Como manter a produtividade por perfil comportamental em tempos de home office?

Como manter a produtividade por perfil comportamental em tempos de home office?

O home office tem ganhado muito espaço no mundo corporativo nos últimos anos e, devido à pandemia causada pela COVID-19, diversas empresas que até então não adotavam a modalidade também tiveram que aderir à nova forma de trabalho. Porém, nem todo mundo se adapta facilmente à essa nova rotina, ainda mais  quando precisa trabalhar em casa.

O fato de estar em um ambiente familiar pode ser um grande desafio para os colaboradores se manterem produtivos, focados e engajados nos resultados. Por isso, ao entender a personalidade e o modo de se comportar de cada funcionário, o gestor pode contribuir para que as atividades sejam bem realizadas, baseando-se na produtividade por perfil comportamental. 

Ficou curioso e quer saber mais sobre o assunto? Veja abaixo o que você vai encontrar lendo esse post:

 

Qual a importância da gestão comportamental?

Investir na gestão comportamental é justamente gerir os colaboradores pelo comportamento individual. Pode parecer óbvio, mas, na verdade não é. Cada trabalhador, além das particularidades na hora de desenvolver suas tarefas e o modo de agir no ambiente corporativo, reage de forma diferente às adversidades e isso deve ser considerado.

Nesse sentido, alguns se sentem mais desafiados em meio às dificuldades que surgem e nesses momentos acabam se destacando mais. Outros já não conseguem lidar bem com mudanças bruscas e isso pode refletir na sua produtividade, por mais que sejam profissionais de alta performance no dia a dia. 

Ainda, enquanto uns se sobressaem em momentos de crise — mesmo não tendo uma rotina tão eficiente em dias comuns de trabalho —, outros podem ter o lado emocional mais abalado e isso influencia tanto sua vida profissional quanto pessoal. Logo, identificar o perfil comportamental de cada um auxilia na formação de times mais fortes e saudáveis.

Vale ressaltar que a gestão comportamental tem uma abordagem bastante estratégica e pode ser utilizada por outras pessoas além dos gestores de RH, como líderes de diversos setores da empresa. Essa forma de lidar com os colaboradores torna evidente o quanto a companhia se preocupa em desenvolver o seu capital humano.

Além disso, esse tipo de gestão permite identificar, desenvolver e aprimorar os talentos, trabalhar isso a favor da cultura da companhia e engajá-los cada vez mais em busca de boa performance. Assim, eles terão mais qualidade de vida no trabalho e, consequentemente, entregarão resultados ainda melhores.

>> Leitura recomendada: Como aumentar a produtividade com a metodologia DISC?

Quais os perfis comportamentais e como fazer a gestão em home office? 

Inicialmente, falamos da importância de gerir pessoas com foco em seus perfis comportamentais, mas você pode estar se perguntando: afinal, o que é perfil comportamental e quais são eles? Ainda na década de 1920, o PhD em psicologia pela Universidade de Harvard, William Marston, elaborou a Teoria DISC, na qual estudava a dominância, influência, estabilidade e cautela das pessoas.

Trata-se de um estudo, que buscou analisar as reações emocionais que, consequentemente, influenciavam no comportamento dos humanos, avaliando aptidões, como controle, poder, comunicação, paciência, persistência, organização e diversos outros fatores que influenciam a relação interpessoal dos indivíduos. 

A partir disso, surgiram os quatro perfis que veremos a seguir. É importante que os gestores e líderes entendam as características de cada um, pois esse é um passo fundamental para ajudar na gestão de todos os tipos, especialmente agora, que o home office está sendo adotado por muitas empresas. Acompanhe!

O perfil comunicador em home office

Em um primeiro momento, comunicador e home office talvez seja uma junção que pode não dar muito certo, caso alguns ajustes não sejam feitos. Isso ocorre  devido ao estilo mais expansivo do comunicador: ativo, falante, gosta de ser o centro das atenções e detesta rotinas. Além disso, ele requer movimento e liberdade, por isso, ficar em casa por ser um desafio.

Uma boa alternativa é realizar reuniões online constantemente para que ele possa ter um espaço para interagir com a equipe e mostrar seus resultados. Outro ponto importante é designá-lo para demandas que exijam ações mais rápidas e com foco na resolução daquela tarefa específica, pois o comunicador tende a pensar mais no problema em sua superfície e, muitas vezes, não tem paciência para análises mais profundas.

>> Leitura recomendada: Metas estabelecidas, time focado e objetivos atingidos: conheça a gestão por resultados

O perfil executor em home office

O executor é um dos perfis que mais se destaca entre os líderes, pois gostam de desafios, são ativos, têm muita resiliência e disposição física. Porém, como são muito imediatistas, tendem a não enxergar o todo em uma situação crítica. 

Além disso, como são bastante competitivos, uma boa ideia é promover premiações online pela realização de tarefas. Assim, executor e home office terão sucesso, já que ele gosta de ser reconhecido pelos seus resultados.

O perfil planejador em home office

Os planejadores são pessoas organizadas, calmas, autocontroladas, que gostam de ter uma rotina bem estruturada. Por isso, podem enfrentar certa dificuldade em se adaptar à nova realidade de trabalho, principalmente em casa. Mas eles têm qualidades que podem favorecer a adaptação: são organizados e gostam de planejar as ações.

Por isso, para que se saiam bem enquanto executam o trabalho remotamente, precisam se sentir integrantes dos processos que são desenvolvidos pela equipe para evitar o sentimento de que estão sendo  deixados de lado. Planejador e home office tendem a se dar bem desde que se sintam motivados, pois são pessoas que se entusiasmam pela convivência social.

>> Leitura recomendada: Métodos de organização do trabalho: conheça o caso de Ivy Lee

O perfil analista em home office

Como o nome já entrega, os analistas são aqueles colaboradores que tendem a estudar mais a situação, além de serem discretos, calmos e um tanto rígidos nos processos que executam. Ainda que  considerados pessimistas por alguns, na verdade, são meticulosos e bem realistas. Por gostarem de rotina, analista e home office pode ser uma solução bastante produtiva.

Como manter o home office produtivo?

É possível ter um home office produtivo com todos os perfis comportamentais, desde que os gestores entendam as necessidades de cada um e também os ajudem para que eles mesmos possam se motivar e se desafiar a serem ainda melhores como profissionais. Além disso, os líderes de equipe devem sugerir um planejamento e ferramentas que otimizem o trabalho de todos.

Por fim, cabe também aos gestores manter um diálogo aberto com toda a equipe e proporcionar espaços para que cada um possa expor suas opiniões e ideias, como reuniões mensais. Vale lembrar que o horário de trabalho deve ser obedecido, nesse caso, os próprios colaboradores precisam observar isso, pois tendem a ficar até tarde, até se adaptem ao processo.

Como vimos, é possível manter a produtividade por perfil comportamental enquanto se trabalha em home office. Então, aproveite para conhecer o Profile da Sólides e faça o teste com o seu time!

A ferramenta ideal para o home office

Como você pode acompanhar neste artigo, cada profissional possui um perfil de trabalho e no home office, isso não seria diferente. Por isso mesmo você precisa de uma ferramenta de gestão colaborativa, como o Runrun.it, para que todo mundo consiga ficar na mesma página, interagindo e acompanhando o andamento dos projetos. 

Além disso, você vai conseguir construir métricas e indicadores, para acompanhar em tempo real tudo o que está acontecendo na sua empresa. Com a comunicação centralizada, nenhuma decisão tomada se perde e tudo fica registrado na plataforma. Gostou? Então crie sua conta gratuitamente: runrun.it

Conteúdo desenvolvido em parceira com a Sólides.

produtividade por perfil comportamental ” class=

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>