produtividade no home office

Como manter a produtividade no home office?

É cada vez mais evidente o gosto que as pessoas tomaram pelo home office e já que muitas empresas estão considerando manter o trabalho remoto depois da pandemia, surge uma dúvida: como manter a produtividade no home office? Ou melhor, é possível que o trabalho remoto nos torne ainda mais produtivos? É o que vamos descobrir neste artigo. 

Apesar da pandemia e do isolamento social trazerem medo e incerteza para todos nós, ainda assim foi possível tirar aprendizados e evoluir. Aprendemos a dar mais valor ao nosso tempo com a família, a cuidar mais das nossas casas e até mesmo a dar mais atenção aos nossos pets.

Nesse contexto, o trabalho remoto pode ser um desafio para algumas pessoas. Há quem diga que não consegue trabalhar em casa. Já outros se sentiram mais produtivos. E existem aqueles que diziam odiar o home office e hoje não conseguem se ver trabalhando de outra forma.

Fato é que todos nós precisamos nos adaptar de alguma forma. Para os profissionais de Recursos Humanos, essa mudança foi ainda mais impactante, pois envolveu uma série de fatores — desde logística para entregar materiais de trabalho até o cuidado com a saúde física e mental dos colaboradores. Acompanhe esse artigo para ver como manter a produtividade no home office:

 

Qual o papel da liderança em home office?

As lideranças também tiveram um papel fundamental para a transição do trabalho presencial para o remoto. Como toda mudança, o home office também demandou um certo tempo para adaptação, e as equipes precisaram encontrar meios alternativos para não perderem o senso de time e manter a comunicação interna bem alinhada.

Os gestores e gestoras precisaram colocar em prática, mais do que nunca, a empatia e o entendimento. Com uma situação incerta, de insegurança física e emocional como foi no caso do início da pandemia, os líderes precisaram dar suporte aos seus liderados.

O desafio agora que as rotinas já estão mais adaptadas é manter o engajamento e a produtividade no home office. Como avaliar a performance de cada liderado sendo que eles não estão mais ao alcance dos olhos?

Diante desses desafios, você pode adotar um software de gestão do trabalho como o Runrun.it, que te ajuda a acompanhar o desenvolvimento das tarefas e gera relatórios de desempenho automáticos sobre a produtividade de cada colaborador.

>> Leitura recomendada: Como a liderança resiliente eleva a inovação e a gestão de risco nas empresas?

Como avaliar a produtividade no home office?

Você sabe como anda a produtividade da sua equipe que está trabalhando de casa? O desafio é grande, né? O maior perigo quando falamos em avaliar a produtividade no home office é cairmos na farsa do microgerenciamento, o que pode surtir o efeito contrário, travar os processos e ainda desmotivar os colaboradores.

Esse comportamento colocaria em xeque os benefícios de trabalhar a distância, como mostra uma pesquisa realizada pelo MindMetre Research a pedido do International Workplace Group (IWG), que revelou que 77% dos brasileiros veem o home office como uma boa opção de trabalho. Entre os principais motivos estão a maior qualidade de vida e a possibilidade de equilibrar a rotina profissional e pessoal.

Um outro estudo realizado, em 2013, pela Universidade de Stanford, na Califórnia, já havia percebido uma melhora de 13% no desempenho dos colaboradores que trabalham de casa. Entre as justificativas estão o ambiente mais silencioso que ajuda na concentração, as pausas menores ao longo do dia e a diminuição do risco das pessoas ficarem doentes.

Para as empresas, isso significa um maior bem-estar físico e emocional, gerando mais motivação dos colaboradores e, consequentemente, uma melhora significativa do desempenho e na entrega de resultados.

>> Leitura recomendada: Sobrecarga de trabalho: um problema que a sua empresa pode aprender a contornar

5 dicas de produtividade para home office

Para tirar o melhor proveito dos benefícios do trabalho remoto, é preciso ser estratégico e utilizar ferramentas poderosas de gestão para que seja possível extrair o melhor de cada colaborador sem perder a confiança. Veja a seguir dicas para aumentar e medir a produtividade no home office:

1. Insira os feedbacks na rotina do time

Uma cultura de feedbacks é capaz de gerar mais transparência e confiança entre os integrantes do time. Isso faz com que os colaboradores se sintam confiantes e seguros para contarem sobre sua rotina, sobre as tarefas em andamento e se existe qualquer impedimento que esteja travando o processo. Adeus, microgerenciamento!

Mas lembre-se: para que isso aconteça, é importante que os feedbacks sejam horizontais. Ou seja, independente do nível de hierarquia ou tempo de empresa, qualquer pessoa pode dar e receber feedbacks. Para isso, você pode adotar a avaliação 360 graus, um modelo de feedback onde todos avaliam todos.

2. Faça avaliações de desempenho online

Para melhor entender a performance e o desenvolvimento de um colaborador, nada melhor do que realizar uma avaliação de desempenho periodicamente.

Softwares online que permitem realizar avaliações de desempenho periódicas podem ser uma ótima saída para manter o registro da performance e evolução dos funcionários.

Plataformas como a da Feedz, por exemplo, permitem que elas sejam feitas de várias formas diferentes, combinando a autoavaliação, avaliação da liderança e avaliação de pares entre si.

Dessa forma, as lideranças e o próprio RH têm acesso às informações em tempo real e conseguem manter um histórico da evolução da performance e desempenho de cada colaborador.

3. Estabeleça prazos

Não podemos esquecer do bom e velho prazo, não é mesmo? Para facilitar o gerenciamento do desempenho dos colaboradores, combine as entregas semanais, mensais e trimestrais que cada um deles deve fazer.

Assim, eles serão responsáveis por administrar o tempo de maneira efetiva para que consigam realizar todas as entregas no prazo combinado.

Softwares de gestão como o Runrun.it podem ajudar na gestão de tarefas e ainda distribuí-las da melhor forma de acordo com a capacidade de cada equipe.

4. Defina metas

Os objetivos e metas também são uma ótima maneira de medir a produtividade em home office. A metodologia OKR, por exemplo, é capaz de engajar e motivar os times através do estabelecimento de metas ambiciosas, inspiradoras e alcançáveis.

Além disso, essa forma de medir o alcance dos objetivos ajuda o time e os colaboradores a se sentirem mais próximos, pois conta com rituais que devem ser priorizados.

Encontros de definição de metas, check-ins e celebrações de encerramento do trimestre são acontecimentos que estimulam a interação e aumentam o senso de pertencimento.

5. Entenda o clima organizacional

Você já sabe que a produtividade está diretamente relacionada ao engajamento e à motivação dos colaboradores, certo? Por isso, é muito importante contar com ferramentas de gestão para medir a temperatura da sua organização.

A pesquisa de clima organizacional pode ser uma ótima aliada na hora de medir a produtividade das equipes. Pergunte como eles se sentem trabalhando em home office, se acham que são mais ou menos produtivos e se está tudo bem com sua saúde mental.

Além dela, o eNPS (Employee Net Promoter Score) pode ajudar a entender a satisfação interna dos colaboradores com a empresa. Com ele, é possível saber se os funcionários indicariam a empresa e os motivos para isso.

Eles devem dar uma nota de 0 a 10 para a pergunta: “qual a probabilidade de você recomendar a nossa empresa como um bom lugar para trabalhar?”

Entendendo os motivos e a quantidade de colaboradores promotores, neutros e detratores é possível criar ações de engajamento para melhorar o ambiente de trabalho e aumentar a motivação e produtividade das equipes.

Conte com a transformação digital para manter a produtividade no home office

Neste artigo, apresentamos as atitudes que os gestores podem adotar para manter a produtividade no home office, mas você pode contar com a transformação digital para tomar as melhores decisões nessa direção. 

Uma dessas ferramentas é a plataforma para RH da Feedz, que conta com recursos para a gestão de engajamento e desempenho de colaboradores. Com o software você pode gerar uma variedade de dados e informações em tempo real sobre o humor da sua equipe e saber como anda o clima organizacional como um todo, possibilitando uma tomada de decisão mais estratégica para manter um ambiente de trabalho cada vez mais saudável e feliz.

Outra ferramenta que pode te ajudar a manter a produtividade do seu fluxo de trabalho é o software de gestão Runrun.it. Com ele você consegue delegar tarefas, ter a visão do todo sobre o desenvolvimento das atividades e distribuir as demandas de acordo com a disponibilidade de cada colaborador, já que a ferramenta conta as funcionalidades de cronograma e indicador de capacidade. Crie a sua conta gratuita agora mesmo: https://runrun.it

Texto produzido em parceria com a Feedz

produtividade no no home office” width=

Fontes das pesquisas e artigos citados:

 

Assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo

    Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações.

    Compartilhe!

    Assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo