Comece uma nova fase do seu marketing de conteúdo

Comece uma nova fase do seu marketing de conteúdo

Quando você decide aprender um instrumento musical, o primeiro objetivo é só tocar. Entender como funciona, dar as primeiras notas, conseguir tocar uma música inteira. Mas isso não é suficiente e logo você quer se aprimorar e compor a sua música. O marketing de conteúdo, de forma geral, está nesta segunda fase.

Se você já está envolvido com branded content, sabe que é um grande desafio eliminar ruídos, fazer uma estratégia consistente e manter a equipe motivada. Se você vai começar agora, então já tem que entrar nesse meio sabendo que produzir não é o bastante, é necessário se diferenciar em um ambiente dinâmico em que todas as marcas querem falar ao mesmo tempo.

>> Leitura recomendada: Métricas de marketing: saiba para onde olhar para descobrir se sua gestão vai bem (ou não)

Recapitulando conceitos

O marketing de conteúdo é uma das formas mais eficazes de conquistar e educar seus clientes. Isso porque, nesta conversa, a marca oferece algo de valor em troca da atenção. O conteúdo pode ser pertinente ao negócio do cliente, contribuindo para seu sucesso, pode estar dentro de sua área de interesse, ou ser puro entretenimento.

Mas sempre deve educar, orientar e estreitar o diálogo. E as formas deste conteúdo chegar até o alvo no universo digital são várias. White papers, blogs, vlogs, redes sociais, podcasts.

Há não muito tempo era necessário convencer as equipes, e muitas vezes até os executivos das empresas, de que o conteúdo é o coração de uma comunicação eficaz. O que antes era praticamente um brinde quando havia muita mídia no projeto, acabou se tornando o ponto de partida. OK. Todos ou quase todos entenderam que conteúdo é essencial. Agora passamos para a próxima fase.

>> Leitura recomendada: Guia completo para estruturar um plano de marketing

O conteúdo de resultado

Como tornar seu marketing de conteúdo mais efetivo em um cenário tão dinâmico? Marcas bem sucedidas nesse campo reconhecem que este é um trabalho diário, que deve reunir três pilares fundamentais: Criatividade + Continuidade + Mensuração.

Nem tente se apoiar em um ou dois pontos. Sua estratégia precisa desse tripé para se manter. E para trabalhar esses pontos, você precisa estruturar bem a equipe e ter as ferramentas certas para que ela trabalhe da melhor forma.

Para se ter uma ideia da nova etapa que estamos entrando, a Curata, uma empresa de conteúdo de Cambridge, realizou uma pesquisa sobre estruturação de equipes. O resultado é que, em 2017, 51% das empresas terão um executivo em sua organização diretamente responsável pela estratégia global de marketing de conteúdo. Essa pessoa será um chief content officer, um vice-presidente ou diretor de conteúdo. Em qual metade das empresas você ou os seus clientes se encontram?

Aproxime os profissionais

Músicos em sintonia, falando a mesma língua, cada um com seu instrumento. Essa é a meta para deixar seu content team trabalhando em sinergia. E encare equipe de forma ampla.

O pessoal do comercial, o executivo da marca e as pessoas que botam a mão na massa e produzem o conteúdo; todos precisam estar próximos. Quanto maior for esse diálogo, maior é a chance de que os valores da empresa sejam refletidos na comunicação sem que haja ruídos.

>> Leitura recomendada: O propósito é parte fundamental do seu brand marketing. Saiba como encontrá-lo

Uma boa história é sempre um ótimo conteúdo

O storytelling é uma receita que continua eficaz. Pense em narrar a trajetória de uma figura pública em um artigo. Um vídeo não deve ser a adaptação de conteúdo de outras mídias convencionais, explore o meio e conte a história de alguém ou algum grupo. Descobrir os personagens reais que transmitem a sua mensagem continua sendo um caminho que dá bons frutos.

Marketing de conteúdo – estão fazendo isso errado

A maior prova de que não adianta simplesmente produzir conteúdo para ter sucesso é um número assustador levantado pela pesquisa Sience of Attention Report. 80% dos consumidores ignoram ou esquecem a maioria do conteúdo produzido pelas marcas depois de três dias. As razões você pode imaginar:

Isso é irrelevante

O inimigo número um do branded content é conteúdo sem relevância para o seu público. Minimize esse risco com pesquisa de mercado e monitoramento avançado de como o seu público interage com os temas da sua estratégia.

Lembrar pra quê?

Se não há motivação para lembrar o conteúdo, ele é esquecido e a marca perde o engajamento. A informação precisa ser útil, valiosa e fácil de lembrar.

Informação em excesso

Quando falamos demais, eles absorvem de menos. Por isso, picote o conteúdo. Faça pílulas, divida em etapas, facilite o entendimento.

Distrações e estresse

Esses são problemas que não dependem de você e atrapalham a absorção do seu conteúdo. Mas relaxe, eles representam menos de um terço do problema, quando equiparados aos pontos anteriores.

Três dicas de ouro

Esse mesmo estudo do Prezi que joga um balde de água fria nas equipes de conteúdo aponta três formas de aumentar a retenção de informação e o engajamento do público.

1. Diga algo novo
Assim como bandas só de covers não ganham fama, conteúdo requentado não gera retenção de informação.

2. Diga algo bom que aconteceu
49% dos entrevistados dizem que lembraram mais do conteúdo quando era dito algo bom. A mensagem positiva tem mais chances de ser lembrada.

3. Use o formato a seu favor
Os melhores formatos são vídeo e artigos escritos, com 37% e 28% da preferência dos entrevistados, respectivamente. Mas não ignore novos formatos, porque o universo de brand content é dinâmico.

Faça a sua música

O bom gestor de marketing de conteúdo precisa reunir as pessoas certas para a banda, e também os melhores processos para criar a melhor música. É aí que entram ferramentas para tornar o trabalho eficaz e a equipe motivada.

Ferramenta de automação de marketing de conteúdo

A Resultados Digitais, através da ferramenta RDStation, permite que você acompanhe a geração de leads, criando landing pages, fazendo a sua nutrição (envio automático de conteúdo) e ainda gerenciando os leads no processo de vendas. Já a Contentools é uma plataforma que permite a programação das postagens em redes sociais e blogs. Com todas as atividades centralizadas em um só local, o monitoramento do engajamento com o conteúdo fica mais simples.

>> Leituras recomendadas:

 

Ferramenta de integração da equipe

Um software elaborado para integrar a equipe irá facilitar três pontos chave: a gestão das tarefas, a gestão do tempo e a gestão do desempenho. Com o Runrun.it você envolve cada profissional ligando-o a um projeto e a tarefas.

Cada um apertando o play e o stop no trabalho fornece dados para saber o que está andando e o tempo investido em cada tarefa. E por fim é possível acompanhar a pontualidade das entregas, o número de refações e o andamento geral de cada projeto. Ou seja, a produtividade da equipe. Faça o teste grátis hoje mesmo: http://runrun.it

Gif_Signup-1-1-3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>