Avanço da tecnologia: as mudanças da última década (Infográfico)

Avanço da tecnologia: as mudanças da última década (Infográfico)

Você lembra como era sua rotina sem algumas tecnologias que hoje estão incorporadas ao dia a dia, como cloud computing, Netflix, Spotify, WhatsApp ou Google Chrome? Esses serviços e produtos têm em comum seu surgimento ou popularização ter acontecido na última década. Acredite, o lançamento do smartphone da marca da maçã completou 10 anos agora, em 2017. O avanço da tecnologia tem trazido mudanças significativas para a sociedade. Vamos relembrar aqui, em infográfico, algumas mudanças que envolvem a tecnologia e o mercado de trabalho de 2007 a 2017.

Quando voltamos uma década no tempo, é fácil perceber como as coisas estão mudando rápido. Há dez anos, por exemplo, as empresas estavam principalmente focadas em mineração de dados, tecnologia de busca e colaboração virtual. Hoje, os executivos estão direcionando sua energia para a inteligência artificial, machine learning, computação cognitiva e a Internet das Coisas.

Segundo artigo da Harvard Business Review, até mesmo a palavra “digital” ganhou novo significado. Se antes era sinônimo de TI, hoje em dia “digital” é algo muito mais amplo e, no meio corporativo, costuma estar relacionado aos objetivos e funções de diversas áreas (antes ditas “offline”), como marketing, vendas RH.

O artigo, no entanto, traz um contraponto: uma pesquisa da PwC, que consultou mais de dois mil executivos em empresas com receita anual de mais de US$ 500 milhões, descobriu que a confiança dos CEOs nas habilidades digitais de suas organizações em 2017 é, na verdade, a menor desde 2007. Apenas 52% dos executivos classificaram seu QI Digital como forte, abaixo de 15% em relação ao ano anterior. Talvez estejamos mais exigentes com a maturidade do avanço da tecnologia?

Outro dado apontado é que o investimento médio em tecnologias emergentes (dentro do gasto total em tecnologia) cresceu apenas 1% ao longo do período de 10 anos. Os executivos dizem buscar iniciativas digitais principalmente para aumentar as receitas e reduzir os custos. Fica claro que ainda não é prioridade inovar e implementar tecnologias de ponta. Por enquanto.

>> Leitura recomendada: Uma seleção das principais tendências em negócios, tecnologia e recrutamento para 2017

CONFIRA O INFOGRÁFICO:

avanço da tecnologia - infográfico

Veja as informações do infográfico em texto

> A primeira geração do iPhone foi lançada em 29 de junho 2007, com apresentação de Steve Jobs.

> Em 2007, apenas 40% dos CIOs estavam envolvidos no planejamento estratégico das empresas. Agora são considerados alguns dos membros mais integrantes do C-Suite.

> Na abertura da Feira de Eletrônica de Consumo (CES), em Las Vegas, nos Estados Unidos, Bill Gates anunciou sua saída da Microsoft e que “agora começa uma segunda década digital, mais focalizada em conectar pessoas”.

> Nesse mesmo ano, acontece o lançamento do sistema operacional Android.

> Cresce o número de pequenos empreendedores. Em 2009, o Brasil tinha 44 mil profissionais registrados como Microempreendedor Individual (MEI), pulando para mais de 6 milhões em 2017.

> O coworking surge nos Estados Unidos, em 2005. No Brasil, o primeiro espaço de trabalho compartilhado foi inaugurado em 2009. Em 2010, o modelo de compra coletiva também chega ao país.

> O ano de 2010 também é marcado pela estreia do filme Avatar, dirigido por James Cameron e reconhecido pelas inovações de filmagem em 3D e de câmeras especiais para a captura de movimentos.

> Surgem ferramentas que mudam a comunicação e o fluxo de trabalho, como Whatsapp (2009), Runrun.it (2013) e Slack (2014).

> Empresas disruptivas nascem ou chegam ao país, como Netflix (EUA, 1997; Brasil, 2011), Spotify (Suécia, 2008; Brasil, 2014), Uber (EUA, 2009; Brasil, 2014) e Nubank (Brasil, 2013).

> A Microsoft anuncio, em maio de 2011, a compra do Skype. A empresa de software pagou US$ 8,5 bilhões ao fundo de investidores Silver Lake.

> Em 5 de outubro de 2011, morre aos 56 anos Steve Jobs, criador da Apple, pai de produtos como Macintosh, iPod, iPhone e iPad.

> Em 2012, você provavelmente já tinha uma conta no Facebook, que atingiu um bilhão de usuários cadastrados.

> No mesmo ano, foi lançado o Google Glass. O projeto dos óculos inteligentes passou por altos e baixos, fazendo com a que a gigante da tecnologia recuasse com a ideia.

> O cenário de startups teve grande fase de ascensão entre 2012 a 2014 – e manteve-se em crescimento, apesar da crise.

> Em 2013, o Runrun.it foi lançado. Em 2014, o Facebook foi às compras e levou o WhatsApp por cerca de US$ 22 bilhões.

> Você já viu a famosa selfie de um macaco? Por trás dessa imagem, surge uma forte disputa entre o fotógrafo e o grupo PETA sobre os direitos autorais. O profissional David Slater entrou na ilha indonésia de Sulawesi, em 2011, e aproximou-se durante alguns dias de um grupo de macacos para armar a imagem, que então foi clicada pelo animal.

> A agilidade da gestão de startups começa a ser “copiada” por grandes empresas, com a criação de braços de inovação e busca por rápidos resultados, com menos burocracia.

> As metodologias ágeis ganham espaço em novas áreas. Antes, era uma preocupação mais centrada na indústria de software (o Manifesto Ágil é de 2001).

> Em consequência disso, o papel do Gestor de Projetos começa a ser exigido em agências e empresas da indústria criativa em geral.

> Ao longo desses anos, o modelo de gestão horizontal populariza-se e consolidada-se em muitas empresas de grande porte.

> A economia compartilhada e colaborativa não são apenas realidade como entram na pauta dos governos, em busca de regulamentação.

> Até mesmo entidades seculares, como o Prêmio Nobel de Literatura, começam a repensar sua existência. Em 2016, premiam o música Bob Dylan “por ter criado novos modos de expressão poética no quadro da tradição da música americana”.

> Esse mesmo ano é marcado também pelo lançamento do Pokémon Go no Brasil. E pelos episódios de explosão do Galaxy Note 7, da Samsung.

> Em 2017, os investimentos das empresas brasileiras em cloud devem chegar a US$ 4,5 bilhões, e até 2020 devem atingir US$ 20 bilhões.

> Há uma década, as empresas estavam focadas em mineração de dados e colaboração virtual. Atualmente, os executivos direcionam energia para a inteligência artificial, computação cognitiva e a Internet das Coisas.

> O cuidado com experiência do usuário e do cliente agora têm grande espaço na agenda das empresas.

> A geração que ingressa no mercado nos últimos anos quer um propósito. 6 em 10 millennials dizem que esse fator foi relevante para escolher a empresa na qual trabalham atualmente.

Artigos que você pode gostar:

 

Sua gestão lado a lado com o avanço da tecnologia

Usar uma ferramenta de gestão de projetos pode te auxiliar a gerenciar o tempo, os custos, as tarefas e as pessoas de forma organizada. O Runrun.it é um software que vai suprir sua necessidade de inovar na organização e administração do trabalho, indicada para líderes que desejam aumentar o engajamento de seus colaboradores. Permite facilitar a comunicação entre as pessoas, priorizar as atividades e saber quando os projetos serão entregues – além de seu custo. Faça o teste grátis: http://runrun.it

Gif_Signup-1-1-3

2 thoughts on “Avanço da tecnologia: as mudanças da última década (Infográfico)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>