Os benefícios do trabalho em equipe para sua empresa

Os benefícios do trabalho em equipe para sua empresa

Um dos pensamentos formulados pelo filósofo grego Aristóteles diz que “o ser humano é um sujeito social que, por sua natureza, precisa pertencer a uma coletividade”. Isso mostra uma característica básica sobre o nosso comportamento. Enquanto humanos, interagir com o próximo é uma necessidade, a qual é vista em diversas dinâmicas que nos cercam, como na família, nas amizades e claro, no ambiente profissional. Sendo dessa forma, o trabalho em equipe é fundamental para que as empresas atinjam seus propósitos.

Como evidência da importância desse tema para as corporações temos o resultado da pesquisa Habilidades 360º, realizada pela PageGroup com líderes empresariais de países da América Latina (Argentina, Brasil, Chile, Peru, Colômbia e México). Para 60% dos entrevistados, a capacidade de trabalho em equipe e a inteligência emocional são as principais habilidades procuradas nos futuros colaboradores. 

Que tal ouvir esse conteúdo? Aperte o play!

 

Em sua essência, o trabalho em equipe nada mais é do que a cooperação entre pessoas, que combinam suas habilidades individuais para alcançar um objetivo em comum. Esse modelo de trabalho pode até parecer simples, mas nós sabemos que existe uma série de desafios e de itens essenciais à gestão que contribuem para que, de fato, seja possível trabalhar de maneira engajada e produtiva. 

Com as mudanças na flexibilização das relações e a aceleração da incorporação do trabalho híbrido e do home office, uma nova dúvida surgiu para os gestores: como manter todo o meu time na mesma página? Pensando nessas novas abordagens, preparamos esse artigo com tudo o que você precisa saber sobre trabalho em equipe, colaboração e motivação. Veja:

 

Qual a importância do trabalho em equipe?

O trabalho em equipe se faz importante justamente para proporcionar ao time e à empresa a conquista de melhores resultados, tendo em vista o potencial que um grupo de pessoas tem para desenvolver um projeto de qualidade. 

Entretanto, existem diversos fatores que fazem com que o trabalho em equipe dê certo, afinal sabemos que lidar com as diferenças, administrar expectativas e construir um ambiente favorável, evitando a competição não saudável, não é uma tarefa fácil. Portanto, para melhorar o clima organizacional existem itens essenciais que favorecem o trabalho em equipe, são eles: 

  • Liderança orientadora e motivadora; 
  • Boa infraestrutura; 
  • Suporte; 
  • Reconhecimento; 
  • Treinamento; 
  • Objetivos compartilhados; 
  • Identificação com o propósito da empresa. 
 

Além disso, existem dois pontos que merecem atenção, destacados pelo o artigo The Secrets of Great Teamwork, publicado na Harvard Business Review: as informações compartilhadas pela metade e o pensamento de “eles versus a gente”. 

A comunicação falha transparece diretamente no trabalho, seja por falta de instruções, direcionamentos ou alinhamentos que poderiam, por exemplo, evitar o retrabalho. Em relação ao sentimento de competitividade, sabemos que em até certo ponto ele pode ser saudável no ambiente corporativo, porém existem limites éticos que precisam ser respeitados. Do contrário, o trabalho em equipe, que deveria servir para expandir o potencial da empresa e dos colaboradores, acaba virando uma verdadeira disputa interna. 

Também não podemos deixar de mencionar o contexto do trabalho remoto, no qual essas questões se tornam ainda mais delicadas, justamente por conta da distância. Nesse cenário, para fazer o trabalho em equipe dar certo é necessário que exista entre o time e o líder um relacionamento de confiança e conexão. Com os novos formatos de trabalho, as estratégias para a gestão de equipes remotas são diferenciadas, com a utilização de ferramentas de gerenciamento de tarefas para realizar o acompanhamento em tempo real e a adoção da gestão por esforço realizado. 

>>Leitura recomendada: Técnicas para manter a equipe criativa no home office

Benefícios do trabalho em equipe

Quando o assunto é cooperação e inovação, vemos que o trabalho em equipe é um benefício tanto para a empresa quanto para os colaboradores, como comprova o historiador da Universidade de Essex, na Inglaterra, Peter Burke. Em seu livro O que é história do conhecimento?, lançado em 2016, ele conta um pouco sobre como, em muitos casos, as inovações surgem a partir de ideias que já existem e que podem ser aprimoradas.

Para que isso aconteça, quanto mais diversidade houver em um time, melhor. Um relatório realizado pela consultoria McKinsey lista as relações existentes entre diversidade nas empresas e aumento da eficiência. A pesquisa sobre diversidade na América Latina, publicada em 2020, que contou com a participação de mais de 700 empresas do Brasil, Chile, Peru, Argentina, Colômbia e Panamá, mostra que os colaboradores em geral – não apenas os sub-representados – se sentem mais felizes no trabalho, estão mais dispostos a cooperar com os demais e confiam mais nos seus líderes. Com isso, o nível de competitividade entre os colaboradores diminui enquanto o trabalho em equipe aumenta, o que significa contar com mais:

  • Comprometimento com o sucesso do grupo em alcançar metas;
  • Comunicação aberta e nítida;
  • Compartilhamento de conhecimentos;
  • Aplicação eficiente de recursos, talentos e habilidades;
  • Decisões conjuntas;
  • Economia de tempo;
  • Engajamento para o aumento da qualidade e precisão;
  • Produtividade e organização.
 

Também podemos citar os demais benefícios do trabalho em equipe: 

1. Apoio e colaboração

“Um time campeão consegue superar um time de campeões”. Esse ditado bastante popular nos esportes coletivos pode ser muito bem aplicado no meio corporativo. Para que uma equipe de alta performance alcance seus objetivos, o caminho mais lógico é o do apoio e da colaboração, justamente pelas vantagens que isso pode trazer para o time. 

2. Aplicação mais eficiente de recursos, talentos e habilidades

Em uma equipe, as atribuições de cada profissional podem ser flexíveis, mas é  importante que todos entendam sua área de atuação, pois dessa maneira é possível garantir que as atividades sejam delegadas corretamente e que os recursos sejam aproveitados por cada equipe.

3. Compartilhamento de conhecimentos

A troca de experiências e informações é um dos grandes valores do trabalho em equipe. A formação de grupos multifacetados, como os squads, permite um compartilhamento de conhecimento muito rico, pois cada profissional tem uma visão diferenciada para identificar os obstáculos e propor soluções eficientes. 

4. Melhora na produtividade e organização

O trabalho em equipe também aumenta a compreensão do fluxo de trabalho e de como as tarefas de cada um acabam impactando na rotina de todos. Ou seja, fica mais fácil organizar o que precisa ser feito no dia, de acordo com as prioridades do time, o que no final do dia impacta também na produtividade. 

Utilizar a tecnologia é indispensável para ter o acompanhamento de todos os processos, ainda mais em um cenário flexível, onde pessoas trabalham de diferentes locais e às vezes até em diferentes horários. Ferramentas online de gestão do trabalho, como o Runrun.it, auxiliam nesse processo de organização e estimulam a produtividade dos usuários. 

Tela de dashboard de acompanhamento para trabalho em equipe.
No Dashboard do Runrun.it, o usuário pode acompanhar as tarefas e projetos em progresso

Como estimular um bom trabalho em equipe

Uma vez que já conhecemos os principais benefícios que o trabalho em equipe agrega para uma organização, é preciso pensar em quais são as áreas que necessitam ser fortalecidas para que a cultura do trabalho colaborativo seja estimulada nas empresas. Uma pesquisa, realizada pela Universidade de Brasília (UnB) mostrou que existem quatro fundamentos essenciais para que isso aconteça: 

Fundamentos essenciais para trabalho em equipe. 1: estar aberto a diversidade. 2: Ter habilidades sociais. 3: Cooperação. 4: Responsabilidade

O incentivo do trabalho em equipe também passa outros pilares, que vamos detalhar a seguir: 

1. Empatia

Vista pela gestão estratégica de pessoas como uma das soft skills mais importantes, a empatia é a capacidade de enxergar e entender o mundo através dos olhos dos outros. Essa habilidade é importante, porque permite que as pessoas se sintam ouvidas e assim passem a adquirir o hábito de ouvir também, com mais frequência. 

Além disso, se cada um conseguir enxergar a empresa, departamento ou área por outro ângulo, conseguirá ver temas em comum, maneiras de ajudar e apoiar os outros, construindo e fortalecendo o sentimento de empatia e colaboração. 

De acordo com o relatório Empathy Monitor, lançado pela empresa Businessolver, a empatia impacta na produtividade, lealdade e engajamento dos times. Segundo a pesquisa:

  • 77% dos colaboradores estão dispostos a trabalhar mais horas em um local onde haja empatia;  
  • 92% dos profissionais de recursos humanos acreditam que a empatia é um fator importante para a retenção de talentos; 
  • 80% dos millennials e 66% dos baby boomers (pessoas nascidas entre 1946 e 1964) deixariam o emprego atual se não houvesse empatia nas relações.
 

O maior reflexo da empatia nas corporações parte dos gestores e de líderes. Por isso, abrir espaço para um diálogo com os colaboradores é uma demonstração desse sentimento. Quando os profissionais em cargo de liderança adotam uma postura mais conciliatória e empática, é desenvolvido um sentimento de confiança e respeito por parte do time, o que resultará em um grupo mais motivado para trabalhar em equipe. Um dos caminhos para isso aconteça é a demonstração da vulnerabilidade na liderança, tema sobre o qual você pode saber mais assistindo ao webinar abaixo: 

2. Planejamento

No Mundo VUCA não existe tempo fácil quando o assunto é a tomada de decisões. Porém, por mais que nos deparemos com muitas incertezas no dia a dia  – o que, claro, afeta o trabalho em equipe – não podemos deixar de considerar o quanto o planejamento é importante nesses momentos. 

>> Leitura recomendada: Mundo BANI, uma nova lente para o futuro

O planejamento garante a execução das estratégias e que as equipes estão caminhando para o lugar correto e atendendo as expectativas e metas da empresa. Mesmo detalhando os passos a longo prazo, o planejamento estratégico pode ser flexibilizado e para que as mudanças possam ser aplicadas, é importante que as pessoas realizem o trabalho em equipe com foco e dedicação. Vale lembrar que assim como os resultados e os indicadores que servem como parâmetro para as companhias, o planejamento também deve ser divulgado para toda a equipe, com o intuito de promover uma integração em torno do mesmo propósito e fortalecer o engajamento. 

>>Leitura recomendada: Gestão à vista como forma de engajar equipes e aumentar produtividade

3. Tenha objetivos definidos

Além de compartilhar com a equipe o planejamento e as diretrizes estratégicas, também é importante que todos estejam cientes dos objetivos da empresa. 

Com a pandemia da Covid-19, a discussão acerca do propósito das empresas se tornou muito mais relevante, justamente porque o público passou a dar mais valor para isso também. Para se ter uma ideia, de acordo com o relatório Edelman Trust Barometer 2020: In Brands We Trust, que avaliou a confiança nas marcas durante o período da pandemia por meio de entrevistas realizadas com cerca de 12 mil pessoas em 12 países, um em cada três entrevistados convenceram outras pessoas a pararem de consumir uma determinada marca, por considerar que sua atuação nesse período não estava sendo adequada. 

>> Leitura recomendada: Alinhe sua empresa aos princípios do ESG

Portanto, além de ter metas bem definidas e que estejam alinhadas aos interesses de construir uma sociedade melhor, é importante que eles sejam de conhecimento de todos na empresa e que também exista uma identificação, afinal, nada melhor do que um time que trabalha para alcançar objetivos em comum, não é mesmo? 

4. Comunicação

Uma comunicação transparente e eficiente é fundamental para o trabalho em equipe, principalmente quando outros formatos, como o home office, ganham força e são vistos como uma tendência para o futuro do trabalho

Que uma boa comunicação é crucial para o trabalho em equipe, todo mundo já sabia. Porém, a gente não contava que isso seria colocado à prova com tanta intensidade como em 2020, por conta do aumento da adesão ao trabalho a distância.

Dessa forma, além do gestor ter se tornado o principal ponto de contato entre as equipes e o board, por exemplo, sendo responsável por repassar as informações para a equipe, ele também precisa se comunicar de forma transparente e procurar, sempre que possível, estabelecer uma conexão com o time, para entender os limites, as dificuldades e também em quais pontos ele pode ajudar ou dar suporte. 

Nosso CEO, Antonio Carlos Soares conversou com Debora Gaudêncio, facilitadora de diálogos, sobre como é possível que líderes adotem algumas técnicas da comunicação não-violenta com suas equipes. Assista: 

>>Leitura recomendada: 5 problemas reais de comunicação que atrapalham o andamento da sua empresa e como evitá-los

5. Feedback

Aplicar feedbacks de forma periódica auxilia no trabalho em equipe, porque esse é justamente o momento em que as habilidades e ações de cada um são avaliadas com base nas ações do conjunto. 

Assim, uma avaliação 360º tem o potencial de evidenciar os pontos positivos e também os de melhoria das equipes, porque proporciona um espaço no qual todos podem dar sua opinião sobre os outros, assim como avaliar o entrosamento da equipe e o trabalho da liderança. 

>> Leitura recomendada: Como aprimorar seus feedbacks com a metodologia 9box

Ao final desse processo, é muito provável que as equipes saiam mais felizes e com consciência do que precisa ser feito. Se quiser saber mais sobre como dar feedbacks construtivos, é só acompanhar o webinar abaixo, feito pelo nosso CEO, Antonio Carlos Soares: 

Trabalho em equipe: como motivar colaboradores

Você deve estar se perguntando porque não incluímos a motivação no tópico anterior, não é? A verdade é que consideramos este um item essencial do trabalho em equipe e decidimos dedicar um tópico especial para ele. 

O escritor e vice-reitor da Universidade de New York, Clay Shirky, apresenta em seu livro, A cultura da participação, de 2011, dezenas de exemplos de pessoas que trabalharam em equipe em projetos voluntários porque estavam motivadas pela própria natureza da atividade em si e não apenas por recompensas externas.

Para as empresas, as motivações internas e externas precisam caminhar juntas para fortalecer o trabalho em equipe. Por exemplo, as atividades que os times desenvolvem dão uma sensação de propósito, além disso, eles precisam estar satisfeitos com os benefícios e remuneração.

E mais: não podemos desconsiderar os cenários das empresas e equipes que estão trabalhando de forma remota, tornando ainda mais complexo o trabalho de manter o engajamento dos colaboradores. 

Portanto, as principais ações que podem ser feitas na hora de motivar equipes são: 

  • Definição clara do propósito; 
  • Demonstração de confiança e suporte por parte das lideranças; 
  • Comunicação  transparente; 
  • Feedbacks periódicos; 
  • Autogestão; 
  • Priorização de tarefas; 
  • Evitar a microgestão
 

>>Leitura recomendada: Como líderes podem manter a motivação em home office 

Ferramentas para trabalho em equipe

Como você acompanhou neste artigo, são muitas as habilidades exigidas dos líderes e seus times para que um bom trabalho em equipe seja desenvolvido. Porém, isso não significa que você não possa contar com a tecnologia para tornar esse desafio uma tarefa mais simples! O Runrun.it é um software de gestão completo, que facilita o trabalho em equipe, porque proporciona ferramentas para o planejamento e acompanhamentos das entregas, para que elas sejam feitas dentro do prazo. Também é possível se comunicar de forma transparente com a equipe – independentemente de onde vocês estejam – e obter métricas e indicadores de produtividade. Crie sua conta grátis agora: https://runrun.it

trabalho em equipe” width=  

Pesquisas e conteúdos mencionados

https://www.michaelpage.com.br/estudos-e-tend%C3%AAncias/habilidades-360-impulsione-seu-neg%C3%B3cio-com-talentos-h%C3%ADbridos

https://hbr.org/2016/06/the-secrets-of-great-teamwork

https://www.amazon.com.br/que-%C3%A9-hist%C3%B3ria-conhecimento/dp/8539306336

https://www.mckinsey.com/br/our-insights/diversity-matters-america-latina

https://www.scielo.br/j/rac/a/MVKFb8gcPzkKxbPm5YPMqGc/?lang=pt

https://www.businessolver.com/resources/state-of-workplace-empathy

https://www.edelman.com/research/brand-trust-2020

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>