Gestão do trabalho: como um sistema pode te ajudar

Gestão do trabalho: como um sistema pode te ajudar

A gestão do trabalho compreende o ato de gerenciar não só a sua própria rotina, mas também a de uma equipe, garantindo o bom andamento das atividades da empresa. Além disso, não podemos esquecer dos programas de crescimento, que envolvem o estímulo à inovação, transformação digital e a escolha dos softwares adequados para as suas necessidades. Ufa! Muita coisa não é mesmo? 

Pensando nisso, nós preparamos esse artigo com as principais estratégias que você pode adotar para garantir a sobrevivência da sua empresa através de uma gestão do trabalho transparente e inovadora, utilizando a tecnologia da melhor forma. Veja o que você vai encontrar neste post:

 

Estratégias para reinventar a gestão

Já é de praxe em todo final de ano elaborar uma lista com as principais tendências do próximo período e quais os principais setores que você pode apostar. Por conta do avanço tecnológico cada vez mais potente, adotar estratégias de reinvenção e inovação deixaram de se tornar diferenciais para serem consideradas praticamente obrigatórias para garantir a sobrevivência da sua empresa. 

Como exemplo disso, nós temos a pandemia causada pelo novo coronavírus em 2020, que além de causar uma crise do sistema público de saúde, também afetou economicamente grande parte das empresas que não tinham passado pela transformação digital e não possuíam maneiras de se estruturar online ou através do trabalho remoto das equipes. Em casos como esse, a inércia representou a última pá de cal em alguns negócios. 

O consultor estratégico Martin Reeves, em seu livro,  Sua Estratégia Precisa de uma Estratégia: Como Eleger e Colocar em Prática a Melhor Abordagem, explica que diante das constantes transformações externas é preciso escolher a estratégia correta para garantir sua continuidade e crescimento.

Por isso, agora que você sabe que inovar é importante, precisa ter em mente que esse movimento precisa ser estratégico e relacionado a missão e visão do seu negócio, do contrário pode ser apenas um movimento ousado que vai acabar não rendendo o frutos esperados. De acordo com Reeves, é possível abordar o seu negócio de cinco formas distintas: 

  1. 1. Clássica, 
  2. 2. Adaptativa, 
  3. 3. Visionária, 
  4. 4. Modeladora 
  5. 5. Renovação.
 

Com isso, você pode ativar uma ou mais dessas estratégias para atualizar a sua organização.

Atualmente, um dos pontos mais comentados é a transformação digital e a automação de processos. A Mckinsey estima que até 2030, 375 milhões de trabalhadores em todo o mundo e mais de 30% do total da força de trabalho nos EUA precisarão mudar de emprego ou atualizar suas habilidades de forma significativa.

Um estudo, também da McKinsey, calcula que 50% das atividades executadas atualmente pelos empregados possam ser automatizadas com tecnologias que já existem e são comprovadas. Entretanto, apenas 10% dessas tarefas estão realmente sendo automatizadas a uma taxa acima de 90%.

Você pode começar a montar as suas estratégias de gestão do trabalho pensando na automatização de processos, de forma a aproveitar melhor o quadro que você já tem disponível ou mesmo redirecionar recursos para áreas de inovação. Ser capaz de responder às mudanças de forma rápida e com resiliência pode te ajudar em cenários adversos. 

Nesse sentido, equipes multidisciplinares e diversas costumam obter mais sucesso, resolvendo problemas com mais rapidez e eficiência. Combinados com práticas da metodologia ágil, os squads, como esses grupos são popularmente chamados, muitas vezes funcionam como pequenas empresas dentro do próprio negócio que estão focadas em criar novos projetos ou aprimorar os que já existem. 

Como nos squads não existe uma hierarquização muito forte, ou seja, não existe a figura de um “líder supremo”,  – o que evita a microgestão – dando mais liberdade de pensamento e de expressão, o que ajuda a evitar que uma ideia boa não seja desperdiçada por medo ou vergonha. 

>> Leitura recomendada: Síndrome do impostor: como fugir dessa cilada?

A importância da inovação

Como você pode ver, as necessidades de transformação estão cada vez mais aceleradas por conta do avanço tecnológico. Hoje, é cada vez mais necessário que qualquer organização reflita sobre sua forma de operar, pois só uma estrutura ágil e flexível é capaz de responder rapidamente às mudanças.

Inclusive, vale a pena ter em vista grandes companhias que se reinventaram ao longo dos anos e servem como inspiração para o seu negócio. Gigantes como IBM e HP remodelam sua estrutura, de forma constante, para se manterem competitivas. Por isso, a transformação de empresas é tão importante para você, como gestor(a), adequar a sua operação aos novos tempos, às novas necessidades das pessoas e ao mundo digital.

Segundo pesquisa da McKinsey, o ciclo de transformação ainda está muito longe de ser concluído – e mesmo o crescimento segue lento. Pois somente 4% das empresas estão totalmente digitalizadas. Enquanto isso, a maioria das organizações estudadas (30%) ainda pertence a um estágio incipiente de digitalização. Ou seja, há campo e opções para avanços e mudanças de rota na gestão do trabalho.

Martin Sorrell, chairman da S4 Capital (uma das maiores empresas mundiais de marketing e mídia digital), em entrevista ao portal Sky News, afirmou: “Empresas que hesitavam em avançar no digital porque as coisas estavam indo razoavelmente bem e preferiram não causar uma grande ruptura nas coisas, agora estão fora da jogada”. Para Sorrell, a COVID-19, vai ser responsável por acelerar, ainda mais, a transformação digital. 

Inovação, transparência e resultados

Neste contexto, alguns fatores tornaram-se chave para o sucesso na gestão do trabalho. A transparência organizacional é um deles e no artigo você encontra tudo o que precisa saber sobre ela para garantir a comunicação clara, a integração das pessoas e feedbacks construtivos. O que permite aos gestores tornar sua liderança confiável e a operação mais organizada e produtiva.

Outro aspecto importante para a sua empresa é a mensuração de resultados. E vale destacar que essa prática está diretamente ligada à transparência. Com o método, você consegue deixar todos os objetivos e indicadores às claras, engajar a equipe e incentivar a atitude de dono. Pois nada é tão contraproducente quanto colaboradores que se sentem à margem da operação. Então, construir uma cultura de resultados é fundamental para mensurar o que acontece dentro da sua empresa.

>> Leitura recomendada: Cultura de dados: como adotar esse modelo de gestão na sua empresa

Por isso, uma gestão à vista é tão valiosa para o seu negócio e conta com os principais dados ao alcance de todos. Até porque a partir dos painéis com informações, as métricas podem ser facilmente visualizadas e interpretadas por toda a equipe. Inclusive, com a implementação de um software inteligente de gestão do trabalho, você automatiza processos e pode acompanhar todos os KPIs de que precisa. O Runrun.it, por exemplo, possui o Dashboard customizável, que permite a criação de métricas de desempenho das pessoas, o monitoramento dos projetos e as entregas.

>> Leitura recomendada: KPI dashboard: para você descobrir o que funciona

A gestão do trabalho também pode ser remota

O trabalho remoto, assim como a flexibilização das jornadas, já era um tema muito abordado desde quando o  assunto em pauta era futuro do trabalho. Porém, com a pandemia de COVID-19 que se espalhou pelo mundo em 2020, o home office se tornou uma realidade para muitos, o que colocou em cheque muitas das crenças da gestão do trabalho. 

Uma pesquisa realizada pela Buffer em 2020 traz alguns dados interessantes a respeito do trabalho remoto. 98% dos entrevistados gostariam de trabalhar remotamente em algum momento da carreira. Em relação a 2019, esse número caiu apenas 1%.

Através dos dados da pesquisa, nós conseguimos ponderar que existem pontos altos e baixos em relação ao trabalho remoto e que cabe a nós, que estamos trabalhando nessa modalidade atualmente, descobrir o que pode ser feito para lidar melhor com esse cenário. Você pode acompanhar esses dados no infográfico abaixo:

 

Considerando os efeitos causados pela pandemia do novo coronavírus, o Runrun.it realizou uma pesquisa com mais de 300 gestores e líderes, para entender como foi o processo de adoção do trabalho remoto e quais são as expectativas para o futuro, ou seja, se mesmo com o fim do isolamento social os entrevistados pretendem ou não continuar trabalhando a distância. 

No cenário pré pandemia, apenas 44% costumava trabalhar em home office, em uma baixa frequência, apenas 1 vez por semana. Dessa forma, podemos ver que muito provavelmente as pessoas costumavam fazer home office de forma esporádica, para realizar tarefas do tipo “deep work” (que demandam mais concentração). 

Atualmente, 88% dos entrevistados está trabalhando de forma 100% remota. Uma grande virada, não é mesmo? E a tendência é que esse número continue sendo alto, mesmo após o fim da pandemia: 80% dos líderes/gestores de agências pretendem adotar o trabalho a distância em uma frequência que varia de 3 (19,6%) a 5 (17,3%)  dias por semana.

Sistemas de gestão do trabalho 

Como você pode acompanhar no tópico acima, o trabalho remoto agora é uma realidade para muitos. Por isso, a necessidade por um sistema de gestão do trabalho se tornou cada vez mais evidente. 

Basicamente, um sistema de gestão do trabalho é uma ferramenta usada para facilitar a complexa tarefa de gerenciar pessoas e metas e conectar a estratégia da empresa à execução de projetos. 

Dessa forma, você consegue cadastrar as suas demandas, acompanhar o progresso e orçamento dos seus projetos em um único lugar, além de deixar a comunicação transparente para todos, o que é fundamental se você está trabalhando à distância e precisa acompanhar as tarefas do time, dar feedbacks, registrar informações e coletar dados para tomar decisões de forma ágil. 

Além disso, segundo pesquisa realizada pelo Runrun.it, o principal desafio enfrentado é a falta de interação com outros colegas (72,7%). Dessa forma, é crucial prezar pela boa comunicação, já que em muitos momentos o gestor é a principal fonte de informação dos colaboradores, quando você possui uma “central única da verdade”, fica mais fácil repassar essas informações, evitando até mesmo o retrabalho

Por isso, você precisa encontrar o sistema de gestão que mais de adequa as necessidades da sua empresa.  

O melhor sistema de gestão de trabalho para sua empresa

O Runrun.it é um ótimo exemplo de sistema de gestão do trabalho. Ele permite que você conduza sua equipe com maior agilidade, transparência e dinamismo. É o primeiro passo que a sua empresa pode dar em direção à transformação digital, tão relevante nesse momento. 

Com o Runrun.it, você consegue ter a visão do todo – de todos os projetos e processos -, obter indicadores de performance, estabelecer a gestão de custos por cada cliente, promover uma comunicação integrada e formalizada entre a equipe, engajando colaboradores, independente de onde eles estejam. Crie sua conta agora: http://runrun.it

gestão do trabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>