Como pedir um aumento? Dicas imperdíveis para você convencer seu chefe

Como pedir um aumento? Dicas imperdíveis para você convencer seu chefe

Esse artigo é sobre um daqueles assuntos espinhosos, que provavelmente sempre rondam seus pensamentos sem que você saiba direito como verbalizá-los. Afinal, ainda que seja fundamental enxergarmos um propósito naquilo que fazemos, infelizmente são raros aqueles entre nós que não precisam trabalhar para pagar as contas. É por isso que a remuneração financeira continua sendo a razão pela qual a maioria mantém um trabalho – e é inegável que, quanto maior o salário, melhor. Donde surge a pergunta que não quer calar: como pedir um aumento?

O problema é que muitos de nós não sabemos como realizar uma negociação por um salário maior. E isso já no momento de se candidatar para uma vaga: são poucos os que sabem que essa negociação é esperada no momento de uma entrevista, por exemplo.

>> Leitura recomendada: Gestão estratégica de pessoas: (Teste) Seu chefe é mala?

Dicas imperdíveis de como pedir um aumento

Neste texto para o portal Inc., Jayson DeMers, fundador e CEO da agência de marketing de conteúdo norte-americana Audience Bloom, afirma que, se não soubermos como pedir um salário maior, poderemos estar deixando dinheiro sobre a mesa.

Então ele compartilha algumas orientações que certamente vão te ajudar a negociar uma remuneração financeira melhor pelo seu trabalho:

1. Faça muitas pesquisas

DeMers afirma que, antes de chegar a um número, você deve fazer cálculos com base em pesquisas bem objetivas. E isso se deve a uma série de razões. Primeiramente, você encontrará um valor muito mais apropriado que se simplesmente tentar adivinhá-lo com base na sua experiência. Em segundo lugar, porque você conseguirá apoiar sua demanda por um salário maior em fatos e evidências, o que também mostrará que você se preparou para isso.

E, por último, você será capaz de proceder com muito mais autoconfiança do que se tivesse simplesmente formulado um número. Assim, antes de pedir uma reunião com o(a) chefe, certifique-se de investigar qual é a média de salário que o mercado está pagando, para que seu pedido não fuja da realidade.

>> Leitura recomendada: Como motivar uma equipe: 10 dicas para fazer seus colaboradores vestirem a camisa da empresa

2. Converse com os recrutadores

Uma forma de realizar essa pesquisa pode ser uma boa conversa com os recrutadores e headhunters. Eles costumam saber exatamente o quanto valem profissionais com a sua experiência e habilidades, então não hesite em usar isso a seu favor.

Na próxima vez que algum recrutador ligar para você, engate uma conversa sobre as responsabilidades e o pagamento da posição para a qual ele te chama. Pode ser que você não obtenha um número exato, mas uma estimativa já vai ajudar.

A Robert Half, empresa especializada em recrutamento, tem um guia de salários para algumas áreas que pode ser aplicado na sua pesquisa.

3. Tenha consciência do valor que você pode gerar para a empresa

No caso de uma entrevista, DeMers afirma que seu valor para a companhia pode ir muito além da posição para a qual você se candidatou.

Por exemplo: um gerente sênior de marketing com dez anos de experiência, background empreendedor e proficiência em design gráfico e programação básica vai acrescentar muito mais valor do que um gerente sênior com cinco anos de experiência e pouco mais além disso.

“Todas essas habilidades periféricas que você gerou ao longo do tempo têm um valor objetivo”, atesta DeMers, “então não as negligencie ao fazer os cálculos”. Além disso, considere o fato de que o seu valor para a companhia deveria ser baseado em um período maior do que o de simplesmente um ano. Pergunte-se: “como posso aprimorar essa companhia no futuro?”.

4. Ignore o que você ganhou antes

Jayson DeMers relata que um erro grave cometido em negociações de aumento salarial é a utilização do salário anterior como base. É comum que seja pedido esse salário mais uma pequena porcentagem adicional. A não ser que você não tenha evoluído absolutamente nada, o especialista afirma que isso é contraproducente.

“Não baseie seus cálculos no seu salário antigo”, conta DeMers. “Em vez disso, olhe para o valor objetivo que você pode agregar para a companhia e para a evidência que você coletou na sua pesquisa”.

5. Explique o racional que te levou ao pedido

Quando você fizer o pedido por um aumento, assegure-se de mencionar toda a pesquisa que foi realizada. Uma explicação apressada pode comprometer suas intenções; então, procure ser detalhista e claro, especialmente se você vai pedir mais do que o mercado está pagando pela posição.

Justifique porque você vale o investimento maior que a companhia fará, e procure ser o mais objetivo(a) possível. Mesmo se o seu pedido exceder o que o seu chefe tem em mente, ele provavelmente apreciará o esforço extra que você dedicou à tarefa.

6. Mantenha a linguagem corporal e o discurso confiantes

DeMers afirma que essa dica pode parecer um tanto óbvia, mas vale enfatizá-la. No momento de pedir um aumento, é fundamental manter uma postura aberta, direta e confidente.

“Evite uma linguagem corporal excessiva ou frenética”, sugere o especialista, “e mantenha contato visual sem encarar o interlocutor”. Pode ser útil, também, que você diminua o tom da sua voz para soar mais convincente; procure se expressar genuinamente, e falar com vagar e segurança para soar mais profissional e confiante.

7. Esteja preparado para dizer “não”

Por fim, ao refletir sobre os números, você deve também se preparar para um ponto em que deverá “sair da conversa” – ou seja, no caso de receber uma oferta final que é tão baixa que você terá que recusá-la.

Isso pode ser baseado em uma necessidade financeira, no valor do mercado, ou simplesmente no quão bem você se sentirá com o novo salário. O importante é estabelecer um limite. Não será fácil, mas é fundamental que você saiba quando e como dizer “não”. Assim como precisamos saber ouvir um “não”.

Organizando a autogestão para impressionar seu chefe

Todas essas dicas valem para a hora H, o momento em que você for pedir um aumento. No entanto, temos duas últimas que podem te ajudar em todos os outros momentos a obter um salário maior: a primeira é a leitura deste artigo com seis passos para você impressionar seu chefe.

A segunda é mostrar por meio de uma ferramenta de gestão, como o Runrun.it, os resultados do seu trabalho e de como você tem se esforçado. O Runrun.it é um argumento imbatícvel para profissionais colaborativos e que geram entregas efetivas. Teste grátis agora: http://runrun.it

Gif_Signup-1-1-3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>