Trabalho em equipe: como liderar um time de sucesso

Trabalho em equipe: como liderar um time de sucesso

O trabalho em equipe nada mais é do que a cooperação entre pessoas, que combinam suas habilidades individuais para alcançar um objetivo em comum. Portanto, ele é fundamental em todas as empresas para garantir que o trabalho seja entregue com qualidade e dentro dos prazos estipulados. 

O trabalho em equipe pode até parecer simples, mas nós sabemos que existem uma série de desafios e de itens essenciais à gestão, que contribuem para que, de fato, seja possível trabalhar de maneira engajada e produtiva. 

Com o passar dos anos o trabalho foi se tornando cada vez mais dinâmico, adicionando mais itens à mesa do gestor: Minha equipe está motivada? Todos têm acesso às informações necessárias para desenvolver o trabalho? Todos estão alinhados com os propósitos? Os objetivos da empresa são claros? Os papéis de cada colaborador são bem definidos? 

Em março de 2020, por conta da pandemia do novo coronavírus, mais uma camada de complexidade foi adicionada a todas essas questões citadas acima: com a adesão em massa ao home office, como manter todos na mesma página? 

Pensando nisso, nós vamos abordar nesse artigo tudo que você precisa saber sobre trabalho em equipe, colaboração e motivação. Veja:

 

Qual a importância do trabalho em equipe? 

A importância do trabalho em equipe é justamente proporcionar para o time e para a empresa a conquista de melhores resultados, tendo em vista o potencial que um grupo de pessoas têm para desenvolver um projeto de qualidade. 

Entretanto, existem diversos fatores que fazem com que o trabalho em equipe dê certo, afinal sabemos que lidar com as diferenças, administrar expectativas e construir um ambiente favorável, evitando a competição não saudável, não é uma tarefa fácil. Para isso é só imaginar um jogo de futebol: na teoria um time só vence quando joga unido, mas todos nós já vimos algumas brigas no campo, não é mesmo? 

Portanto, existem itens essenciais que favorecem o trabalho em equipe, são eles: 

  • Liderança orientadora; 
  • Boa infraestrutura; 
  • Suporte; 
  • Reconhecimento; 
  • Treinamento; 
  • Objetivos compartilhados; 
  • Identificação com o propósito da empresa. 
 

Além disso, como destaca esse artigo da HBR, existem dois pontos que merecem atenção, já que podem ser muito prejudiciais ao trabalho em equipe: informações compartilhadas pela metade e o pensamento de “eles versus a gente”. 

Isso porque, a comunicação falha transparece diretamente no trabalho, seja por falta de instruções, direcionamentos ou alinhamentos que poderiam, por exemplo, evitar o retrabalho. Em relação ao sentimento de competitividade, sabemos que em até certo ponto ele pode ser saudável no ambiente corporativo, porém existem limites éticos, que precisam ser respeitados. Do contrário, o trabalho em equipe que deveria servir para expandir o potencial da empresa e dos colaboradores acaba virando uma verdadeira briga de gato e rato. 

Também não podemos deixar de mencionar o contexto do trabalho remoto, no qual essas questões se tornam ainda mais delicadas, justamente por conta da distância. Nesse cenário, para fazer o trabalho em equipe dar certo é necessário que exista entre o time e o líder um relacionamento de confiança e conexão. Até mesmo porque, como não é mais possível, literalmente, visualizar o trabalho de cada um, é necessário eliminar a gestão por esforço percebido e adotar a gestão por esforço realizado. 

>>Leitura recomendada: Gestão a distância: como liderar equipes remotas

Benefícios do trabalho em equipe

Quando o assunto é cooperação e inovação, vemos que o trabalho em equipe é um benefício tanto para a empresa, quanto para os colaboradores, como comprova o historiador da Universidade de Essex, na Inglaterra, Peter Burke. Em seu livro O que é história do conhecimento? (2016), ele conta um pouco sobre como, em muitos casos, as inovações surgem a partir de ideias que já existem e que podem ser aprimoradas. 

Para que isso aconteça, quanto mais diversidade houver em um time melhor. Um relatório realizado pela consultoria McKinsey lista as relações existentes entre diversidade nas empresas e aumento da eficiência. A pesquisa sobre diversidade na América Latina, lançada em 2020, que contou com a participação de mais de 700 empresas do Brasil, Chile, Peru, Argentina, Colômbia e Panamá, mostra que os colaboradores em geral – não apenas os sub-representados – se sentem mais felizes no trabalho, estão mais dispostos a cooperar com os demais e confiam mais nos seus líderes. Com isso, o nível de competitividade entre os colaboradores diminui, enquanto o trabalho em equipe aumenta, o que significa contar com mais:

  • Comprometimento com o sucesso do grupo em alcançar metas;
  • Comunicação aberta e clara;
  • Compartilhamento de conhecimentos;
  • Aplicação eficiente de recursos, talentos e habilidades;
  • Decisões conjuntas;
  • Economia de tempo;
  • Engajamento para o aumento da qualidade e precisão;
  • Produtividade e organização.
 

Além disso, outros benefícios do trabalho em equipe que podemos citar são: 

1. Apoio e colaboração

Quanto os times compreendem que estão trabalhando em prol do mesmo propósito, o caminho mais lógico é o do apoio e da colaboração, justamente por conta dos benefícios que isso pode trazer para o time. 

2. Aplicação mais eficiente de recursos, talentos e habilidades

Imagine um jogo de futebol no qual o goleiro está sempre fora da sua área, parece a receita para o desastre, não é mesmo? É claro que em um time os papéis de cada um não estão gravados em uma pedra, mas é importante que todos entendam sua área de atuação, até mesmo para garantir que os recursos disponíveis estão sendo explorados. 

3. Compartilhamento de conhecimentos

Nesse artigo, da HBR, que já mencionamos acima, alguns gestores compartilharam suas experiências com o trabalho em equipe. Em especial, um gestor que trabalhava com duas equipes, cada uma de um estado dos EUA, começou a perceber que havia uma certa rixa entre os times e que propositalmente os grupos estavam omitindo informações uns dos outros. 

O que, muitas vezes, não percebemos nesses casos, é que perante o gestor não havia uma equipe que estava melhor, mas sim duas equipes com problemas. Assim, quando essas duas equipes adquirirem a visão dessa situação e procurarem fortalecer o trabalho em equipe, a tendência é que o conhecimento e as informações sejam compartilhadas sem restrições. 

4. Melhora na produtividade e organização

O trabalho em equipe também aumenta a compreensão do fluxo de trabalho e de como as tarefas de cada um acabam impactando na rotina de todos. Ou seja, fica mais fácil organizar o que precisa ser feito no dia, de acordo com as prioridades do time, o que no final do dia impacta também na produtividade. 

Como realizar um bom trabalho em equipe?

Tendo em mente quais são os principais benefícios do trabalho em equipe, vemos que é importante que todos os integrantes estejam desempenhando o seu papel, o que vale também para a liderança, já que, afinal, é ela quem comanda o time. De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Brasília (UnB), os fatores base que fortalecem o trabalho em equipe podem ser distribuídos em quatro áreas: 

Além disso, não podem faltar:

1. Empatia

Empatia é a capacidade de enxergar e entender o mundo através dos olhos dos outros. Essa habilidade é importante, porque permite que as pessoas se sintam ouvidas e assim passem a adquirir o hábito de ouvir também, com mais frequência. 

Além disso, se cada um conseguir enxergar a empresa/departamento/área por outro ângulo, conseguirá ver temas em comum, maneiras de ajudar e apoiar os outros e, construindo o fortalecendo o sentimento de empatia e colaboração. 

De acordo com o relatório Empathy Monitor, lançado pela empresa Businessolver, em 2017, a empatia impacta na produtividade, lealdade e engajamento dos times. Segundo a pesquisa:

  • 77% dos colaboradores estão dispostos a trabalhar mais horas em um local onde haja empatia;  
  • 92% dos profissionais de recursos humanos acreditam que a empatia é um fator importante para a retenção de talentos; 
  • 80% dos millennials e 66% dos baby boomers (pessoas nascidas entre 1946 e 1964) deixariam o emprego atual se não houvesse empatia nas relações.
 

2. Planejamento

No Mundo VUCA, no qual vivemos atualmente, não existe tempo fácil quando o assunto é a tomada de decisões. Porém, por mais que lidemos com muitas incertezas no dia a dia  – o que, claro, afeta o trabalho em equipe – não podemos deixar de considerar o quanto o planejamento é importante nesses momentos. 

O planejamento garante a execução das estratégias e que as equipes estão caminhando para o lugar correto e atendendo as expectativas e metas da empresa. Isso significa que ele não pode ser alterado nunca? Claro que não! Pois, como já comentamos acima, as situações mudam com rapidez e precisamos aprender a lidar com esses impactos, ou seja, adaptar também o nosso planejamento. 

A vantagem aqui é justamente ter algum material, que seja disponibilizado também para a equipe e que facilite o trabalho nos momentos críticos. 

>>Leitura recomendada: Gestão à vista como forma de engajar equipes e aumentar produtividade

3. Objetivos definidos

Além de compartilhar com a equipe o planejamento e as diretrizes estratégicas, também é importante que todos estejam cientes dos objetivos e propósitos da empresa. 

Em 2020, por conta da pandemia do novo coronavírus, a discussão acerca do propósito das empresas se tornou muito mais relevante, justamente porque o público passou a dar mais valor para isso também. Para se ter uma ideia, de acordo com o relatório Edelman Trust Barometer 2020: In Brands We Trust, que avaliou a confiança nas marcas durante o período da pandemia por meio de entrevistas realizadas com cerca de 12 mil pessoas em 12 países, 1 em cada 3 entrevistados convenceram outras pessoas a pararem de consumir uma determinada marca, por considerar que sua atuação nesse período não estava sendo adequada. 

Portanto, além de ter objetivos bem definidos e que estejam alinhados aos interesses de construir uma sociedade melhor, é importante que eles sejam de conhecimento de todos na empresa e que também exista uma identificação, afinal, nada melhor do que um time que trabalha para alcançar objetivos em comum, não é mesmo? 

4. Comunicação

Que uma boa comunicação é crucial para o trabalho em equipe, todo mundo já sabia. Porém, a gente não contava que isso seria colocado à prova com tanta intensidade, quanto em 2020, por conta do aumento da adesão ao trabalho a distância.

Dessa forma, além do gestor ter se tornado o principal ponto de contato entre as equipes e o board, por exemplo, sendo responsável por repassar as informações para a equipe ele também precisa de comunicar de forma transparente e procurar, sempre que possível, estabelecer uma conexão com o time, para entender os limites, as dificuldades e também em quais pontos ele pode ajudar ou dar suporte. 

Nosso CEO, Antonio Carlos Soares conversou com Debora Gaudêncio, facilitadora de diálogos, sobre como é possível que líderes adotem algumas técnicas da comunicação não-violenta com suas equipes. Assista: 

>>Leitura recomendada: 5 problemas reais de comunicação que atrapalham o andamento da sua empresa e como evitá-los

5. Feedback 

Aplicar feedbacks de forma periódica auxilia no trabalho em equipe, porque esse é justamente o momento em que as habilidades e ações de cada um são avaliadas com base nas ações do conjunto. 

Assim, uma avaliação 360º, tem o potencial de evidenciar os pontos positivos e também os de melhoria das equipes, justamente porque proporciona um espaço no qual todos podem dar sua opinião sobre os outros, assim como avaliar o entrosamento da equipe e o trabalho da liderança. 

Ao final desse processo, é muito provável que as equipes saiam mais felizes e com consciência do que precisa ser feito. Se quiser saber mais sobre como dar feedbacks construtivos, é só acompanhar ao Webinar abaixo, feito pelo nosso CEO, Antonio Carlos Soares: 

Trabalho em equipe: como motivar colaboradores 

Você deve estar se perguntando porque não incluímos a motivação no tópico anterior, não é? A verdade é que consideramos este um item essencial do trabalho em equipe e decidimos dedicar um tópico especial para ele. 

O escritor e vice-reitor da Universidade de New York, Clay Shirky, apresenta em seu livro A cultura da participação (2011) dezenas de exemplos de pessoas que trabalharam em equipe em projetos voluntários porque estavam motivadas pela própria natureza da atividade em si e não apenas por recompensas externas. 

Para as empresas, as motivações internas e externas precisam caminhar juntas para fortalecer o trabalho em equipe. Por exemplo, as atividades que os times desenvolvem dão uma sensação de propósito, além disso, eles precisam estar satisfeitos com os benefícios e remuneração.

Além disso, não podemos desconsiderar os cenários das empresas e equipes que estão trabalhando de forma remota, tornando o trabalho de manter o engajamento dos colaboradores ainda mais complexo. 

Portanto, as principais ações que podem ser feitas na hora de motivar equipes são: 

  • Definição clara do propósito; 
  • Demonstração de confiança e suporte por parte das lideranças; 
  • Comunicação clara e transparente; 
  • Feedbacks periódicos; 
  • Autogestão; 
  • Priorização de tarefas; 
  • Evitar a microgestão.
 

>>Leitura recomendada: Como líderes podem manter a motivação em home office 

Ferramentas para trabalho em equipe 

Como você pode acompanhar neste artigo, são muitas as habilidades exigidas dos líderes e seus times para que um bom trabalho em equipe seja desenvolvido. Porém, isso não significa que você não possa contar com a tecnologia para tornar esse desafio uma tarefa mais simples! O Runrun.it é um software de gestão completo, que facilita o trabalho em equipe, porque proporciona ferramentas para o planejamento e acompanhamentos das entregas, para que elas sejam feitas dentro do prazo. Também é possível se comunicar de forma transparente com a equipe – independente de onde vocês estejam – e obter métricas e indicadores de produtividade. Crie sua conta grátis agora: https://runrun.it

trabalho em equipe

6 thoughts on “Trabalho em equipe: como liderar um time de sucesso

  1. With havin so much content and articles do you ever run into any issues of plagorism or copyright violation? My site has a lot of unique content I’ve either written myself or outsourced but it appears a lot
    of it is popping it up all over the internet without my
    authorization. Do you know any solutions to help prevent content from being
    stolen? I’d really appreciate it.

    1. Poxa, que chato nisso. Não sei se há alguma solução totalmente eficaz, mas você pode bloquear o recurso de copiar/colar os seus textos.
      Para sugestões mais precisas, sugerimos que você busque o auxílio de um profissional especializado. 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>