4 perguntas para 8 profissionais sobre o futuro do trabalho

4 perguntas para 8 profissionais sobre o futuro do trabalho

No filme Blade Runner 2049, os replicantes (humanos sintéticos criados por meio da bioengenharia) foram integrados à sociedade para fazer o trabalho pesado e em ambientes hostis. O filme, que é uma sequência ao clássico dirigido por Ridley Scott, só traz como plano de fundo a questão da nossa relação com o trabalho. Dependendo da perspectiva, no entanto, 2049 não está tão distante assim. E não seria nada surpreendente chegarmos lá convivendo e trabalhando junto com androides.

Mas como será esse futuro? Difícil de “chutar” sem parecer ficção científica. Fizemos quatro perguntas relacionadas ao futuro do trabalho para 8 profissionais com perspectivas diferentes. Há um consenso de que nossa relação com o trabalho vai mudar e que as coisas vão avançar bastante nos próximos anos. Confira:

1. Stan Tan, gerente de marketing digital

Como você acredita que o trabalho será no futuro?

O trabalho ficará mais enxuto. A porcentagem de colaboradores em tempo integral reduzirá, enquanto os terceirizados e os freelancers continuarão a crescer.

Como você está se preparando para isso?

O que posso fazer é continuar a melhorar o meu conjunto de habilidades, porque, no final do dia, o que vai interessar meus empregadores ou parceiros são as minhas experiências e conhecimentos.

Quais funções serão extintas?

Qualquer atividade repetitiva que possa ser dividida em processos e automatizada, como o atendimento de banco. Vemos isso muito forte com o atendimento ao cliente sendo automatizado com bots de bate-papo.

Uma previsão para 2049

Entre os séculos 15 e 17, aconteceu a era da exploração. Eu acredito que em 2049 vamos continuar a explorar, mas desta vez com a exploração espacial. Portanto, os empregos mais procurados são aqueles que podem atender nossas necessidades básicas. Por exemplo, comida, água e abrigo.

>> Leitura recomendada: Futuro do trabalho: Você está preparado para encarar as mudanças trazidas pela automação e IoT?

2. Jason Lavis, webmaster na drillers.com

Como você acredita que o trabalho será no futuro?

Tudo que pode ser automatizado será. Não apenas as coisas óbvias, mas também cargos intelectuais. Por exemplo, qualquer coisa que implique confirmar informações será feita por inteligência artificial. Todas as coisas que eu faço atualmente serão feitas por software e por AI em algum momento.

Como você está se preparando para isso?

Tento diversificar meus conhecimentos e interesses no meu tempo livre. Leio artigos sobre esses avanços e escuto podcasts relacionados às novas tecnologias. Nos próximos 10-20 anos, provavelmente haverá novas indústrias para nos envolvermos. Pode ser que o ativismo seja uma parte importante da sociedade futura. Penso que se os robôs vão nos substituir em muitas funções, a ética terá ainda mais valor.

Quais funções você acredita serão extintas?

Tudo que pode ser automatizado, como mineração, agricultura, fabricação, logística etc. Além disso, todos os trabalhos baseados em memória (advogados, contadores, professores) serão feitos por robôs inteligentes.

Uma previsão para 2049

Ninguém mais tem empregos tradicionais. Casas, alimentos, roupas, veículos e assim por diante são criados por robôs autônomos, que podem se auto-replicar. A maioria das pessoas não se importa de não trabalhar, pois podem voltar no tempo em câmaras de realidade virtual e tornarem-se quem quiser, sem nenhum risco físico. Essas câmaras de VR não serão apenas fones de ouvido, mas totalmente imersivos e indistinguíveis da realidade depois que o cérebro se ajusta. Como resultado, a maioria das pessoas será frágil.

Os únicos trabalhos que resistirão estarão ligados à política e à comédia. Os políticos continuam a lutar pelo poder, e os comediantes têm amplo material para trabalhar. Os bots ​​nunca vão conseguir superar uma boa piada original.

3. Murray Suid, editor e co-fundador da MobileMovieMaking Magazine

Como você acredita que o trabalho será no futuro?

O emprego remunerado reduzirá a níveis muito baixos. Já sabemos que os robôs vão substituir trabalhadores humanos na fabricação de automóveis e em muitos outros campos. Os veículos autodirigidos irão acabar com posições de condução, tais como taxistas, motoristas de caminhão e motoristas de ônibus. Afinal, mesmo os aviões hoje são geridos em grande parte por pilotos automáticos. Mas este é apenas o começo. Isso vai mudar na educação também. A única razão pela qual ainda temos milhões de professores é por inércia.

Como você está se preparando para isso?

Acredito que precisamos encarar as consequências e desenvolver um novo tipo de economia em que as pessoas terão o direito de nascer de uma renda suficiente para uma vida saudável. Passar com isso será a educação necessária para que as pessoas busquem interesses, como ciência, música, escrita, viagens e assim por diante. Em outras palavras, acredito que a própria tecnologia liberará as massas do trabalho. E isso não é um tipo de pensamento socialista. Simplesmente não haverá trabalho para a maioria das pessoas.

Quais funções você acredita serão extintas?

Médicos, dentistas, músicos, coletores de lixo, bombeiros… Acredito que nenhum desses empregos sobreviverá às mudanças. Mas, em termos de trabalho remunerado, todas as posições serão extintas. Os seres humanos ainda podem servir como líderes governamentais e trabalhar como artistas. Mas ninguém será pago.

Uma previsão para 2049

Até lá, já teremos vivido grandes reduções no trabalho remunerado, mas o processo provavelmente ocorrerá até o início do século 22 – quase 100 anos a partir de agora. Tecnicamente, pode acontecer muito mais cedo, mas as forças de reação irão lutar contra isso.

>> Leitura recomendada: Tendências de mercado: o que sua empresa precisa saber agora sobre o futuro do trabalho

4. Mickey Mikeworth, consultora e diretora financeira

Como você acredita que o trabalho será no futuro?

Estamos nos movendo para um mundo que exige especialização e tecnologia. Aqueles que podem ter muitas especialidades vão ter a vantagem, porque sobrevivem facilmente em um ambiente em mudança. Meu trabalho será feito por analistas de negócios. CEOs e CFOs precisarão rever sua capacidade de analisar dados e tomar decisões.

Como você está se preparando para isso?

Big data agora está disponível para pequenas empresas. Aprender a reunir os dados qé uma habilidade crítica para a minha área.

Quais funções você acredita serão extintas?

Os gerentes médios vão se tornar instrutores. Acredito que os gerentes de escritório assumirão uma forma muito diferente e mais humana.

Uma previsão para 2049

Veremos a educação como algo obrigatório para a sobrevivência. CEOs vão trabalhar mais com co-liderança para obter mais inovação. As equipes são o futuro.

5. Stephen Findley, gerente de relacionamento e marketing da Compliance Quarter

Como você acredita que o trabalho será no futuro?

Nosso trabalho, cada vez mais remoto, será julgado em resultados e não por ações. As pessoas também estão começando a fazer uso de “mini-aposentadorias” durante a vida profissional, porque não queremos mais viajar o mundo só depois de trabalhar muito e atingir a idade da aposentadoria. Quero experiências valiosas agora, enquanto sou capaz de apreciá-las plenamente. Na área de TI, empresas ágeis com equipes compostas por trabalhadores remotos (como fintechs) estão tornando a vida difícil para seus concorrentes tradicionais.

Como você está se preparando para isso?

Já trabalho remotamente. Acredito que as ferramentas e a tecnologia em torno de nós continuarão a melhorar para facilitar a mudança.

Quais funções você acredita serão extintas?

Algumas das posições mais “clericais” podem começar a morrer, uma vez que os sistemas estão alinhados para coletar dados online. Tecnologias como machine learning vão promover mudanças em diversas funções de trabalho.

Uma previsão para 2049

Penso que o futuro previsto na animação Wall-E, da Pixar, é verdadeiro em muitos níveis!

>> Leitura recomendada: [Ebook] Automação e Transformação Digital no Trabalho

6. Shearly Reyes, gerente de marketing na iHealthSpot

Como você acredita que o trabalho será no futuro?

A maior mudança será na mentalidade do indivíduo. A maioria dos freelancers que trabalha comigo acredita que trabalho não é apenas uma função de oito horas ao dia, mas sim um estilo de vida. Esse mindset mudará a maneira como fazemos tudo. Atualmente, muitas das minhas responsabilidades incluem o gerenciamento de pessoas e projetos, mas à medida que nos tornamos cada vez mais auto-suficientes e as tecnologias nos permitem automatizar tarefas, acredito que a estrutura do negócio se parecerá mais com uma parede do que com uma pirâmide.

Como você está se preparando para isso?

Tiro um tempo para pensar sobre o trabalho de forma diferente e permitir que os membros da minha equipe se tornem mais auto-suficientes. Além disso, usar a tecnologia a meu favor me permite dar espaço para atividades muito mais estratégicas. Estou me certificando de que meu trabalho se torne mais complexo de modo que seja necessário, em vez de apenas opcional. Como alguém que é a mente por trás das estratégias, é muito difícil não se sentir ameaçado por algoritmos de aprendizado profundo. E como alguém que gerencia pessoas, é difícil não pensar nos sistemas de gerenciamento de projetos cada vez mais fáceis e mais automatizados.

Quais funções você acredita serão extintas?

Já sabemos que um computador pode aprender sozinho, com o entorno e com dados imputados. Se você está fazendo algo que é “fácil”, onde você poderia ser facilmente trocado por outra pessoa, eu acredito que esse trabalho em si será extinto. No entanto, não penso que os empregos que lidam com as pessoas vão morrer. As pessoas gostam de se conectar com os outros, então os trabalhos de serviço que a maioria das pessoas acreditam que vão se extinguir primeiro, eu acredito que permanecerão importantes por um bom tempo.

Uma previsão para 2049

Tudo se tornará automatizado e a tecnologia se tornará perfeita – já estamos trabalhando para isso. Vejo telefones sem tela, carros auto-dirigidos e automação de todas as tarefas.

7. Ken Kwan, fundador da Career Prophets

Como você acredita que o trabalho será no futuro?

O futuro do trabalho será de pessoas que fazem parte de comunidades de talentos e de projetos em escala global. Muitas organizações que operam projetos como infraestrutura, logística, varejo, produção de alimentos e mídia utilizarão comunidades de talentos para acessar essas habilidades.

Por exemplo, um projeto para entregar um novo canal de logística para os consumidores de serviços, terá o gestor de projetos supervisionando uma equipe global de habilidades diversas (Desenvolvedores, Marketing, Finanças) que colaborariam por meio de portais e plataformas. Os times seriam selecionados de acordo com o orçamento disponível, taxa de contrato e habilidades etc. Portanto, a principal mudança para as pessoas será de operar em uma escala global. As melhores comunidades podem obter a maior parte do trabalho.

Como você está se preparando para isso?

Tornar-se um especialista é importante na preparação.

Quais funções você acredita serão extintas?

Papéis de fabricação, de produção de alimentos e os operadores do call center vão acabar.

Uma previsão para 2049

As pessoas não se juntarão mais às empresas e sim às comunidades de talentos. As empresas operarão projetos e terão funcionários, mas a maioria da força de trabalho será parte das comunidades. As pessoas não precisarão entrar em um escritório se forem parte de uma comunidade.

8. Enio Klein, CEO da Doxa Advisers

Como você acredita que o trabalho será no futuro?

O trabalho, independente da atividade exercida, certamente será realizado de forma diferente. Atividades podem ser simples como procurar um número de telefone, ou analisar um vídeo. Outras são complexas, como escrever um código de programação ou completar uma tarefa em um projeto de consultoria. Contudo, todas podem ser distribuídas entre profissionais em uma ”nuvem de conhecimento” que podem estar em qualquer lugar. Se preparar para trabalhar em uma “Nuvem Humana” tendo como base ferramentas tecnológicas e colaborativas é algo que certamente é tendência para futuro. Acho mesmo que seja já no presente!

Como você está se preparando para isso?

O conceito aqui aplicável é a transformação digital no ambiente de trabalho e o desafio é manter a natureza do trabalho em equipe, cultura organizacional e objetivos dentro de um ambiente distribuído.  Além disso, precisamos preservar a eficácia dos trabalhos em equipe, mantendo a cultura organizacional e principalmente aumentando a qualidade dos serviços prestados e a experiência dos clientes.

Na empresa que a atuo, a Doxa, adotamos uma dos ambientes de negócio com a utilização de modelos operacionais e de gestão onde a tecnologia da informação desempenha papel chave na transformação da estratégia, estrutura e processos de uma empresa utilizando como base o poder da internet e da computação em nuvem.

Quais funções você acredita serão extintas?

Falar em extinção de funções é muito prematuro. Diria que até leviano. O que certamente vai acontecer é uma mudança muito forte na forma pela qual as atividades serão exercidas. Isto por si só já transformará boa parte das funções hoje existentes. Seja em fábricas, serviços administrativos, marketing ou vendas. Os papéis continuarão a existir, talvez com nomes novos,novas responsabilidades, novos objetivos e novas ferramentas. É importante não confundir funções, papéis e profissionais. Certamente profissionais entrarão em extinção se não reconhecerem estas mudanças e principalmente não se prepararem para elas.

Uma previsão para 2049

Felizmente é um hábito meu deixar o futuro para o futuro e me preparar para ele. A velocidade das mudanças e das tecnologias nos fazem acreditar em um cenário muito diferente do atual. É importante, contudo, estar atento a outras questões que também impactarão este futuro como questões ambientais e sociais. Daqui para frente os ganhos e saltos proveniente dos avanços tecnológicos só se transformação em mudanças perenes e sustentáveis se políticas ambientais e sociais forem cuidadosamente construídas para amparar pessoas e meio ambiente.


 

Uma ferramenta para o futuro do trabalho

O Runrun.it é uma solução que coloca sua equipe dentro das tendências de trabalho. Com ele, é possível gerenciar projetos (sejam eles remotos ou não), tarefas, tempo e fluxo de trabalho de forma simples e elegante. É possível se comunicar com qualquer pessoa da equipe dentro das tarefas, deixando comentários e anexos. Assim, você elimina retrabalho, dúvidas e ruídos. Além de não ficar parado no tempo. Faça um teste agora mesmo: http://runrun.it

 

Gif_Signup-1-1-3

2 thoughts on “4 perguntas para 8 profissionais sobre o futuro do trabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>