Todos ajudando a todos: feedback canvas e os benefícios da avaliação coletiva

Todos ajudando a todos: feedback canvas e os benefícios da avaliação coletiva

Há alguns meses, publicamos aqui no blog um post totalmente dedicado ao canvas online. Nele, você aprende sobre a ferramenta que se tornou uma verdadeira vedete nos tempos atuais, por meio da qual é possível definir um modelo de negócio ou de um projeto com mais agilidade. Acontece que o termo canvas (inglês para tela, geralmente de pintura) deu origem a outra prática que vem sendo cada vez mais utilizada nas empresas: o feedback canvas, adotado na avaliação de colaboradores. E é sobre essa prática que falaremos agora.

Do que se trata o feedback canvas?

Trata-se de uma ferramenta de avaliação de desempenho. E que surgiu de uma observação um tanto lógica: a de que não faz sentido avaliar o desempenho individual quando o resultado do trabalho a ser feito depende muito mais do desempenho coletivo.

Assim sendo, tornou-se necessária uma forma de avaliação que favorecesse o feedback coletivo dentro de uma equipe, em detrimento do individual.

Jurgen Appelo, pioneiro no desenvolvimento de conceitos de gestão para organizações criativas, criou alguns métodos importantes que auxiliam na aplicação do feedback canvas. Appelo cunhou o termo Management 3.0 (a partir do livro Management 3.0 – Agile Developers, Developing Agile Leaders), que propõe transformar e questionar modelos tradicionais de gestão. Uma das ferramentas apresentadas pelo autor diz respeito a atividade de delegar as funções de uma equipe utilizando quadros visuais. Leia mais aqui.

Este modelo que vamos abordar aqui tem como base a apresentação criada pelo professor Matheus Haddad. O board permite organizar o processo de feedback coletivo. O objetivo é criar um contexto adequado, para que todos possam colaborar com as suas percepções sobre o trabalho de um membro específico da equipe.

Como funciona a ferramenta?

Vamos imaginar a seguinte situação: você lidera uma equipe em uma agência digital, e precisa avaliar os colaboradores do time. No entanto, como o resultado do trabalho depende da coletividade, você gostaria que todos participassem da avaliação de todos.

Assim sendo, um caminho possível é o feedback canvas. Que tem a forma de uma tela, mesmo – ou de uma folha, conforme a imagem abaixo:

feedback canvas
Reprodução do quadro elaborado por Matheus Haddad

O primeiro passo é imprimir essa imagem e fixá-la em uma parede, convocando os funcionários ao redor dela. E neste momento, é melhor separar os post-its, porque você vai precisar deles!

Vamos assumir, agora, que a primeira avaliação seria a da Valéria, produtora de conteúdo. Então, escreva o nome dela e o cargo num post-it e os coloque nos lugares determinados do canvas.

Depois, peça para todos os componentes da equipe (você incluído(a)) definirem as principais atividades relacionadas à produção de conteúdo. Escreva-as em post-its e cole na área reservada às atividades.

feedback canvas valeria
Aplicação no exemplo da Valéria, a partir do material produzido por Matheus Haddad

Dando uma visão geral da Valéria

Agora, chega o momento de todo mundo dar uma opinião sobre o trabalho da Valéria como produtora de conteúdo (inclusive ela própria!). Toda a equipe deve pensar por alguns instantes sobre qual seria a classificação dela em relação à competência. Há sete graus de conhecimento, de novato (1) a mestre (7).

Aqui, você pode usar aqueles adesivinhos circulares. Ou mesmo fita adesiva colorida, recortada. Na fileira de cima, a Valéria insere a visão dela sobre o próprio trabalho. Na de baixo, entram as opiniões da equipe.

Pontos positivos e negativos

Após essa etapa, o grupo deve refletir por mais alguns momentos sobre os pontos positivos e negativos da Valéria em relação à produção de conteúdo. Aqui, você deve incentivar que todos troquem ideias sobre esses pontos, enfatizando os principais resultados alcançados por ela, bem como características pessoais favoráveis. Escreva esses pontos nos post-its e coloque na área reservada a eles.

Feito isso, parte-se para os pontos negativos. É importante que, por se tratarem de um aspecto delicado do desempenho de Valéria, esses pontos sejam devidamente justificados pelos colegas, sendo baseados sempre em fatos concretos.

Definindo as ações de melhoria

Após todas essas etapas, chega o momento de verificar em quais pontos a Valéria pode melhorar – lembrando, sempre priorizando o debate coletivo. Ela e toda a equipe acabam por determinar as principais ações que a ajudarão a aprimorar o trabalho como produtora de conteúdo.

Após todo esse processo, Valéria terá consciência de como a equipe a vê como profissional, e certamente levará aprendizados que a ajudarão a melhorar suas competências. E nem é necessário dizer que você deve aplicar o feedback canvas para avaliar todos os membros restantes da equipe.

Mas é importante enfatizar que, pelas características da ferramenta, o uso dela é mais recomendável para a avaliação de equipes compostas por profissionais que cumprem as mesmas funções, em que a coletividade é fundamental. Ou seja, o feedback canvas não teria muita serventia para organizações que estimulam uma postura mais autônoma de seus colaboradores.

Feedback canvas X avaliação de desempenho

Em muitos pontos, o feedback canvas se opõe à avaliação de desempenho, sobre a qual falamos neste artigo. A grande diferença é o propósito de cada uma das ferramentas: enquanto que a segunda mensura a performance individual de um colaborador, o feedback canvas, como você já sabe, mede essa performance a partir de toda a equipe, dentro de um contexto coletivo.

No entanto, aqui não pretendemos avaliar qual é a melhor ferramenta – até porque ambas têm aplicações diferentes. Você pode perfeitamente adotar as duas práticas, dependendo da natureza dos seus projetos. Aqui no Runrun.it, utilizamos o feedback canvas com frequência, mas também já fizemos uso da avaliação de desempenho, entre outras opções.

>> Leitura recomendada: Um por todos, todos por um: a gestão à vista como forma de engajar equipes e aumentar produtividade

Uma ferramenta para facilitar a avaliação – e o engajamento – coletivo

A tecnologia também pode contribuir, e muito, para a avaliação de desempenho coletiva de seu time. Isto por meio de programas e softwares que auxiliam a organizar as etapas de cada projeto, tornando mais fácil acompanhar o desempenho dos colaboradores.

O Runrun.it é uma dessas ferramentas. Se você deseja aumentar o engajamento de sua equipe, pode contar com o Runrun.it para registrar todas as informações das atividades. Assim, você conseguirá facilitar a comunicação entre as pessoas, organizar as demandas e saber quando as tarefas e projetos serão entregues. Faça o teste grátis desta ferramenta de gestão do trabalho: http://runrun.it

Artigos que você também vai querer ler:

 
Gif_Signup-1-1-3

4 thoughts on “Todos ajudando a todos: feedback canvas e os benefícios da avaliação coletiva

    1. É uma opção muito interessante mesmo, Leonardo. Depois nos conte sobre a adoção da ferramenta por aí! Nós que agradecemos a visita e o comentário. Abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>