O que é entrega contínua e como ela pode ajudar seu time de marketing entregar mais

O que é entrega contínua e como ela pode ajudar seu time de marketing entregar mais

Um dos maiores desafios de uma empresa, ao crescer, é manter a leveza e a agilidade de quando era uma startup ou uma pequena empresa. Principalmente quando a organização cresce muito, tornando-se uma multinacional: com um número imensamente maior de funcionários e estruturas de funcionamento muito mais complexas, são poucas aquelas que conseguem preservar, nas operações, a mesma rapidez apresentada em momentos anteriores. A indústria de software já enfrenta esse desafio há tempos, e concebeu a entrega contínua, um caminho para manter o pé no acelerador sem danos.

É uma filosofia que vale para os mais diversos segmentos – como o de marketing, inclusive. Por isso, vale a pena você conhecer mais sobre ela e entender como aplicá-la na sua empresa.

O que é entrega contínua?

Como praticamente todas as metodologias de gestão para as indústrias de softwares, encontramos a origem da entrega contínua no Manifesto Ágil. Mais especificamente no seguinte trecho:

“Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente, por meio da entrega adiantada e contínua de software de valor.”

Assim sendo, entrega contínua é uma abordagem de engenharia de software em que as equipes produzem em ciclos curtos, garantindo que os softwares possam ser lançados a qualquer momento e de forma confiável. Destina-se a criar, testar e liberar software mais rapidamente e com maior frequência.

Na indústria de TI, ajuda a reduzir o custo, o tempo e o risco de se entregar alterações, permitindo assim atualizações mais incrementais para aplicações em produção.

E, assim como a metodologia ágil – que também teve origem nas empresas produtoras de softwares -, a entrega contínua tem tudo para fazer o mesmo pelo seu time de marketing. Porque pode ajudar você a entregar serviços de valor de modo mais controlado, rápido e confiável.

Como funciona?

A entrega contínua baseia-se numa lógica bastante simples: quanto mais tempo se passa antes da entrega de um produto ou serviço, maiores serão os custos do projeto e menor será a viabilidade financeira para os desenvolvedores. Isso acontece muito na sua equipe de marketing? No caso da indústria de TI, o dinamismo do mercado exige a prioridade de:

  • Softwares em funcionamento — sempre para ontem! —, em vez de realizar documentação abrangente;
  • Participação do cliente durante todo o período evolutivo, em vez de processos longos e ferramentas indecifráveis;
  • Interligação entre equipes, em vez das incomunicáveis “ilhas” entre as áreas de TI.

A entrega contínua refere-se à implementação de softwares de forma automatizada e sob demanda, independentemente do estágio de vida do projeto. Nessa metodologia, o produto ou o serviço é disponibilizado em tempos muito mais curtos, com menor custo, de maneira mais objetiva, sem comprometer a qualidade.

De acordo com este texto do portal Gaea Consulting, a entrega contínua pressupõe um ambiente de negócios em que os requisitos mudem de forma permanente. Assim, é fundamental que os times envolvidos sejam flexíveis e muito organizados, além de habituados a trabalhar em sintonia fina. Em outras palavras: que saibam empreender um verdadeiro “nado sincronizado” da programação.

Retomando os pontos principais do Manifesto Ágil

Como a entrega contínua tem tudo a ver com a metodologia ágil, que tem o objetivo de flexibilizar e reduzir burocracias, retomamos os principais pontos valorizados pelo Manifesto:

  • Indivíduos e interação entre eles mais do que entre processos e ferramentas;
  • Software em funcionamento mais que documentação abrangente;
  • Colaboração com o cliente mais do que negociação de contratos;
  • Responder a mudanças mais que seguir um plano.

 

Como aplicar? Trocando a metodologia de cascata pela entrega contínua

Como a turma de marketing ainda desenvolve projetos na base da verticalidade – em que as atividades são divididas em etapas e, só quando uma etapa é finalizada/entregue/aprovada, outra se inicia -, está mais do que na hora de incorporar os aprendizados oferecidos pela galera de TI.

Nesse contexto, a entrega contínua pode ser utilizada em vários aspectos: para aumentar o alinhamento com os objetivos comerciais da organização e da equipe de vendas, para melhorar a comunicação, e para aumentar a velocidade e a capacidade de resposta.

>> Leitura recomendada: Mais com menos: redução de custos para equipes e empresas de marketing digital

Depois de toda essa contextualização, vejamos de que forma a entrega contínua e o pensamento ágil podem ser implementados no seu ambiente de marketing:

1. Alinhar e definir expectativas da equipe

Quando você estruturar uma equipe, assegure-se de que os objetivos do projeto ou da campanha estejam bem alinhados. Para que a entrega contínua funcione, são necessários: colaboração contínua e total de seu time, velocidade, aceitar o inesperado, esforço pela simplicidade, responsabilidade e, acima de tudo, colocar o cliente no centro de todas as decisões.

>> Leitura recomendada: Motivando o time de marketing: dicas e metodologias que não podem faltar na sua gestão

2. Analisar os dados para identificar as oportunidades

O trabalho de fato começa com o desenvolvimento de insights a partir da análise de dados, pontos de dor, problemas ou oportunidades. Todas as manhãs, convoque uma reunião em que cada membro da equipe dá um relatório rápido sobre o que foi feito e o que será realizado. Esta é uma prática poderosa para gerar comprometimento.

3. Desenhar e priorizar testes

Para cada oportunidade identificada, a equipe deve propor ideias sobre como melhorar a experiência. Para cada hipótese, cria-se um método de teste e define-se indicadores-chave de desempenho (saiba mais sobre KPIs). Ideias priorizadas são colididas no topo da fila para serem testadas imediatamente.

4. Executar testes

A equipe faz os testes em “sprints” de uma a duas semanas para validar se as abordagens propostas funcionam. Por exemplo, mudar uma oferta para um determinado segmento ou fazer um teste A/B de uma landing page. O objetivo desses testes pode ser, por exemplo, aumentar a taxa de conversão.

5. Confirmar a ideia com base nos resultados

A equipe deve ter mecanismos de rastreamento eficazes e sem falhas no local para informar rapidamente sobre o desempenho de cada teste. O líder de equipe vai revisar os resultados dos testes e decidir como escalar o que foi mais promissor.

Uma ferramenta para a entrega contínua

Se o seu objetivo é melhorar a velocidade, previsibilidade e transparência da sua entrega, você pode contar com um software de gestão para engajar seus colaboradores e adaptá-los rapidamente a qualquer metodologia ágil.

Como o Runrun.it, que permite o gerenciamento de projetos de qualquer tamanho, organiza o fluxo das demandas, registra todas as discussões e auxilia a visualizar o as entregas dos envolvidos.

Uma ferramenta que tenha aderência e que ainda ofereça relatórios completos. Faça já seu teste grátis: http://runrun.it

Gif_Signup-1-1-3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>