Rituais para gerar valor nas experiências e aumentar a produtividade

Rituais para gerar valor nas experiências e aumentar a produtividade

Comer chocolate como num ritual deixa o chocolate mais gostoso. “Mas chocolate todo mundo gosta”, você pode retrucar. Pois bem: se você comer uma cenoura como num ritual, o alimento será mais saboroso para você do que para o sujeito que simplesmente der uma mordida. Esta é a conclusão de uma pesquisa da Universidade de Minnesota em conjunto com a Harvard, liderada por 4 pesquisadores. Se rituais ajudam a valorizar o ato em si, provavelmente eles ajudarão a melhorar toda a experiência. E, se há melhora na experiência, podemos imaginar que isso ajuda a aumentar a produtividade.

No estudo, o grupo que comeu chocolate seguindo o ritual de quebrar a barra em duas, retirar a embalagem, comer uma das partes e embrulhar a outra achou a guloseima ainda mais gostosa do que o grupo que só a comeu. Os pesquisadores encontraram evidências de que o envolvimento pessoal na experiência acarreta nesse efeito. Ou seja, em tudo o que fazemos, se dedicamos mais de nossos sentidos e tempo, consideramos mais prazeroso. Rituais ajudam as pessoas a se sentirem mais profundamente envolvidas em sua experiência de consumo, e a valorizá-la também.

Se você incluir pequenos rituais em seu dia-a-dia no trabalho, repetindo pequenas experiências ao longo do dia, certamente se sentirá mais confortável e seguro ao executar suas tarefas e, consequentemente, irá produzir melhor do que aquele que simplesmente liga uma chave e começa a trabalhar. Por exemplo: todo dia de manhã, acesse alguns sites de notícias e veja se elas podem influenciar alguma decisão que vá tomar.

No lado de seus colaboradores, Heidi Grant Halvorson comenta no Harvard Business Review que isso incentiva você a desenhar melhorar as experiências nos programas de benefícios criados pela empresa – e aumentar a percepção de valor dos funcionários por trabalhar em sua corporação.

Ele lembra do ritual de comer o Oreo, o biscoito mais vendido no mundo: “twist it, lick it, and dunk it” (torça, lamba e encharque – assista no vídeo abaixo). A experiência – criada pela própria marca – é tão famosa quanto o produto. Atribuir valor ao consumo do Oreo também o faz ser mais vendido.

Ao identificar um real valor naquilo que você faz, o resultado é um trabalho mais feliz. Que tal começar a encarar as tarefas diárias como pequenas recompensas? Teste o Runrun.it gratuitamente para executar automaticamente a parte burocrática do trabalho e deixe a parte criativa e recompensadora com você! http://runrun.it

 

Você também pode gostar de ler:

Gerenciamento de Tarefas: 5 Dicas Infalíveis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>