Motivando profissionais de TI: dicas para manter sua equipe sempre engajada

Motivando profissionais de TI: dicas para manter sua equipe sempre engajada

Não seria ótimo se gerir empresas fosse como uma receita de bolo? Faça isso, faça aquilo, e pronto: sucesso instantâneo. No entanto, feliz ou infelizmente, empresas são compostas de pessoas. Estas pessoas são únicas e merecem um cuidado personalizado. Para fazer com que sua equipe trabalhe melhor, hoje vamos dar algumas dicas sobre motivação no ambiente de trabalho, especialmente em departamentos de TI.

Quem é seu departamento de TI?

Hoje em dia a tecnologia da informação é parte de quase toda organização. Mesmo se você não tem um e-commerce, um site ou um software as chances de você depender do desenvolvimento de equipes que dominem as novas tecnologias são enormes. Com uma maior visibilidade, os antigos “nerds” dos clichês dos anos 80 tornaram-se colaboradores importantes, com personalidades, gostos e necessidades específicas.

Em outro post do blog, falamos sobre os aspectos que outras áreas deveriam copiar do trabalho de equipes de TI. Entender essas peculiaridades é essencial para determinar ferramentas de motivação no ambiente de trabalho. Listamos abaixo alguns comportamentos comuns em profissionais de TI:

  • Trabalho ágil com ferramentas de produtividade: Profissionais de TI sentem-se muito mais confortáveis com o uso de ferramentas como o Scrum e outras metodologias ágeis de gerenciamento de projetos. Esta característica permite que trabalhem em equipe de forma mais produtiva, enquanto mantém elevado grau de independência.
  • Os primeiros da fila: Não é de se surpreender que seja nas equipes de TI que encontremos a maioria dos aficionados por tecnologia. Geralmente, estas equipes estão cheias de early adopters, aquelas pessoas que mal podem esperar para usar a última tecnologia lançada no mercado. Sejam óculos de realidade aumentada ou drones que levam o cachorro para passear, eles estão sempre buscando as novidades. Mais que isso, estão até mesmo dispostos a colaborar com novas ideias e com o desenvolvimento destas tecnologias.
  • Foco no que é importante: Curiosos por natureza, os profissionais de TI são especialistas em “fazer mais com menos”. Utilizando soluções em nuvem ou SaaS (software as a service), eles “enxugam” a estrutura da empresa e reduzem custos sem comprometer a qualidade. Com as devidas condições, os membros da equipe podem ocupar um nicho de solucionadores de problemas, sugerindo e contribuindo de forma autônoma e eficiente.

 

Os segredos de motivação no ambiente de trabalho do Netguru, por Wiktor Schmidt

Agora que entendemos melhor quem são nossos profissionais de TI, vamos ver como motivá-los. Em recente entrevista, Wiktor Schmidt, CEO da Netguru, uma das empresas de software de maior crescimento dos últimos anos, declarou:

“O trabalho deve te dar a sensação de trabalho: ele não pode ser fácil demais. Se você não desafiar as pessoas, elas vão ficar presas no mesmo lugar. No entanto, se você der a elas oportunidade de alcançar algo extraordinário como membros de um time, elas irão crescer, aprender coisas novas e ganhar experiência. Motivação e desafio andam lado a lado.”

Wiktor Schmidt está certo. A maioria dos grandes líderes do mercado concorda que a rotina e a vida corporativa amena e sem dificuldades podem ser as maiores inimigas da motivação no ambiente de trabalho. O desenvolvimento de equipes passa obrigatoriamente pelo respeito à capacidade e à maturidade de seus colaboradores.

Entre as dicas do CEO, ele ainda prega que os funcionários de TI sejam tratados como sócios, ou seja, membros da organização que lutam por um objetivo comum. Para alcançar este status, ele propõe uma filosofia de motivação no ambiente de trabalho em 4 pilares: Confiança, apoio, objetivo em comum e liderança pelo exemplo.

>> Leitura recomendada: “Atitude de dono”: veja porque o tão falado ownership deve ser um requisito da sua empresa

Explicando os 4 pilares:

Confiança, como explica Schmidt, é dar aos seus colaboradores a oportunidade de trabalharem com acompanhamento, mas sem microgerenciamento. Profissionais constantemente controlados por seus gestores tendem a não assumir responsabilidades e se estagnar. Para maior desenvolvimento de equipes e melhores resultados, invista em transparência e em condições de trabalho mais liberais. Exemplos incluem trabalho remoto e horários flexíveis.

Uma cultura de apoio também é uma das bases da motivação no ambiente de trabalho. Fazer feedbacks construtivos, colaborar em tarefas de maior complexidade, priorizar a resolução de dúvidas de outros membros da equipe… Todas estas esferas devem ser abordadas, e não apenas em um único sentido. Líderes e gestores também devem estar preparados para receber críticas e sugestões que melhorem a produtividade do departamento.

Estabelecer um objetivo em comum pode ser complicado. Em uma startup, é fácil unir os poucos membros em uma mesma direção. No entanto, com o crescimento da empresa, as diferentes funções e níveis hierárquicos facilitam uma divergência de metas. Para manter a motivação no ambiente de trabalho, determine um objetivo ambicioso e elevado para unir seus funcionários.

Finalmente, o conselho de Wiktor Schmidt especialmente voltado para os líderes é que estes exerçam sua liderança por meio do exemplo. Se você quer que seus colaboradores se comportem como sócios, comporte-se também como um colaborador. Mais do que ordenar e orientar, coloque as mãos na massa e perceba rapidamente uma mudança de atitude na equipe.

Mais algumas dicas

Além das orientações de Wiktor Schmidt, temos uma boa seleção de conselhos adicionais para motivação no ambiente de trabalho. Entre eles, destacamos:

Tenha equipes enxutas, e bem planejadas

Em um departamento de TI, quase nunca uma maior quantidade de profissionais se reflete em uma maior produtividade ou eficiência. A tendência, inclusive, é que o oposto aconteça. Veja mais detalhes no guest-post produzido pela Umbler, aqui no blog.

Contra o turnover, a gestão de pessoas

Manter bons funcionários na empresa é investir no capital humano e no desenvolvimento de equipes. Para reduzir o turnover, aplique a gestão de pessoas com KPIs efetivos, pesquisas de clima organizacional e foco no reconhecimento. Saiba mais sobre o que é turnover e como evitá-lo neste texto.

Invista em comunicação

Você está falando com profissionais acostumados às últimas novidades da tecnologia. Extrapole os e-mails e utilize ferramentas modernas como sistemas de gestão online. Para aprender mais sobre isso, leia este texto do blog, onde cobrimos estas e outras questões.

Comunicação também é diálogo. Investir em comunicação tecnológica não quer dizer que você possa abrir mão das interações pessoais. Esteja sempre aberto ao diálogo, e mostre com frequência que você valoriza a opinião e o trabalho de seus líderes e colaboradores. Para isso, recomendamos a leitura deste texto sobre como liderar uma equipe de líderes.

Comunicação + tecnologia = motivação

Como vimos, uma comunicação direta e simplificada está no cerne da motivação no ambiente de trabalho. Para fugir das reuniões desnecessárias e avalanches de e-mails, sugerimos o uso de ferramentas de gestão online como o Runrun.it.

Aliando funções de comunicação dinâmicas e modernas com acompanhamento de tarefas em nuvem, automatização de processos e muito mais, Runrun.it permite a gestores e colaboradores trabalhar de forma colaborativa e autônoma. Experimente grátis: http://runrun.it

Gif_Signup-1-1-3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>