5 formas grátis de treinamento e desenvolvimento de pessoas

5 formas grátis de treinamento e desenvolvimento de pessoas

Em 1990, o respeitado estatístico britânico Claus Moser concedeu uma entrevista ao jornal The Daily Telegraph, onde afirmou: “Educação custa dinheiro. Mas a ignorância também”. De fato, não há como discordar que uma equipe mal capacitada pode facilmente levar uma empresa ao fundo do poço. A novidade, no entanto, é que o treinamento e desenvolvimento de pessoas custa menos do que você imagina.

Capacitar sua equipe e atualizar seus conhecimentos pode começar com um programa de mentores da própria empresa ou ainda com o rodízio de papéis. Parece estranho? Toda inovação implica estranhamento. Outra estratégia é agendar visitas a outras empresas, para as equipes trocarem experiências, ou ainda, estimular que seu time compartilhe internamente o que sabe, mas guarda para si. Acredite: a riqueza oculta não é nada pequena. Vamos às dicas!

Preparativos

Praticamente todos os tipos de treinamento e desenvolvimento de pessoas exigem que o líder conheça de antemão:
a) O número de participantes;
b) Tipo de treinamento, com base no número de pessoas e na sua disponibilidade;
c) Data, local e duração de cada atividade e do treinamento completo;
d) Como será medido o sucesso do treinamento. Por ex.: uma avaliação final, e
e) Objetivos claros, para que a equipe tenha em mente aonde deve chegar.

1. Programa de mentoria

Os profissionais mais experientes assumem o papel de mentores dos mais jovens, estabelecendo metas e acompanhando os resultados. Além disso, cabe ao veterano orientar um ou mais novatos, durante bate-papos semanais ou quinzenais, na própria empresa, ou num ambiente agradável como um café ou livraria.

Nesse tipo de treinamento e desenvolvimento de pessoas, geralmente são explicadas as regras da casa, a cultura da empresa, oportunidades de crescimento profissional, plano de carreira, e são alinhadas as expectativas sobre o desempenho do colaborador.

2. Rodízio de papéis

Os colaboradores passam temporadas em diferentes áreas da empresa, conhecendo a sua rotina. Dessa maneira, eles se capacitam para exercer as habilidades dos outros profissionais, sem custo de treinamento externo. Na falta do profissional da área, o aprendiz poderá até assumir o posto, caso a demanda seja urgente.

No entanto, o foco não deve ser este, mas, sim, permitir que os jovens talentos identifiquem com qual setor têm mais afinidade, aprendam sobre o funcionamento lógico do negócio, e se preparem para assumir cargos de liderança.

3. Workshops de colaboradores

Profissionais com talentos ou conhecimentos aprofundados em um tema de interesse coletivo compartilham com os colegas. Por exemplo, se um colaborador fizer um curso sobre um tema que mais gente na equipe deva saber, pode dar uma mini aula para o pessoal sobre o que aprendeu. Assim, o aprendizado de um se transforma no aprendizado de vários. Uma vez por mês, que tal promover um workshop desses?

4. Grupos de estudo

Líderes e a diretoria se reúnem para discutir temas importantes para a empresa. É uma forma de manter a equipe alinhada sobre um tema considerado árido ou urgente, e também em permanente contato com os sócios, sem levar mais do que algumas horas nem tomar o fim de semana. Todos podem usar o fim do expediente para a reunião, caso fique difícil durante o dia.

Só não aceite que a inovação seja posta em segundo plano. Técnicas de vendas e pós-vendas, estratégias de marketing e conteúdo, desenvolvimento do produto, tudo isso pode ser aprimorado com treinamento e desenvolvimento de pessoas.

5. Treinamento com parceiros

Executivos, fornecedores e consultores que fazem negócio com pequenas e médias empresas costumam se dispor a oferecer treinamentos rápidos sobre certos temas, de forma voluntária, para os colaboradores do parceiro. O objetivo é que todos cresçam juntos. Basta propor a ideia.

A contrapartida pode ser uma visita da sua equipe à empresa parceira para compartilhar metodologias de trabalho e conhecimento técnico, comparar seus modelos de negócio e discutir estratégias para melhorar a produtividade e o processo criativo.

Desenvolvimento de pessoas com Runrun.it

A empresa adota um único sistema para distribuir demandas, priorizá-las e gerenciar seu andamento, como uma rede colaborativa. E-mails não são necessários nem sequer para abrir uma tarefa ou cobrar prazos. Todo o compartilhamento de demandas, arquivos e comentários é feito dentro do próprio sistema. E todas as informações de etapas concluídas e previsão de entrega são informadas por relatórios digitais. Com esse método de organização, além de um considerável aumento na produtividade coletiva, a transparência nas relações é preservada e a comunicação, redescoberta. Teste grátis e sinta a diferença: http://runrun.it

treinamento e desenvolvimento de pessoas

Você também pode gostar de ler:

2 thoughts on “5 formas grátis de treinamento e desenvolvimento de pessoas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>