Novos consumidores vêm aí. Sua empresa está pronta para conversar com eles?

Novos consumidores vêm aí. Sua empresa está pronta para conversar com eles?

Quando se trata de consumidores, a fila, definitivamente, anda. Após anos e anos debatendo características e formas de abordar a geração Y, é chegada a hora de conhecer um novo público, designado pela última letra do alfabeto: sim, a geração Z. Quem são? Onde vivem? Do que gostam? E, mais importante: como sua empresa deve atuar perante esses novos consumidores?

Você pode até considerar um pouco cedo para fazer esse tipo de pergunta. Afinal, ainda demora um pouco para o “reinado” da geração Y terminar, ou se enfraquecer. Mas você deve se lembrar de que, nos tempos atuais, as mudanças vêm acontecendo numa velocidade sem precedentes. Então, quanto antes você e sua empresa ao menos se familiarizarem com essa geração de novos consumidores, melhor.

Aliás, a propósito dos milennials (como também são conhecidos os consumidores da geração anterior), não deixe de ler este artigo sobre as mulheres da geração Y, e este, que busca entender porque a geração Y se cobra tanto.

Conhecendo os novos consumidores

Mas, e quanto à geração Z? Bem, de acordo com esta matéria do AdWeek, os jovens que compõem esse estrato não poderiam ser mais diferentes de seus antecessores. O problema é que profissionais de marketing já estão cometendo equívocos na abordagem a esse público, e agora vamos entender melhor porquê.

No entanto, antes, vamos descobrir quem são os novos consumidores. Bem, se a geração Y consistia de pessoas nascidas no início da década de 1980 até meados de 1990, a geração Z é composta por pessoas nascidas de 1995 até 2010.

Assim, é uma geração essencialmente digital. Ou nativa digital, pois surge após a criação da internet (que ocorreu em meados de 1990) e em meio à “explosão” dos aparelhos tecnológicos. Os novos consumidores dessa geração estão absolutamente acostumados a uma enorme oferta de opções, entre canais de televisão, internet, vídeo game, smartphones etc.

Sendo assim, são pessoas muito conectadas. Não apenas acessam a rede de suas casas, mas também pelo celular e outros dispositivos móveis, com uma naturalidade que não é inerente às gerações anteriores. E entre as principais características da geração Z, temos: compreensão da tecnologia; capacidade de exercer muitas tarefas ao mesmo tempo; abertura social às tecnologias; velocidade e impaciência; interatividade; resiliência, entre outras.

O que sua empresa precisa saber sobre a geração Z?

Como observamos, essas características já começam a causar confusão entre gestores de marketing. Porque há atributos que diferem muito da geração Y, e é até esperado que, num primeiro momento, as marcas não diferenciem muito os públicos.

No entanto, no mesmo texto da AdWeek, encontramos algumas dicas preciosas para que sua empresa aborde esses novos consumidores com mais adequação. Primeiramente, há uma lista de quatro pontos capitais a respeito das pessoas que faz parte da geração Z:

1 – Querem trabalhar pelo sucesso, não para serem descobertas;
2 – Acreditam que a igualdade não é negociável;
3 – Querem que marcas sejam reais para que possam ser únicas;
4 – Têm seu próprio sistema de regras e etiquetas sobre o uso das mídias sociais.

Uma geração orientada para o sucesso e para as questões sociais

A matéria também traz alguns dados reveladores sobre esses novos consumidores. Talvez o mais eloquente seja o de que a geração Z é muito focada no sucesso. De acordo com pesquisa realizada pela agência norte-americana Barkley em parceria com o instituto Future Cast, mais da metade (53%) dos adolescentes entrevistados concordam que sucesso pessoal é a coisa mais importante em suas vidas – quase 10% a mais do que ocorre com a geração Y (46%).

Por outro lado, causas sociais também figuram entre os principais interesses dos novos consumidores. O líder no ranking de interesse é o acesso à educação: para 75% dos entrevistados, meios mais acessíveis de educação constituem o ponto mais importante, seguidos de perto por igualdade racial (72%). Na escala das preocupações, a igualdade de gênero (64%) e a pobreza (62%) vêm logo atrás.

>> Leitura recomendada: Cultive a diversidade de gênero em sua empresa para alcançar melhores resultados

Um recado para a sua empresa: seja real para que os novos consumidores sejam únicos

Os consumidores da geração Z também esperam que marcas encampem as causas defendidas por eles. Quando perguntados se “apoiariam marcas que tomem a iniciativa em questões sociais que defendo”, 60% dos adolescentes entrevistados afirmaram fazê-lo – um índice levemente menor do que aquele da geração Y, mas eloquente ainda assim.

E mais: esperam que marcas sejam, acima de tudo, reais e diversas em sua comunicação, em seus esforços de marketing. Prova disso são os seguintes dados apresentados na pesquisa:

  • 77% dos entrevistados gostam de peças publicitárias que mostrem pessoas reais em situações reais;
  • 65% não gostam de peças que façam a vida parecer perfeita;
  • 61% gostam de peças publicitárias que apresentem diversidade nas famílias.

Um último ponto – e talvez o mais importante – que você precisa conhecer sobre a geração Z: eles levam a “unicidade” muito a sério. A identidade própria, para os novos consumidores, é fundamental; eles querem muito se distinguir. E esperam que marcas forneçam as ferramentas necessárias para que essa distinção ocorra.

Uma prova disso é o índice de entrevistados que “pagaria um valor extra por um produto que seja consistente com a imagem que querem transmitir”: 49%, contra 43% dos milennials.

Uma ferramenta de gestão para todas as gerações

X, Y, Z: qual é a sua geração? E com qual delas você trabalha diariamente? O diálogo entre gerações pode ser uma difícil batalha quando cada um decide adotar seu meio de comunicação preferido, ou ainda, usar todos ao mesmo tempo.

E, para haver harmonia – seja dentro do seu time, seja na relação com os novos consumidores -, é crucial centralizar o diálogo e organizar as demandas e trocas de informação.

O Runrun.it – software de gestão de tarefas e equipes – cumpre essa função. Aumente a produtividade da sua equipe aprimorando a comunicação entre gerações. Comece testando grátis agora: http://runrun.it

Gif_Signup-1-1-3

2 thoughts on “Novos consumidores vêm aí. Sua empresa está pronta para conversar com eles?

  1. De maneira geral, todo jovem tem o mesmo comportamento desde que o mundo é mundo. Esse papo de geração a,b,c é bullshit! Todos os jovens se acham únicos, mais espertos que a geração anterior, querem sucesso de acordo com os meios de sua época, são facilmente influenciáveis por artistas e músicos e etc. O marketing vive de renovar um discurso que no final das contas é sempre a mesma coisa… mas é assim que o mundo gira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>