Agile marketing: descubra porque a sua agência deve adotar na rotina de trabalho

Agile marketing: descubra porque a sua agência deve adotar na rotina de trabalho

Baseado em metodologias nascidas no universo do desenvolvimento de softwares, o agile marketing é um modelo de gestão essencial para que gestores de comunicação consigam superar desafios comuns no trabalho, como envolver a equipe, aumentar a produtividade e melhorar os resultados. 

A ideia ainda é recente para muitos e exige uma mudança de mindset, que irá levar a uma organização de processos de maneira interativa e contínua, com a participação dos clientes e equipes em diferentes estágios de construção de campanhas, produtos e serviços. 

Para você entender o agile marketing, bem como as metodologias ágeis para escolher qual ou quais delas se encaixam na necessidade do seu projeto ou equipe, preparamos esse guia completo sobre o assunto: 

 

As origens do agile marketing

Como o nome indica, o agile marketing tem sua história ligada aos princípios da gestão ágil, movimento que ganhou corpo no início dos anos 70, nas indústrias de desenvolvimento de software. 

Contudo, a ideia de buscar recursos que facilitem a organização dos processos do início ao fim, com a previsibilidade de problemas e suas resoluções, veio do meio automobilístico. 

A pioneira foi a Toyota, na década de 60, que começou a usar o kanban para visualizar etapas do processo de fabricação, bem como previa gargalos, como a falta de uma peça no estoque, por exemplo.  

Pelas características relacionadas à praticidade e promover um fluxo de trabalho mais enxuto, o kanban se tornou um ótimo sistema para a tomada de decisão, sendo ele um dos frameworks mais populares no Agile. 

A formalização do método alternativo de gestão aconteceu com o Manifesto Ágil, publicado em 2001, com o intuito de buscar maneiras melhores de desenvolver programas e sistemas. A partir desse momento se definiram pilares de ação do movimento: 

Imagem com uma tabela em duas colunas, distribuindo os conceitos do Manifesto para o Desenvolvimento Ágil de Software. Este manifesto inspirou os conceitos do Agile Marketing. Na coluna da esquerda estão os conceitos mais valorizados e, na da direita, os menos valorizados. Assim, valoriza-se: indivíduos e interações mais que processos e ferramentas; Software em funcionamento mais que documentação abrangente; Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos; Responder a mudanças mais que seguir um plano.
Princípios do Manifesto Ágil

Não demorou muito tempo para que o marketing também embarcasse nessa metodologia de gestão. Em 2012, em São Francisco, cerca de 20 pensadores do marketing se reuniram na chamada Sprint Zero, para formular o Manifesto de Marketing Ágil, a partir do compartilhamento das suas ideias, sucessos e fracassos. 

Com seus valores e princípios centrais, passaram a ser buscadas as melhores maneiras de criar valor para os clientes e para organizações através de novas abordagens de marketing.

E, afinal, o que é Agile Marketing?

Podemos conceituar o Agile Marketing como uma estratégia de gestão de projetos acelerada e com objetivos nítidos. Nessa visão, o projeto é dividido em pequenas tarefas: as equipes identificam cada etapa do processo e concentram seus esforços na execução delas com qualidade e objetividade até que o processo seja concluído. 

O Agile Marketing compreende o uso e análise de dados como base para resoluções de problemas em tempo real, realizando testes, interpretando os resultados, fazendo e refazendo quantas vezes precisar, com o objetivo de melhorar sempre. 

Com uma gestão ágil é possível realizar diversos projetos ou campanhas ao mesmo tempo, adotando novas ideias sempre que for preciso. 

Com equipes em jornadas flexíveis, o Agile Marketing pode fazer ainda mais sentido, pois as metodologias ágeis tornam mais fácil o envolvimento das pessoas em cada etapa do projeto, além de deixar todo o processo visível, com metas e prazos determinados.

Para você conhecer mais sobre essa metodologia, confira o webinar com o CEO e cofundador do Runrun.it, AC Soares: 

Os fundamentos do Agile Marketing

Incorporar o mindset ágil é a primeira etapa para quem deseja adotar metodologias ágeis presentes no Agile Marketing. Por isso, trouxemos os valores e princípios do agile marketing, presentes no Manifesto de Marketing Ágil, para você conhecer.

  1. 1. A maior prioridade é satisfazer o cliente por meio da entrega antecipada e contínua de marketing que resolva os problemas.
  2. 2. Acolher e planejar alterações. A capacidade de responder rapidamente às mudanças é uma fonte de vantagem competitiva.
  3. 3. Entregar programas de marketing com frequência, de algumas semanas a alguns meses, com preferência para a escala de tempo mais curta.
  4. 4. Um bom marketing requer um alinhamento próximo com o pessoal de negócios, vendas e desenvolvimento.
  5. 5. Criar programas de marketing em torno de indivíduos motivados. Dar a eles o ambiente e o suporte de que precisam e confiar neles para fazer o trabalho.
  6. 6. Aprender, por meio do ciclo de feedback “construir – medir – aprender”, é a principal medida de progresso.
  7. 7. O marketing sustentável exige que você mantenha ritmo e fluxo constantes.
  8. 8. Não ter medo de falhar; mas não falhar da mesma forma duas vezes.
  9. 9. A atenção contínua aos fundamentos de marketing e um bom design aumentam a agilidade.
  10. 10. A simplicidade é essencial.
 

Lembram bastante os princípios do Manifesto para o Desenvolvimento Ágil de Software, não é mesmo? Agora vamos aos valores do Agile Marketing, criados ainda no Sprint Zero.

Imagem com uma tabela em duas colunas, distribuindo os valores do Agile Marketing. Na coluna da esquerda estão os de maior valor e na da direira, os de menor valor. Assim, tem-se: Aprendizado validado mais que opiniões e convenções; Colaboração focada no cliente mais que silos e hierarquias; Campanhas adaptativas e interativas mais que campanhas Big-Bangs; O processo de descoberta do cliente mais que a previsão estática; 
Planejamento flexível versus rígido; Responder à mudança mais do que seguir um plano; Muitas pequenas experiências no lugar de grandes apostas.

Jim Ewel, um dos evangelizadores e precursores do Agile Marketing, afirma que o objetivo é “satisfazer o cliente através da entrega contínua, que resolve problemas e cria valor”. 

Agora que você já sabe as transformações no modo de pensar que precisará absorver junto com a sua equipe antes de implementar o Agile Marketing, é hora de conhecer as metodologias em si, para escolher qual a melhor para os seus projetos e para o seu time. Vamos lá?

Jim Ewel, um dos evangelizadores e precursores do agile marketing, afirma que o objetivo é “satisfazer o cliente através da entrega contínua, que resolve problemas e cria valor”.

Agora que você já sabe as transformações no modo de pensar que precisará absorver junto com a sua equipe antes de implementar o Agile Marketing, é hora de conhecer as metodologias em si, para escolher qual a melhor para os seus projetos e para o seu time. Vamos lá?

Metodologias ágeis: os frameworks na prática

Os métodos ligados ao Agile Marketing têm o objetivo de orientar a gestão de projetos através de sistemas e ciclos pré-estabelecidos.

Isso ajuda a prever situações e a ter um maior controle das atividades. Vamos conhecer brevemente alguns deles.

1. Scrum

Divide os projetos em ciclos, geralmente de duas ou quatro semanas, chamados de sprints. Com a divisão nítida das fases de desenvolvimento, o scrum conta com reuniões de acompanhamento, onde é descrito o que já foi feito, os próximos passos e quais são os desafios do momento. 

O framework é formado por equipes enxutas que possuem habilidades diversas e que juntas prontamente pensam em soluções para o serviço desempenhado. E a cada avanço desse processo, há uma comunicação clara com o cliente, para que eventuais aprimoramentos aconteçam de maneira rápida e intuitiva. 

Para se aprofundar nesta metodologia, recomendamos a leitura deste post: Scrum na prática.

2. Kanban

Lembra que já falamos dessa ferramenta? Ela evoluiu e hoje pode ser encontrada em ferramentas de gestão como o Runrun.it 

Na prática, divide-se um quadro em três colunas: “para fazer”, “fazendo” e “feito”. Nele há  cards que devem representar uma tarefa e serem movidos entre as colunas conforme a mudança de status. 

No recurso presente em nossa ferramenta, você pode distribuir tarefas nas colunas de maneira organizada e prática, utilizar os filtros para localizar as demandas de apenas um projeto, de uma equipe ou pessoa específica, ou todos os projetos de um cliente, por exemplo. 

3. Lean

É um tipo de gerenciamento que visa evitar desperdícios e, para isso, emprega apenas o estritamente necessário para a realização de um determinado trabalho, etapa ou processo.  

Ou seja, o lean enxuga os recursos e processos, deixando as ações mais efetivas e funcionais. 

Como alguns dos objetivos do Agile Marketing são simplificar e usar apenas os recursos necessários, a metodologia lean tem sido bastante utilizada.

Quer conhecer mais recursos que te ajudam a colocar o Agile Marketing em prática? Nós preparamos um material completo com dicas e ferramentas essenciais. Preencha o formulário abaixo e acesse gratuitamente:

Como implementar o Agile Marketing

Um pré-requisito para o Marketing Ágil funcionar é ter, desde o princípio, o apoio dos líderes de equipe. 

Essa mudança passa por construir uma cultura ágil na empresa, portanto, é preciso investir tempo em estudar as ferramentas que servem ao Marketing Ágil, treinar as pessoas, conhecer os frameworks do Agile Marketing e estar aberto para erros.

No mindset ágil, toda a equipe é envolvida e busca entender as necessidades do cliente, para descobrir quais canais e mensagens atingem melhor o público-alvo. 

Agile marketing no cronograma de projetos

Dentro do cronograma de projetos, o Agile Marketing exige a definição de temas estratégicos, que orientam as atividades necessárias para cumprir os objetivos de marketing e atingir o público-alvo. 

A adoção de um planejamento estratégico se faz imprescindível no Agile Marketing. Gestores e líderes do marketing ágil precisarão sempre analisar informações baseadas em dados e indicadores de desempenho, avaliando a distribuição de recursos e pautando as ações futuras. 

Planejar campanhas e atividades em ciclos trimestrais, mensais ou quinzenais com a flexibilidade de ajustar o roadmap (mapa que guia os projetos) passa a ser uma tática capaz de reduzir custos e otimizar o tempo.

>> Leitura recomendada: Como o gráfico de Gantt te ajuda na gestão de projetos.

Uma ferramenta completa para ser ágil

Se você quer aderir ao Agile Marketing, você vai precisar de uma ferramenta ágil. Utilize um software de gestão de tarefas para engajar seus colaboradores e adaptá-los rapidamente a qualquer metodologia do Agile Marketing.

O Runrun.it permite o gerenciamento de projetos de qualquer tamanho, organiza o fluxo das demandas em formatos de kanban e de Gantt, registra todas as discussões e ajuda a monitorar as entregas dos envolvidos.

A ferramenta ainda oferece um dashboard customizável, com métricas de desempenho e permite definir prioridades, fazer planejamentos de projetos, acompanhar o tempo de execução das tarefas e a disponibilidade da sua equipe em tempo real. Faça já seu teste grátis: http://runrun.it.

agile marketing  

Conteúdos mencionados:

https://agilemarketingmanifesto.org/languages/portuguese/

https://www.workfront.com/project-management/methodologies/agile/agile-marketing

https://www.aha.io/roadmapping/guide/marketing-methods/what-is-agile-marketing

4 thoughts on “Agile marketing: descubra porque a sua agência deve adotar na rotina de trabalho

  1. Olá,

    Ideias priorizadas são “colididas” no topo da fila para serem testadas imediatamente. Não seria colocadas gente?

    ótimo conteúdo, vocês o produzem internamente?

    Abraços

    1. Boa tarde, Gabriel! Isso mesmo. Obrigada pela correção, já mudei o texto.
      Nossos conteúdos são produzidos internamente. Volte sempre! 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>