Trabalho em equipe: O que há por trás de times que se dão bem

Trabalho em equipe: O que há por trás de times que se dão bem

É um costume tentar encontrar um segredo comum às equipes bem-sucedidas. O que elas fazem? Como é que uma combinação eclética de pessoas pode resultar num trabalho em equipe tão bom? O que fez esta experiência de conflito criativo tão produtivo? Fique tranquilo(a), pois iremos esclarecer essas questões para você.

O que é trabalho em equipe

O trabalho em equipe é um processo de trabalhar em colaboração com o objetivo de atingir uma meta. Portanto, é um aspecto crucial de um negócio ter o controle de como as pessoas estão se relacionando. Significa também que as pessoas precisam cooperar, usando suas habilidades individuais e fornecer feedback construtivo, ainda que exista qualquer conflito pessoal entre os indivíduos.

Segundo o TED de Margaret Heffernan,  um elemento muitas vezes esquecido e necessário para construir uma organização e uma equipe eficiente é o Capital Social. Segundo ela, a confiança, o conhecimento e a reciprocidade em conjunto criam um grupo unido e de qualidade. Em qualquer empresa, você pode ter excelentes profissionais, mas o que os leva a compartilhar ideias e preocupações, contribuir e avisar o grupo sobre os riscos é sua conexão com o outro.

1. Constroem um capital social

Construção de capital social soa como uma ideia abstrata, mas deriva de uma acumulação de pequenas ações. Como banir os copos de café em mesas do escritório, para garantir que os colaboradores saiam juntos em torno da máquina de café. O que acontece entre as pessoas – e não apenas nas reuniões, mas em conversas informais, breves trocas no corredor, no refrigerador de água – faz uma diferença incomensurável na produtividade. Com o capital social, as organizações se tornam mais produtivas, criativas, eficientes e rentáveis. Isso porque elevados níveis de confiança e intimidade criam um clima de segurança e honestidade e torna mais fácil compartilhar o pensamento fresco ou a ideia imprevisível.

2. Esforçam-se pela empatia

Empatia – a capacidade de analisar o mundo através dos olhos dos outros – é fundamental para qualquer organização, já que através dela é possível aprender exigências e responsabilidades de todos os departamentos. Se cada colaborador tiver a oportunidade de ver a empresa do ângulo de outro departamento, conseguirá ver temas em comum, maneiras de ajudar e apoiar os outros e, consequentemente, fazer com que a conexão e a empatia entre os colaboradores cresça.

3. Ignoram a competitividade

A prática da competitividade cria cenários em que ou você é o melhor ou é o perdedor. Isso gera ansiedade, estresse e, consequentemente, resultados piores. Clima competitivo pode criar colegas de trabalho piores. O perigo é os colaboradores ficarem mais preocupados em ser os melhores do que colaborar com a equipe. Competitividade só é boa quando traz ganhos.

4. Não têm receio de discordar

Enquanto muitas pessoas temem o conflito porque acreditam que ele prejudica suas relações, o paradoxo é que o conflito honesto – durante o trabalho em conjunto, e não perseguição – faz a conexão social crescer.  Quando você evita discordar, nenhum tipo de conflito acontece, permitindo o chamado “silêncio organizacional”, que aumenta a dificuldade de inovar e apontar problemas a serem resolvidos. O segredo para a conexão social crescer em seu grupo, como se vê, é opinar, pois só assim é possível ver as perspectivas do outro.

Materiais recomendados

Textos no blog do Runrun.it:

 

Outras leituras:

 

Metodologia para potencializar o trabalho em equipe

O segredo para um trabalho em equipe entrosado é que todos estejam focados num objetivo maior para desenvolver um alto grau de capital social. E, claro, uma metodologia de trabalho moderna pode te ajudar com tudo isso! Experimente o Runrun.it, o software de gestão de tarefas que mostra em tempo real a tarefa em que cada um está trabalhando e torna o trabalho em equipe até 25% mais produtivo. Teste grátis: http://runrun.it

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>