 

Por tabela, essas ações podem ser associadas positivamente pela pessoa beneficiada, que com o passar do tempo irá colher os frutos das possibilidades que lhe foram oferecidas, despertando uma motivação intrínseca de obter os melhores resultados para continuar nessa jornada de crescimento. 

Motivação intrínseca no trabalho 

Por mais que seja provocada por uma expectativa interna, a motivação intrínseca usufrui indiretamente do contexto que a cerca.

Isso acontece porque pouco a pouco, as ações que acontecem no ambiente vão construindo expectativas individuais próprias, que servem de ponto de ignição para novos desafios. 

Por exemplo, o incentivo à inovação tecnológica pode primeiramente partir de uma demanda profissional, na qual a pessoa precisa se atualizar para cumprir os requisitos previstos para a entrega combinada. 

No entanto, com a prática constante, o interesse pela transformação digital começa a fazer parte do cotidiano da pessoa mesmo em outro momento profissional, dessa maneira, há uma motivação intrínseca de curiosidade e desejo pelo saber que é benéfica para a empresa e para o colaborador. 

Além do mais, a motivação intrínseca é um ingrediente que anda lado a lado com a produtividade. Dessa forma, o ato de delegar tarefas torna-se importante para os gestores, pois com a alocação correta, os colaboradores poderão aplicar suas skills em torno da demanda, gerando um sentimento de satisfação com a realização dos trabalhos. 

Já com a motivação intrínseca, há um outro ponto que soma a favor da qualidade, que é justamente o interesse em aplicar os conhecimentos tácitos e desbravar novos horizontes, trazendo a inspiração e a inovação como diferenciais na concretização dos projetos. 

Como gestores podem incentivar a motivação intrínseca 

Uma vez que a motivação intrínseca é ligada ao prazer em realizar as atividades, as lideranças podem realizar ações relacionadas aos objetivos individuais dos colaboradores. 

Um mecanismo de proporcionar essa troca é por meio da escuta ativa, na qual os gestores abrem um canal de diálogo para entender as motivações intrínsecas de cada profissional, o que torna a distribuição de atividades mais assertivas em relação aos interesses individuais. 

A motivação intrínseca também pode ser mensurada dentro de uma cultura de dados, com o uso do People Analytics, uma forma de gestão de pessoas que coleta e armazena informações comportamentais dos colaboradores, percebendo os pontos fortes e de vulnerabilidade de cada profissional. 

A partir dessa análise, é possível compreender melhor as motivações intrínsecas e abrir espaços para novas descobertas alinhadas com os planos de carreira individual. 

Essa forma de recompensa intrínseca irá criar uma maior conexão entre os gestores e sua equipe, fomentando uma relação baseada na confiança e no reconhecimento. 

Os exemplos de motivação intrínseca 

Até aqui, explicamos com pequenas pinceladas qual é a ideia por trás da motivação intrínseca. Para tornar essa proposta mais transparente, vamos abordar nos tópicos seguintes alguns exemplos que mostram a motivação intrínseca na prática! 

Motivação intrínseca pela curiosidade 

Ao lado da necessidade, a curiosidade é um elemento que gerou diversas inovações, estudos e conceitos que são conhecidos nos dias de hoje, como a eletricidade e a própria lei da gravidade. 

E não são apenas exemplos clássicos como os de Thomas Edison e Isaac Newton que merecem ser lembrados. Cada ser humano em algum momento descobriu o funcionamento de algum aparelho eletrônico ou ação natural por meio da curiosidade. E por trás dela, estava a motivação intrínseca. 

>> Leitura recomendada: Negócios inovadores: 12 ideias que você gostaria que fossem suas 

Seja nos tempos de escola, faculdade ou no trabalho, temos a nossa atenção capturada por elementos e conceitos novos, que despertam o desejo por se aprofundar naquela área. Dessa maneira, é a motivação intrínseca que inspira ideias disruptivas, que inovam e são aperfeiçoadas com o passar dos anos. 

Motivação intrínseca pelo desejo de mudança 

A história da humanidade é marcada pela necessidade de evolução, tanto das tecnologias quanto da sociedade. E novamente aqui, vemos a motivação intrínseca como uma das bases para essa transformação. 

As razões para o progresso social e do ambiente profissional passam pela motivação intrínseca de pessoas que buscaram melhorar as condições de trabalho para que os indicadores de desempenho e a produção fossem eficientes. 

Esse tipo de motivação intrínseca caminha lado a lado com as necessidades de cada época, que resultaram nos avanços da tecnologia e em novas práticas profissionais. Além disso, o desejo por mudança é capaz de motivar equipes, abrindo caminhos para novas transições e oportunidades.

Motivação intrínseca de atingir objetivos pessoais 

Planos pessoais e profissionais podem convergir quando a intenção é assumir posições de destaque no ramo de atuação ou em abrir seu próprio negócio. 

O empreendedorismo e a escalada profissional são muitas vezes guiadas pela motivação intrínseca em alcançar novos horizontes e finalizar projetos idealizados em um Plano de Desenvolvimento Individual

Para isso, mais do que estar intrinsecamente motivado, é essencial manter a consistência no trabalho. A estabilidade no desempenhar das funções atrai a atenção das lideranças, que irão abrir oportunidades para requalificações. 

>> Leitura recomendada: Os passos e técnicas para atingir a consistência no trabalho

Motivação intrínseca pela experiência 

Enquanto em algumas ocasiões o importante é a conclusão das atividades, em outras o essencial é a jornada percorrida até ali, pois a trajetória traz aprendizados. 

Nessas situações, vemos que a motivação intrínseca é orientada pela experiência. Aqui entram a realização de projetos testes, que mesmo quando não aprovados, servem de bagagem para o desenvolvimento profissional. 

O importante é que nos casos em que a motivação intrínseca for a de experienciar, os responsáveis deixem essa informação clara para toda a equipe, evitando assim potenciais frustrações por conta de fracassos e que as lições sejam absorvidas. 

Motivação intrínseca por necessidade 

A necessidade é uma motivação intrínseca bem presente na rotina das pessoas. Pensando no âmbito profissional, podemos citar o reposicionamento da carreira, onde o indivíduo passa a atuar em um segmento distante de sua formação, com o objetivo de se manter ativo no mercado de trabalho. 

Por mais que inicialmente tenha um caráter quase que obrigatório, a motivação intrínseca por necessidade abre portas para outras possibilidades, que ao longo do tempo passam a se tornar o anseio pessoal, motivando a busca pelo aprendizado contínuo. 

Leitura recomendada: Lifelong Learning: como despertar o desejo pelo aprendizado contínuo

Colaboração e motivação em uma única ferramenta 

A motivação intrínseca e extrínseca dos profissionais de sua empresa passam por uso da tecnologia como aliada na gestão de projetos, comunicação transparente e na automação dos processos. 

O Runrun.it é um software de gestão completo que agrega funcionalidades que otimizam o workflow e mantêm todos os processos e profissionais na mesma página. 

Intuitiva e prática, a ferramenta permite a mensuração da produtividade e capacidade de toda a equipe de forma inteligente, o que resulta em mais assertividade para a sua tomada de decisão, assim como uma gestão equilibrada e motivadora para a equipe. 

Descubra as vantagens de utilizar a plataforma criando sua conta grátis: https://runrun.it/pt-BR/

motivação intrínseca”=

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>