Como motivar uma equipe: 10 dicas para fazer seus colaboradores vestirem a camisa da empresa

Como motivar uma equipe: 10 dicas para fazer seus colaboradores vestirem a camisa da empresa

Você já deve ter ouvido o velho ditado “É o olho do dono que engorda o porco”. O provérbio refere-se à dedicação especial com que um gestor, seja um proprietário ou executivo, lida com o dia a dia da empresa. No entanto, quando olhamos para outros níveis e outros membros de uma equipe, seja ela na fazenda de porcos ou em uma grande multinacional, é comum encontrarmos profissionais desmotivados e nada engajados. Não é para menos: às vezes, apenas o salário não é o suficiente para fazer com que colaboradores “vistam a camisa” como donos. E aí vem aquela pergunta incômoda: como motivar uma equipe?

Trata-se de uma das mais importantes tarefas de um líder. E complexas: lidar com processos, resultados e números costuma ser muito mais simples do que liderar pessoas. Nem sempre um bônus financeiro é a ferramenta mais eficiente para este objetivo. Além disso, tempos de crise podem fazer com que uma empresa se veja impossibilitada de gastar ainda mais com esses incentivos.

Com isso em mente, preparamos uma lista com dicas imperdíveis de como motivar uma equipe – e, o que é melhor, sem gastar mais por isso.

 

Você lidera uma equipe? Aprenda 3 lições básicas

 

O motorista e a avalanche

Mas, antes, para ilustrar a importância de motivar a equipe, vale lembrarmos um caso clássico que ocorreu com um motorista da Fedex.

Ele seguia pelo Noroeste do Canadá, em um dia normal de novembro – inverno com temperaturas abaixo de zero – e tinha uma entrega a ser feita. Apenas uma. O condutor seguia sozinho em seu caminho, rumo ao ponto final.

Na metade do trajeto, perto da fronteira com o Alaska, uma barreira de neve havia desmoronado da montanha e obstruído a única via de acesso ao seu destino final. Mas o funcionário lembrou que 50km atrás havia um heliporto. Virou seu caminhão, foi até lá e, com seu cartão de crédito (nos EUA os limites são bem maiores) pagou o frete de ida e volta de helicóptero para entregar sua encomenda a tempo, sem entrar em contato com a sede da Fedex. Na época, gastou 5.000 dólares de seu limite de crédito. A entrega foi feita a tempo e o cliente ficou satisfeito.

Colegas e familiares ficaram atônitos. Acharam que ele poderia até ser demitido, ou que não pudesse reaver o dinheiro gasto. Mas o motorista disse que não tinha nada a ver com coragem: afirmou que só passou seu cartão de crédito porque tinha certeza de que sua empresa iria fazer o ressarcimento. Pois tinha plena convicção de sua missão e do que lhe é esperado, bem como dos valores de sua empresa.

Dito e feito. O fiel motorista teve seu cartão coberto pela Fedex e ainda ganhou a Medalha Púrpura, a maior premiação da empresa, como forma de reconhecimento e agradecimento por seus esforços e dedicação. Tudo porque estava completamente motivado, engajado.

Agora, vamos às dicas:

1. Assuma sua responsabilidade

Quando as coisas não dão certo, o que mais se vê nas empresas, sejam grandes ou pequenas, no Brasil ou no exterior, é a cultura do “bode expiatório”. O gestor, ao ser confrontado com resultados desfavoráveis e uma equipe ineficiente, trata logo de achar um culpado.

Acusar ou punir sua equipe por não estar motivada é uma forma de desencorajá-la ainda mais. Um bom líder assume a responsabilidade e, se necessário, arregaça as mangas para trabalhar lado a lado com os membros da equipe que quer motivar.

Neste artigo você encontra mais dicas sobre como ser um bom líder.

2. Conheça as pessoas que deseja motivar

Seus colaboradores não são números. E, certamente, não são todos iguais. Converse com eles e descubra suas particularidades. Procure saber o que motiva cada uma daquelas pessoas, que certamente têm razões diferentes para trabalhar melhor, seja por uma flexibilidade de horário, por uma chance de aprender algo novo, ou simplesmente pelo bom e velho reconhecimento. Neste artigo sobre gestão estratégica de pessoas, falamos sobre como motivar 10 tipos de profissionais.

3. E por falar em reconhecimento…

A maioria das pessoas tem o hábito de dar feedback (e aqui, uma avaliação de desempenho pode ajudar um bocado) apenas quando há algo errado. Uma das formas mais diretas de motivar pessoas é reconhecer um bom trabalho por meio de elogios particulares ou públicos. Ou, ainda, permitindo que o colaborador participe na hora de mostrar o resultado aos clientes ou outros gestores.

4. Inspire todos a um objetivo comum

Esta é uma das principais dicas sobre como motivar uma equipe. É preciso deixar clara a missão da empresa e ser coerente com ela. Compartilhe com a equipe o propósito da sua organização (este link explica melhor a importância de defini-lo), ou seja, aquilo que dá sentido à existência dela. E reforce periodicamente o conceito, para que todos da equipe entendam e certifique-se de que concordam. Explique o que a empresa faz, qual o papel da equipe nesse objetivo e qual a contribuição que se espera de cada colaborador para se atingir essa finalidade.

5. Delegar e desafiar

Se sua equipe é boa, faça uso dela. Um bom líder sabe delegar funções que ele acredita que seu colaborador pode realizar. Essas tarefas novas o tiram da rotina, fazem com que se sinta reconhecido e o deixam motivado para encarar novos desafios. Mas lembre-se da dica 2: saiba antes se aquela pessoa possui o perfil de gostar de novos desafios.

6. Ouça sua equipe – mas ouça de verdade

Todo desejam ser ouvidos e se sentir parte das decisões. Esteja sempre disposto a ouvir sugestões e incentive a participação dos outros com novas ideias. Mais do que apenas escutar, deixe claro que as propostas serão sempre estudadas e consideradas como uma possibilidade real. O assunto tem a ver com a “obrigação de discordar”, de que falamos neste artigo sobre liderança liberal.

Tudo isso faz parte de um bom trabalho em equipe. Aliás, falando nisso, vale você conhecer o Projeto Aristóteles, que revelou os segredos de um trabalho em equipe efetivo.

7. Agora que você ouviu, é hora de agir

Se seus colaboradores relatam que faltam ferramentas, treinamento ou condições de trabalho, faça o possível para satisfazer essas necessidades. Senão, elas irão se acumulando e eles logo irão desanimar e parar de trazer ideias de melhorias.

8. Planeje a longo, médio e curto prazo

Planos muito distantes são importantes, mas raramente sobrevivem à realidade. O gestor e sua equipe devem ter um objetivo grandioso a longo prazo, mas devem rever periodicamente o caminho para atingi-lo. Na hora de adaptar os rumos da empresa, cada membro deve ter funções ativas, com prazos bem definidos, cronogramas bem organizados e escopos condizentes com os talentos de cada um.

O Runrun.it existe justamente para isso: você consegue atribuir tarefas para o colaborador certo, monitorando quanto tempo e quantos recursos são investidos nelas.

9. Você pode exigir o improvável, mas não o impossível

Estabeleça metas de desempenho razoáveis e compartilhe-as por meio da gestão à vista, por exemplo. Procure criar metas que tragam benefícios à empresa, mas que possam ser atingidas com uma dedicação realista. Essas metas devem ser individuais e também coletivas. A competição saudável entre membros, aliada a um objetivo comum, é um potente motor para motivar sua equipe.

Exemplos incluem números de contratos assinados, conclusão de projetos, contatos comerciais realizados ou qualquer outra coisa que seja importante para sua empresa ou equipe. Como cada negócio tem sua própria forma particular de funcionamento, as metas podem ser a mais diversas, mas devem ser sempre facilmente mensuráveis e compreensíveis para todos – os KPI dashboards são exemplos disso. Lembram-se da dica 4? Entender o que se espera do seu trabalho é essencial para que um colaborador se mantenha motivado.

10. Mantenha os olhos no seu objetivo

Por fim, comunique regularmente aos seus funcionários e a todos os envolvidos nas metas a atingir, e como estão os resultados parciais do trabalho realizado. Se sua equipe está em primeiro lugar, ela pode se sentir orgulhosa e fazer de tudo para manter-se lá. Se ela está em segundo lugar, vai valorizar ainda mais o que um pouco de esforço extra pode render.

Seja na forma de uma mini reunião periódica, relatórios expostos em locais bem visíveis ou mesmo softwares de acompanhamento de projetos e metas, a lembrança da corrida os manterá sempre entusiasmados e dedicados.

Agora que você já sabe como motivar uma equipe…

Mãos à obra! E lembre-se, para estabelecer metas claras e acompanhá-las, conhecer e inspirar sua equipe com liderança e visualizar o que acontece em todos os processos de seu negócio, você pode contar com a ajuda de softwares de gestão como o Runrun.it. Faça o teste grátis agora mesmo: http://runrun.it

Além de organizar prazos, números e objetivos, a solução possibilita uma comunicação inteligente entre os membros do seu time. Assim, todos vão encontrar a motivação certa para, enfim, vestir a camisa.

4 thoughts on “Como motivar uma equipe: 10 dicas para fazer seus colaboradores vestirem a camisa da empresa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>