Geração Y no mercado de trabalho: descubra o que querem os novos profissionais e como atrair os talentos para a sua empresa

Geração Y no mercado de trabalho: descubra o que querem os novos profissionais e como atrair os talentos para a sua empresa

O que quer a nova geração, em termos de carreira? Eis uma pergunta que as gerações mais “tradicionais” sofrem para responder. Não importa se chamamos essa geração de de millenial ou de Y; o fato é que ainda pairam muitas dúvidas sobre o que esses novos profissionais esperam das empresas que pretendem contratá-los. É verdade que eles têm perfis muito diferentes do que os componentes das gerações X, e ainda mais das anteriores; mas quais são esses perfis? Como situar a geração Y no mercado de trabalho atual? Para que sua empresa consiga atrair os novos talentos que estão surgindo, vamos tentar te ajudar a encontrar essas respostas.

O que é a geração Y?

Antes, vale uma recapitulação: millennial é quem tem, hoje, entre 18 e 35 anos. Ou seja, é a geração nascida entre o final dos anos 80 e o começo dos 90. Uma geração impaciente, ansiosa, que faz dez coisas ao mesmo tempo, mas tem muita vontade de realizar algo novo e está interessada em construir um mundo melhor. Neste artigo do blog, você encontra mais informações a respeito.

É uma geração que já não vive sob as bandeiras dos anos 60 e 70, mas que tem a mesma força de mudança. Os millennials sabem que o que valia para o passado já não funciona, e estão inventando novas normas para o seu tempo.

>> Leitura recomendada: Gestão horizontal para se diferenciar do mercado

O que quer a geração Y no mercado de trabalho?

Um primeiro — e importante — aspecto da geração Y em termos profissionais é que ela está disposta a ouvir novas propostas. De acordo com esta matéria do LinkedIn, 91% dos millennials estão abertos a conhecer novas oportunidades de emprego.

O dado foi revelado por esta pesquisa, também realizada pelo LinkedIn. E tem mais: destes 91%, 68% se sentem lisonjeados quando um recrutador os convoca para uma seleção.

Este estudo da McKinsey também traz um dado importante: o grande desejo da geração Y no mercado de trabalho é criar o ambiente que as outras gerações nunca puderam, por falta de abertura ou oportunidade.

Mas não só: de acordo com o estudo, os millennials querem criar relações mais profundas entre líderes e liderados, em que exista um compartilhamento democrático de ideias e experiências, e não a perpetuação das hierarquias em que as ideias costumavam fluir de cima para baixo.

O desafio de reter a atenção

De volta à pesquisa do LinkedIn, há alguns dados desanimadores. É menos provável que a geração Y tenha ouvido falar de empresas, e, em relação a gerações anteriores, os millennials têm dificuldade em visualizar como seria um trabalho específico em uma organização.

Ou seja, a geração Y no mercado de trabalho também pode ser dispersa. Isso traz um desafio novo para recrutadores: deixar bem claras a cultura organizacional e a rotina da empresa para os candidatos.

Como? Vamos mostrar quatro dicas para os gestores:

1. Apresente o ambiente de trabalho e convide os candidatos para eventos

De acordo com a pesquisa da rede social, 51% dos millennials consideram visitar escritórios a melhor forma de aprender como é a cultura de uma empresa.

Assim, para as entrevistas presenciais, uma boa alternativa é fazer um “tour” com os candidatos por todas as instalações da empresa. Passeie com eles após a entrevista, mostrando onde os times de que potencialmente farão parte estão instalados. E não se esqueça de apontar tudo aquilo que os colaboradores adoram no seu ambiente de trabalho.

Além disso, você pode convidar os candidatos-millennials para eventos corporativos. Não apenas palestras ou cursos, mas também para momentos de descontração. Experimentar sua cultura em primeira mão permite que os candidatos visualizem o trabalho a ser feito e julguem melhor se conseguirão se encaixar.

>> Leitura recomendada: Por que a Geração Y se cobra tanto?

2. Certifique-se de que eles terão conversas significativas com gerentes e outros colaboradores

Depois do “tour” pelos escritórios, a geração Y no mercado de trabalho considera que conversar com os gerentes — e com outros colaboradores — ajuda demais a ter uma ideia de como será trabalhar em uma empresa.

Sendo assim, procure garantir que os candidatos terão todos os insights de que precisam durante as entrevistas. Para isso, estabeleça um fluxo de conversas com diferentes gerentes, bem como com colaboradores-chave. Para o pretendente à vaga, esta também é uma experiência mais enriquecedora do que ele ter que responder às mesmas perguntas várias vezes.

3. Use e abuse de seu site e das redes sociais para apresentar a cultura

Mais um dado importante: 55% da geração Y no mercado de trabalho afirmou que o site de uma empresa é o primeiro e mais importante canal quando estão em busca de um emprego. Além disso, 27% querem aprender sobre a cultura da organização por meio de visita ao site.

Fotos de colaboradores, vídeos apresentando a rotina de trabalho e blogs são ótimas formas de apresentar a sua cultura no website, mas sempre priorize a legitimidade.

Um exemplo mencionado pelo artigo do LinkedIn é a página de recrutamento da Lyft, empresa norte-americana de rede de transportes. Para você ter uma ideia, o vídeo institucional mostra perfeitamente a cultura da empresa, sem sacrificar informações importantes para o negócio.

4. Mostre o valor das suas oportunidades em termos de crescimento

Por último, e não menos importante: seja bem claro quanto às chances de crescimento e desenvolvimento na sua organização. Isto porque 42% da geração Y disse que aceitou uma proposta, pois percebeu que a empresa oferecia mais oportunidades para suas carreiras.

Então, se sua companhia está focada em desenvolvimento de novas habilidades, deixe isso bem claro em seu site e nas suas páginas de redes sociais.

E não deixe de ler este artigo interessante sobre liderança corporativa, com sugestões para você comandar as novas gerações.

Uma ferramenta para todas as gerações

Atrair a geração Y no mercado de trabalho sem dúvida é um desafio. No entanto, ao adotar uma ferramenta online de gestão, você pode automatizar as atividades e será capaz de dedicar mais tempo à formulação estratégica do seu processo seletivo.

O Runrun.it organiza o fluxo de trabalho e permite a você monitorar e delegar as tarefas com mais segurança. Também possibilita centralizar o diálogo e organizar as demandas e trocas de informação. Ou seja, você aumenta a produtividade da sua equipe e aprimora a comunicação entre gerações. Teste grátis agora mesmo: http://runrun.it.

 

Gif_Signup-1-1-3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>