Os passos e técnicas para atingir a consistência no trabalho

Os passos e técnicas para atingir a consistência no trabalho

A consistência é uma das partes fundamentais para o desenvolvimento profissional e para a conquista de resultados positivos. 

Isso porque essa palavra pavimenta um dos caminhos para o alcance dos objetivos estratégicos, já que o crescimento gradual e estável direciona você e sua empresa com previsibilidade em direção às metas planejadas, garantindo a estabilidade da companhia. 

Isso não significa que devemos esquecer as apostas e campanhas mais ousadas, no entanto, a consistência representa uma segurança maior para as lideranças e ajuda a desenvolver habilidades até desconhecidas por meio da prática contínua. 

Com a transformação digital, a consistência no trabalho tornou- se mais frequente graças aos recursos automatizados das ferramentas que facilitam a gestão de projetos por meio da praticidade da repetição e a programação de funções. 

Neste artigo, vamos explicar a importância de manter um fluxo de trabalho constante e ágil e como é possível mudar o mindset profissional para atingir objetivos no ambiente corporativo e no desenvolvimento pessoal. 

 

O que significa a consistência no trabalho? 

Uma boa carreira profissional é construída por diversos fatores ligados à área de atuação selecionada e ao aprendizado contínuo que é desenvolvido em várias etapas da vida. 

Seja por meio dos conhecimentos tácitos ou das competências socioemocionais que adquirimos com as experiências, procuramos uma maneira de manter a regularidade e a consistência em nossas atividades. 

Mas o que de fato é a consistência no trabalho? Bem, ser consistente pode ter múltiplos significados, contudo no ambiente de trabalho essa característica diz respeito a manter a mesma qualidade nos serviços prestados, destacando-se pela capacidade de ser produtivo e eficaz. 

Ser consistente remete a solidez com que as atividades são realizadas. Ou seja, há o cumprimento de uma sequência lógica de repetição e aprimoramento para que a entrega final esteja dentro das expectativas idealizadas no planejamento tático de uma campanha. 

Portanto, quando se tem a consistência como uma meta profissional, as ações resultam numa entrega de valor qualificada, que ao longo do tempo irá proporcionar uma evolução gradual e constante para a formação profissional. 

Por que é importante ser consistente? 

Muitas vezes, ao longo do expediente, sentimos que os níveis de criatividade oscilam. 

Isso é completamente normal nos dias atuais, nos quais temos inúmeras distrações e pequenas tarefas que demandam tempo para serem finalizadas. 

>> Leitura recomendada: Cronêmica: como a percepção do tempo afeta a comunicação 

Somado a isso, tem o fato que a nossa concentração às vezes demora para ser retomada. Na verdade, isso demora cerca de 23 minutos em média, segundo um estudo da Universidade da Califórnia. 

É tempo demais para esperar um lampejo de genialidade, certo? É por esse motivo que a consistência é importante: podemos não estar cheios de inspiração, mas a regularidade das ações mantém nossa mente em atividade para que os compromissos e prazos sejam executados. 

Ser consistente requer uma série de hábitos que melhoram a atenção e com ela conseguimos organizar as tarefas com clareza e atingir o melhor desempenho, fazendo que o fluxo de trabalho não seja interrompido e a produtividade apareça naturalmente. 

>> Leitura recomendada: Alcance um novo tipo de eficiência com a produtividade 4.0 

A consistência no ambiente de trabalho também é válida para atingir os objetivos profissionais tão almejados, como a requalificação no mercado e o reconhecimento das suas habilidades. 

Como adquirir a consistência no trabalho 

Cada indivíduo possui seu próprio ritmo e dessa forma, pode alcançar o seu melhor patamar de consistência enquanto realiza suas atribuições. 

Se você quer descobrir os caminhos para se tornar um colaborador consistente, acompanhe as dicas que separamos a seguir

Invista na organização pessoal  

Seja no mundo das artes, do esporte ou no corporativo, muitas vezes existe a impressão que apenas as mentes geniais ganham destaque. 

É verdade que os chamados pontos fora da curva conseguem se posicionar à frente do seu tempo por suas habilidades, mas também existem figuras que chegaram longe pela persistência e consistência de suas ações. 

O que há em comum entre personalidades como Elon Musk, Bill Gates e Mark Zuckerberg está no método de organização pessoal adotado por eles, que leva em consideração a busca pelo conhecimento e o treinamento constante para alcançar seus propósitos. 

Pode parecer que a imagem desses grandes executivos esteja distante demais da sua realidade. No entanto, adotar uma rotina regular é um dos meios para superar um desafio por vez e encontrar seu próprio nível de consistência. 

Um início tangível para encontrar a melhor regularidade é a prática de hábitos simples, como a criação de checklists com as tarefas e compromissos do dia e reservar um tempo para cuidados pessoais, como leituras e exercícios físicos. 

No trabalho, você também pode contar com ferramentas de gestão como o Runrun.it para administrar o tempo da melhor maneira, definindo as prioridades e acompanhando a evolução dos projetos em tempo real. 

Busque novos conhecimentos 

Geralmente, escolhemos um segmento no mercado de trabalho que combina com skills inerentes ao nosso comportamento. Por isso, é de praxe seguir a intuição e investir na formação curricular que irá conduzir para a tão planejada carreira. 

Porém, nos dias atuais, há um maior intercâmbio entre as áreas e isso leva a necessidade de adaptação profissional, principalmente na era da transformação digital.  

Por isso, toda busca por um novo conhecimento é válida. Você pode abraçar a filosofia do lifelong learning e descobrir potenciais que estavam adormecidos e redirecionar o rumo profissional. 

Tenha objetivos bem definidos 

Só é possível manter a consistência no trabalho se as metas e os objetivos projetados forem bem transparentes.

Quando começamos um projeto inédito, é evidente que a motivação está em alta. No entanto, diante dos primeiros obstáculos, aparecem as dúvidas e a desmotivação. 

Essa queda no interesse e na produtividade pode ser contornada com a criação de metas específicas, que vão indicar onde você quer chegar e o que precisa fazer para vencer cada etapa. 

>> Leitura recomendada: Veja como obter indicadores de produtividade e eficiência

Além de definir previamente um plano de ação, é importante utilizar outros artifícios de gestão, como as Metas SMART, que com sua abordagem direto ao ponto ajuda na obtenção da consistência e na sequência das atividades planejadas. 

O aprendizado contínuo se dá de maneiras diferentes, tanto pelo incentivo da empresa ao possibilitar treinamentos e capacitações constantes ou pela busca individual de outros interesses. 

Seja qual for a rota escolhida, com o aprendizado contínuo você irá estabelecer uma rotina regular que só irá aumentar a consistência no trabalho e gerar resultados expressivos. 

Ferramentas e técnicas indispensáveis para ser consistente

A consistência ainda parece um conceito abstrato para você? Pois com essas dicas, é possível adaptar sua rotina e mudar a mentalidade para se tornar um profissional com entregas relevantes e qualificadas. Confira! 

Plano de Desenvolvimento Individual 

Começamos com uma ferramenta bastante conhecida no universo da gestão de pessoas, que é muito eficaz no acompanhamento da meta e na prática do autoconhecimento: o Plano de Desenvolvimento Individual, ou simplesmente PDI. 

Essa ferramenta consiste em um guia que ajuda os colaboradores a se desenvolverem em suas carreiras. 

O Plano de Desenvolvimento Individual pode ser criado em um simples documento ou tabela, que irá descrever os diferentes objetivos pessoais e profissionais que fazem parte da lista de desejos e interesses futuros dos colaboradores. 

O PDI permite que uma pessoa consiga se organizar com suas tarefas e projetos na qual está envolvida, desenhar estratégias para conquistar seus objetivos e definir uma rotina com consistência e motivação no trabalho. 

Crie prioridades 

Conciliar o que é importante e urgente e priorizar essas atividades é um grande trunfo para conseguir consistência no trabalho. 

Sabendo disso, é interessante utilizar mecanismos e ferramentas que auxiliam a definição de atividades prioritárias, sem esquecer das tarefas ongoing (rotineiras),deixando espaço para eventuais emergências, que podem ser pessoais ou profissionais. 

A criação das prioridades pode ser estabelecida de diversas maneiras, seja pelo uso de tabelas e matrizes de priorização, como a Matriz GUT e a Eisenhower, ou com a utilização de gerenciadores de projetos. 

O Runrun.it é um exemplo de plataforma na qual os gestores e usuários conseguem sinalizar e filtrar as demandas principais de forma rápida e simples, e assim acompanhar o progresso de cada job pelo dashboard interativo e funcional.

Use a Lei de Parkinson para obter a consistência 

Os prazos são itens que delimitam a quantidade de tempo que temos para fazer determinadas atribuições. Como muitas vezes o ser humano funciona melhor sob pressão, reduzir o deadline é uma boa tática para encontrar a consistência no trabalho. 

É o que diz a Lei de Parkinson, uma proposição que sugere a criação de prazos desafiadores para projetos que estão vagos e pouco consistentes. 

Com um curto período de tempo, é possível atingir o foco com mais rapidez para realizar uma entrega qualificada, já que toda a sua concentração estará dedicada à conclusão da atividade. 

>> Leitura recomendada: Como atingir o estado de flow 

A repetição da prática leva à melhor gestão do tempo, o que por consequência contribui para o aumento da consistência e da eficiência. 

Gestão ágil 

A gestão ágil vai além da velocidade para a entrega das ações, como indica o nome. O modelo de gestão que apareceu nas indústrias de software propõe a colaboração entre os times e as mudanças contínuas como caminhos para a melhoria dos produtos e serviços. 

A inclusão dos métodos ágeis agrega benefícios para as rotinas individuais dos envolvidos, além de fomentar o trabalho em equipe e a cooperação com clientes. 

O scrum, por exemplo, é operado por meio de sprints, ciclos de curta duração que preveem a repetição das operações, o feedback para ajustes e uma retrospectiva que indica os passos necessários para a próxima fase. 

Com esses hábitos, o profissional consegue se programar para realizar suas funções de maneira natural, aperfeiçoando as suas habilidades e melhorando a consistência. 

Conte com um software de gestão 

A automação de processos é um item essencial para encontrar a consistência, pois reduz a burocracia das operações e simplifica etapas que são constantes no expediente. 

O software de gestão entra nesse momento como um recurso que otimiza o tempo da equipe ao permitir a replicação de modelos de projetos e tarefas com apenas um clique, mantendo os padrões estabelecidos, sem a necessidade criar todo o processo desde seu início. 

No Runrun.it, além da opção de clonar as atividades, você dispõe de widgets automatizados que promovem a repetição das atividades; o timesheet, que contabiliza o tempo utilizado no projeto; entre outros elementos que favorecem a gestão de projetos e a tomada de decisões. 

Aumente sua consistência no trabalho com o Runrun.it 

Completo e fácil de usar, o Runrun.it é o programa ideal para atingir a consistência no trabalho. Com a plataforma, todos conseguem visualizar o decorrer do projeto em tempo real e centralizar as informações mais importantes em um só lugar. 

A ferramenta possui integrações com outros programas utilizados para a gestão do trabalho e automatiza as funcionalidades para promover praticidade e agilidade na criação de relatórios, mensuração de indicadores e entrega de resultados. 

Crie sua conta e faça o teste: https://runrun.it/pt-BR

consistência”=

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>