Estratégias de crescimento para tempos de incertezas

Estratégias de crescimento para tempos de incertezas

Diante de cenários mais difíceis, é comum as empresas se retraírem, diminuindo investimentos e adotando uma espécie de modo de sobrevivência – um estado familiar para as que permanecem em pé em meio a um contexto desafiador. Isso implica em adiar gastos, contratações e metas de longo prazo para se concentrar em se manter vivo no curto e médio prazo. Mas saiba que lidar com os inúmeros desafios que uma conjuntura negativa apresenta gera oportunidades e pode levar a novas estratégias de crescimento. Neste artigo, vamos falar um pouco de como as empresas podem se posicionar nesse sentido, mirando em um futuro de crescimento e novas oportunidades.

>> Leitura recomendada: 7 CEOs traçam estratégias reais para alavancar o crescimento

Enquanto o modo de sobrevivência é um mal necessário durante tempos difíceis, as empresas que mantêm uma postura meramente reativa durante muito tempo correm o risco de perder novas fontes de receita e participação no mercado. Muitas vezes, é melhor mudar o mindset e, em vez de pensar nos inúmeros problemas, focar nas possíveis soluções.

Ronaldo Fernandes, presidente da FM Logistic do Brasil, conversou com o blog sobre este tema. Segundo ele, é justamente em períodos difíceis que surgem as melhores oportunidades.”É quando as empresas com  know-how conseguem ampliar seu escopo de serviços, desenvolver as melhores estratégias sempre alinhando com as necessidades dos clientes e do mercado”, afirma.

Traçar estratégias de crescimento significa adotar uma atitude mais positiva e proativa diante das dificuldades. Ao deixar de lado a comiseração, você verá com com mais clareza quantas boas ideias podem surgir para você e sua empresa vencerem as adversidades.

>> Leitura recomendada: Alocação do tempo: desafios da gestão do tempo dos CEOs e executivos

Saiba identificar os fatores de crise

Em tempos de dificuldades, gestores e donos de empresas tendem a pensar primeiro nas ações que visam a sobrevida do negócio como cortar custos, demitir funcionários, aumentar as margens de lucro e economizar dinheiro. Isso contrasta com as ações que as empresas executam quando visam o crescimento, como expandir as operações, investir em novas tecnologias e pessoal, fazer brainstorm das estratégias de crescimento com metas de longo prazo. Agora, você sabe exatamente em que sentido sua empresa deve se posicionar ao passar por uma crise?

Normalmente, os problemas que um negócio enfrenta são compostos de diversos fatores que interagem conjuntamente, o que torna ainda mais complexo saber exatamente como e onde atuar. Além disso, gestores mais desconfiados ou céticos tendem a considerar que o cenário está ainda pior que o previsto. Entretanto, existem alguns sinais que podem indicar se sua empresa está passando por problemas e correndo riscos. Veja abaixo quais são alguns deles:

    • Fluxo de caixa em declínio ou negativo
    • Muitas dívidas a vencer no curto e médio prazo
    • Aumento do saldo de contas a pagar
    • Programas reduzidos de investimento de capital
    • Declínio do preço das ações
    • Diminuição da liquidez
    • Cargos de gestão em constante rotatividade
    • Reduções grandes ou não planejadas na força de trabalho

Avaliar a situação pela qual a empresa está passando, interna e externamente, é o primeiro passo para se posicionar frente aos desafios e traçar uma boa estratégia de crescimento.

Dê uma olhada na vizinhança antes de traçar estratégias de crescimento

Agora, se você já conseguiu identificar os fatores que estão contribuindo para a retração da sua empresa, está na hora de começar a desenvolver uma estratégia que vise enfrentar as dificuldades e partir para o crescimento. E, cabe dizer, não existe fórmula pronta. Independentemente do seu setor de atuação, a concorrência provavelmente está se destacando em algum ponto no qual sua empresa ainda está com dificuldades.

Nesse sentido, fazer um bom benchmarking é muito importante. Procure empresas semelhantes que estejam crescendo de maneiras diferentes. Identifique as ações que elas estão adotando e pergunte-se a respeito das escolhas que seus concorrentes estão fazendo: pode ser que algumas sirvam para você também. Mas atenção: não adianta adotar cegamente as mesmas estratégias que um concorrente adotou. Saiba o que é o mais adequado à sua realidade.

Analise os dados

Ter indicadores vagos é algo que não vai te ajudar na identificação das dificuldades que a empresa está enfrentando. É preciso uma análise consistente de dados para munir os líderes das informações fundamentais para a tomada de decisão.

Ao implementar uma cultura de resultados baseada na análise de dados dentro da empresa, não perca o foco dos objetivos do seu negócio. Ou seja, insights e ideias que irão surgir a partir da análise devem operar no sentido de aprimorar as capacidades que a sua empresa já tem e indicar os aspectos negativos e falhas que precisam ser corrigidos. Afinal, resolver problemas pode e deve fazer parte de sua estratégia de dados.

Ou seja, ao desenvolver a análise de dados, permaneça fiel ao seu negócio. Identifique quais são seus desafios e, posteriormente, dedique seus esforços de gestão de dados para esse fim.

Invista em seu pessoal

Por incrível que pareça, um período de estagnação não é necessariamente o momento em que você precise cortar pessoal. É claro que também não é o melhor momento para fazer contratações massivas. Talvez, esta seja uma boa hora para investir na força de trabalho que você já tem. É importante que sua equipe tenha uma mentalidade coletiva positiva e voltada para as estratégias de crescimento, ou seja, a assim chamada atitude de dono. Afinal, são justamente seus colaboradores que gerar ideias para a resolução do problema que você der para eles resolverem.

Uma ideia é apostar em treinamentos que irão capacitar o pessoal para lidar com o cenário desafiador. Adotar mudanças processuais, e até mesmo culturais, que acompanhem as iniciativas de crescimento e a superação dos desafios, tende a impactar a rotina de trabalho da equipe. Para isso, é essencial que os gestores se mantenham próximos do times para alinhar as motivações individuais de cada um em relação às metas a serem atingidas. Mesmo porque, quando os funcionários estão comprometidos e envolvidos, a chance de reter os melhores talentos dentro da empresa é ainda maior.

Veja algumas formas de treinar, motivar e incentivar seus colaboradores a criar soluções que visem a superação de desafios e o crescimento da empresa:

    • Novas práticas exigem aprendizado. Seja para a adoção de uma nova metodologia de trabalho ou um novo software, sua equipe precisa passar por um bom treinamento. Observe a curva de aprendizado a fim de averiguar se todos os membros do seu time estão no mesmo passo.
    • Incentive a criatividade. Se você está numa posição de liderança, estimule sua equipe a exercitar a criatividade e mostre-se aberto a receber novas ideias. Seja acessível e esteja a disposição para ouvir os insights que seus colaboradores terão.
    • Promova rodas de conversa e brainstorms. Separe um tempo da semana para que você e sua equipe possam expor seus pensamentos de forma mais livre. Evite as reuniões engessadas: meia hora de uma boa conversa pode trazer soluções que você nem imagina.
    • Valorize. Identifique quais são as reais necessidades dos seus colaboradores e adote boas práticas de retenção de talentos. Podem ser bonificações, planos sólidos de carreira e até mesmo a implementação de um horário de trabalho mais flexível. Até com baixo investimento é possível fazer a diferença nesse sentido.

Use as ferramentas certas

Ao revisar seus processos internos, é comum que os gestores encontrem gargalos operacionais. Muitas vezes, a empresa pode estar se valendo das ferramentas erradas e tornando seus processos mais difíceis e morosos. Procure onde você pode aprimorar a execução das tarefas, ganhar agilidade e até mesmo cortar gastos, através de ferramentas que mostrem no que você e sua equipe estão empregando seu tempo – e se estão investindo na coisa certa.

Softwares de gestão do trabalho como o Runrun.it são grandes aliados do crescimento pois envolvem a automação de processos, a redução da burocracia e o maior controle do tempo gasto nas tarefas diárias. Na plataforma você também pode acompanhar o andamento do trabalho, com métricas de desempenho em um Dashboard customizável, e tomar decisões estratégicas para o crescimento com o devido embasamento e mais agilidade. Faça um teste grátis: http://runrun.it

estratégias de crescimento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>