Profissões do futuro: conheça os cargos que vão ditar o mercado de trabalho

Profissões do futuro: conheça os cargos que vão ditar o mercado de trabalho

Você já parou para pensar em quais vão ser as profissões do futuro? Provavelmente sim, já que a curiosidade corre quase que na mesma velocidade das atualizações tecnológicas. 

Embora pareçam ter saído das páginas dos livros de ficção científica, as profissões do futuro são resultado da relação próxima entre a eficiência das máquinas e a criatividade humana, gerando cargos antes não imaginados. 

Muitas dessas funções já são vistas nos dias de hoje e conseguem criar experiências únicas para os profissionais que executam essas atividades e para os consumidores que usufruem de uma jornada diferenciada. 

Sabendo disso, que tal embarcar nessa viagem para conhecer as profissões do futuro? Nesse conteúdo, vamos apresentar as inovações que estão acontecendo nos dias atuais, mostrar como será o cenário no mercado de trabalho, como será o ambiente de trabalho e como se preparar para as funções do amanhã. Confira! 

 

Como serão as profissões do futuro?  

Idealizar as profissões do futuro é um processo que envolve o acompanhamento dos avanços da tecnologia, as mudanças na esfera socioeconômica, bem como o desenvolvimento contínuo das habilidades. 

Ao longo das décadas, passamos por diversas revoluções industriais, até chegarmos ao momento da Indústria 4.0, na qual a implementação da automação modificou os hábitos profissionais. Atividades que antes eram, em grande parte, manuais passaram a ser operadas por softwares de gestão. 

Diferente do imaginado, a inteligência artificial não chegou para roubar o posto de trabalho das pessoas, mas sim para otimizar o fluxo de trabalho, aumentando a cooperação entre a criatividade e a eficiência das máquinas.  

O panorama é que as profissões do futuro combinem conhecimentos técnicos, relacionados ao uso das ferramentas digitais com habilidades baseadas nas próprias experiências do colaborador, como a capacidade de liderar, mediar conflitos ou influenciar decisões. 

O hibridismo entre essas duas partes torna os profissionais mais adaptáveis para lidar com diferentes situações no trabalho, pois ao mesmo tempo que eles vão extrair e analisar dados importantes para dar seguimento aos projetos, também aprimoram real skills fundamentais para driblar os desafios, como o pensamento analítico e o senso artístico. 

As tendências que modelam as profissões do futuro 

Atualmente, a transformação digital se consolida como uma das tendências condutoras para as profissões do futuro. A partir dela, conceitos e termos nasceram e se popularizaram, como a Big Data, o Machine Learning e Realidade Virtual, só para citar alguns dos exemplos. 

>> Conteúdo recomendado: Dicionário do futuro do trabalho de A a Z 

Esses e outros tópicos viraram requisitos praticamente indispensáveis para as profissões do futuro. Com essas mudanças, jovens da geração Z que ingressam no mercado profissional já se preparam para o futuro do trabalho com um olhar atento às inovações que a cada dia impactam a economia e as esferas sociais. 

Também não podemos deixar de lado outros componentes que mudaram comportamentos: a Gig Economy e a pandemia da covid-19, que aceleraram a transição para dinâmicas alternativas de trabalho, a necessidade de flexibilização das rotinas e, principalmente, o foco na saúde mental dos funcionários. 

Profissões do futuro: o novo ambiente de trabalho 

Qual é o local ideal para desempenhar o trabalho? Em casa, no escritório ou em coworkings? 

O debate levantado pelas perguntas acima se intensificou desde o avanço da vacinação e se estende às profissões do futuro. 

Para entender um pouco mais sobre os sentimentos dos colaboradores, fizemos esse mesmo questionamento a mais de 200 profissionais de diferentes áreas na Pesquisa de Clima Organizacional 2021

Para 75,2% dos entrevistados, a preferência foi pelo trabalho híbrido, modelo no qual a pessoa alterna entre dias no home office e outros no escritório. 

Além de ser uma das práticas de flexibilização do trabalho, o trabalho híbrido e o home office se tornaram mais tangíveis por conta dos softwares digitais e pela computação em nuvem. 

Ferramentas como o Runrun.it, por exemplo, permitem que os usuários compartilhem informações e realizem a gestão de projetos com autonomia independente do espaço em que executam as atividades. 

Portanto, nas profissões do futuro, a presença no escritório não é mais um elemento essencial. Até porque com o trabalho remoto, as empresas conseguem recrutar talentos de diversas regiões do país ou até mesmo do mundo, como é o caso dos nômades digitais

Gig economy 

Talvez o termo gig economy soe distante para você, mas ele já faz parte da sua realidade. O conceito se refere a plataformas que oferecem formas de emprego alternativo, que vão desde a prestação de serviços por aplicativo ou o trabalho de freelancers, como Uber, Ifood, Airbnb, Workana, entre outros aplicativos e sistemas. 

A gig economy é uma realidade atual que também abre possibilidades para as profissões do futuro, uma vez que a maioria das redes se baseia na conexão entre profissionais e usuários que necessitam da prestação de serviço, seja ela a locomoção, hospedagem ou a produção gráfica de materiais. 

Arte com dados sobre a Gig Economy no Brasil

Ao mesmo tempo, levanta uma discussão pertinente sobre as profissões do futuro: a precarização do trabalho. Tal problema acontece pois apesar de agilizar processos, o modelo não oferece a estabilidade ou os benefícios para o trabalhador, o que leva a um aumento da jornada de trabalho para obter mais rendimentos, o que acarreta no adoecimento físico e mental. 

A era da análise de dados 

Muitas daquelas que são apontadas como profissões do futuro estão relacionadas com a cultura de dados. A razão da adoção dessa postura é a busca das empresas por uma coleta e interpretação das informações, transformando os dados em campanhas ou projetos inovadores. 

Hoje em dia a análise de dados se faz presente em todos os departamentos de uma companhia, de vendas aos Recursos Humanos. Com as integrações entre sistemas, é possível decodificar registros que são valiosos para entender o comportamento dos consumidores e dos próprios colaboradores. 

Dessa maneira, as funções analíticas se mesclam com soft skills, como a comunicação transparente e a adaptabilidade, mostrando que as profissões do futuro tem as mesmas características do T-shaped: a soma de conhecimentos abrangentes com os saberes específicos, abrindo novas possibilidades no mercado. 

Como se preparar para as profissões do futuro 

Até aqui, podemos observar que as profissões do futuro são um mergulho na área da tecnologia, porém também abraçam as ciências humanas, pois a gestão de pessoas é fundamental para que o engajamento e a motivação se mantenham lá em cima. 

Além das hard e soft skills já mencionadas ao longo deste artigo, existem outros fatores que te ajudam a se preparar para as profissões do futuro e vamos falar deles brevemente a seguir. 

Reskilling 

Tendência no mercado de trabalho, o reskilling é uma prática que promove a requalificação do colaborador, seja ocupando uma nova função dentro do departamento ou alçando os talentos a projetos inéditos, o que demonstra a confiança na capacidade profissional. 

Mais que uma promoção na carreira, o reskilling é uma oportunidade de desenvolver outras competências que incrementam o currículo, tornando o colaborador mais preparado para realizar funções antes não desbravada pela empresa, principalmente as mais analíticas, tais como as profissões do futuro. 

Autogestão 

A autogestão promove a autonomia, mas todas as escolhas seguem os valores que permeiam a cultura organizacional, fazendo com que as lideranças tenham um papel de pensar no direcionamento das ações a longo prazo, enquanto os trabalhadores podem gerenciar as rotinas operacionais. 

Essa característica é essencial para executar as profissões do futuro, especialmente no trabalho remoto e híbrido, já que você pode utilizar o Runrun.it como seu aliado no trabalho, organizando e fazendo as tarefas em um fluxo perfeito, ao mesmo tempo que mantém a sua equipe atualizada dos processos. 

No Runrun.it você pode acompanhar os projetos de ponta a ponta

Aprendizado Contínuo 

Já que falamos do aperfeiçoamento, vamos trazer mais detalhes sobre a cultura do lifelong learning, ou o hábito da capacitação continuada. Para alçar voos mais altos e se adaptar às profissões do futuro, buscar o aprendizado por meio de cursos, webinars, palestras e demais fontes de conhecimento torna o processo mais ágil e simplificado. 

Consistência 

A consistência é um componente que se encaixa muito bem nos modelos das profissões do futuro. Isso porque, como veremos mais adiante, as atividades que irão movimentar a economia nos próximos anos demandam foco, inteligência emocional e uma linearidade na execução das tarefas. 

A consistência no trabalho é bastante ligada à qualidade das entregas e à integração de sistemas e equipes. Ou seja, os profissionais não precisam desempenhar suas funções por mais tempo para demonstrar serviço, mas sim se dedicar a aprimorar cada etapa para alcançar resultados surpreendentes e inspiradores. 

As profissões do futuro para conhecer hoje 

Faz alguns anos que a pergunta “O que você quer ser quando crescer?” ganhou novas respostas, indicando o olhar dos jovens para as profissões do futuro. 

No Censo de Educação Superior do Ministério da Educação, realizado pelo INEP em 2019, notou-se a procura das gerações mais novas por áreas realizadas na ciência da computação e tecnologias em geral. 

A verdade é que as profissões do futuro promovem o intercâmbio entre áreas, como tecnologia da informação e artes, por exemplo. Para você ficar por dentro, separamos as profissões do futuro que você precisa conhecer. 

Chief Marketing Technology Officer (CMTO)

Unificando marketing e tecnologia, esse profissional coleta, organiza e analisa dados obtidos nas ferramentas de gestão, transformando tais informações em ideias para planejamentos e estratégias de comunicação. 

Técnico de saúde assistida por inteligência artificial

Mostrando que a tecnologia já está bastante evoluída, a área médica já é capaz de realizar exames, diagnósticos e indicar tratamentos remotamente. 

Human Bias Officer (Fiscal de Preconceito Humano) 

Apesar do nome curioso, a função do Human Bias Officer é promover um senso de inclusão e pertencimento no local de trabalho, garantindo que todos os funcionários sejam tratados com justiça.

Detetive de Dados 

A rotina de coletar e interpretar as informações tem outros intuitos, como a identificação de comportamentos ilegais na internet, prevenção de fraudes e promoção da segurança dos clientes e da própria empresa, está entre as profissões do futuro

Guia de loja virtual 

Para tornar a experiência do usuário virtual  mais convidativa e prática, esse profissional realiza o atendimento em tempo real de maneira remota. 

Chatbot & Human Facilitator (Chatbot e facilitador humano)

Com enfoque na personalização das trocas de mensagens, o profissional trabalhará na melhoria da comunicação entre sistemas e colaboradores. 

Analista de cibercidade

A partir da coleta de registros populacionais, os analistas podem desenvolver estratégias para melhorar a locomoção dos cidadãos, assim como propor uma rede de serviços e assistência pública conforme a demanda de cada região da cidade. 

Analista de redes humanas 

Essa profissão, junto com o detetive de dados de RH, foca especialmente nas tendências com maior impacto nos negócios ou nas metas de Recursos Humanos. 

Oficial de ética Sourcing 

Essa ocupação é responsável por acompanhar e investigar acordos e negociações para garantir que todos os procedimentos realizados estejam de acordo com as regulamentações do segmento de atuação e com os padrões de ética impressos pela empresa. 

Head of Business Behavior (Head de comportamento empresarial)

Profissional responsável por analisar dados comportamentais dos funcionários para pensar em estratégias que aumentem o engajamento, a produtividade e o bem-estar. 

Quer saber mais sobre o tema? Confira nosso ebook de profissões do futuro!  

profissões do futuro

Uma ferramenta alinhada com as profissões do futuro

 A tecnologia é um elemento norteador para as profissões do futuro. E para realizar as atividades de hoje e de amanhã, você precisa de uma plataforma de gestão do trabalho completa como o Runrun.it. 

Eleito o software mais fácil de usar do mundo segundo o G2 Crowd, o Runrun.it conta com funcionalidades automatizadas que otimizam sua experiência no trabalho, proporcionando o acompanhamento de ponta a ponta. 

Com o sistema, é possível criar, organizar e realizar tarefas, delegar atribuições para os profissionais, mensurar prazos, recursos e resultados, bem como compartilhar arquivos com toda a segurança e agilidade. 

Feito para todo o tipo de equipe, a ferramenta potencializa a criatividade e a produtividade, favorecendo decisões assertivas e a realização dos projetos com eficiência e equilíbrio. 

Conheça a ferramenta e faça o teste gratuito do Runrun.it! : https://runrun.it/

profissões do futuro”=
 

Conteúdos mencionados

https://download.inep.gov.br/educacao_superior/censo_superior/documentos/2019/censo_da_educacao_superior_2018-notas_estatisticas.pdf

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>