Quais serão as qualidades de um(a) líder em 2030?

Quais serão as qualidades de um(a) líder em 2030?

Em 1900, a grande potência mundial era a Grã-Bretanha. Será que alguém imaginaria que, pouco mais de 100 anos depois, a União Soviética existiria e a China despontaria como potência econômica? É com essa incerteza do que acontecerá no futuro que a consultoria Hay Group e os pesquisadores da Z-Punkt fizeram um estudo e identificaram seis grandes tendências 2030 que afetarão expressivamente o que é entendido como qualidade de um(a) líder. Confira a seguir!

1. Globalização 2.0

Uma nova ordem econômica está em ascensão – vinda do rápido crescimento do mercado asiático (especialmente chinês) e longe das “antigas” economias. Isso resulta em inúmeras oportunidades e também ameaças para as dinâmicas de mercados locais – principalmente com o crescimento da classe média.

2. Crise ambiental

A falta de recursos naturais e as mudanças climáticas só tendem a piorar. Frente aos aumentos de preços e pressões sociais e de mercado, os novos líderes terão que repensar suas operações se eles quiserem se manter competitivos. Inovação parece ser a palavra-chave dentre as qualidades de um líder do futuro.

Persona_Joana

3. Individualismo e o valor do pluralismo

O aumento da riqueza nos mercados emergentes deverá fomentar atitudes individualistas em muitas partes do mundo. As pessoas desejarão ser atendidas a partir de suas necessidades individuais, tanto funcionários quanto clientes. Se por um lado isso cria a oportunidade de um mercado de produtos e serviços superpersonalizados, demanda profissionais bastante produtivos e grande sensibilidade e agilidade dos líderes.

4. A Era Digital

Viver e trabalhar com a tecnologia digital será o comum. As plataformas digitais substituirão o poder das organizações pelo dos consumidores e funcionários. Isso irá quebrar antigas divisões entre a vida pessoal e a profissional das pessoas. E exigirá uma transparência sem precedentes, que obrigará líderes a agirem com sinceridade e autenticidade.

O antropólogo italiano Massimo Canevacci afirma que “A comunicação contemporânea está favorecendo é que o público seja parte constitutiva da obra e que possa representar sua própria história. A tecnologia digital está favorecendo a criatividade da pessoa. Isso significa que o público, que era somente espectador, vem agora a ser espect-ator, isto é, uma mistura do que participa, mas que é também ator.”.

5. Mudança demográfica

A população mundial crescerá e envelhecerá rapidamente, o que transformará mercados e pressionará as estruturas sociais e de bem-estar já estabelecidas. Isso resultará na diminuição da força de trabalho global, provocando uma guerra por talentos entre as organizações numa escala sem precedentes. Os líderes terão de lidar com equipes cada vez mais intergeracionais – e cada faixa etária, já sabemos, tem suas atitudes e exigências próprias da idade.

Inclusive, escrevemos um texto que foi centenas de vezes compartilhado, que você pode ler aqui: “Por que a Geração Y se cobra tanto?

6. Convergência tecnológica

O progresso científico em áreas como a nanotecnologia e a biotecnologia irá transformar nossas vidas. Esta onda de inovação criará incalculáveis novos mercados. E também cobrará das empresas estar sempre à frente, além de colaborar com os concorrentes em programas complexos de Pesquisa & Desenvolvimento.

Muita responsabilidade para uma pessoa?

Imagine que isso provavelmente será realidade daqui 16 anos – e essa realidade é muito parecida com a de hoje, só que bastante ampliada. Se você deseja ser um líder do futuro, trabalhar com transparência, manter uma equipe produtiva e reconhecer os bons exemplos, teste o Runrun.it gratuitamente: http://runrun.it

Você também pode gostar de ler:

qualidades de um líder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>