“A adaptação às novas gerações para quem é X, como eu, é fundamental” – Mario Belesi Junior

“A adaptação às novas gerações para quem é X, como eu, é fundamental” – Mario Belesi Junior

Hoje iniciamos a série de entrevistas “Meu Trabalho”, que pretende apresentar a rotina de profissionais das mais diversas áreas. Ficamos felizes por começar com Mario Belesi Junior, atual Diretor da Dassault Systèmes SolidWorks para a América Latina. Inserido em um ambiente de grandes mudanças, a de softwares de CAD (Desenho Assistido por Computador, na tradução do inglês), Belesi atua na empresa desde 2005, onde viu o avanço do cloud e a popularização dos dispositivos móveis.

mario belesi entrevista

Com formação em Administração e MBA em Gestão Empresarial pela FGV do Rio de Janeiro, ele é responsável por toda a gestão das operações da SolidWorks na região. Em seus 25 anos de carreira, já ocupou diversos cargos de liderança e aprendeu a lidar com os desafios de diferentes culturas. Belesi conta como organiza sua rotina e quais são seus atalhos para aumentar a produtividade.


“O sucesso e a capacidade de fazer a diferença sempre serão alcançados com o que é realizado a mais. O trabalho “normal” apenas o fará um profissional normal.”


Confira a entrevista completa:

1. Qual é o tamanho da sua equipe atualmente?

São 15 funcionários diretos, que tratam das operações de cada área, e mais 250 indiretos pertencentes aos distribuidores pela América Latina.

2. Quantas reuniões você faz por semana, em média?

Depende muito da semana, mas sempre tenho uma média de 4 reuniões por dia, no mínimo.

3. Em uma multinacional, seu envolvimento deve ser com várias pessoas.

Sim, são várias equipes e membros, desde a área de Marketing, passando pelo Comercial juntamente com os Gestores Regionais, área Técnica, desenvolvimento estratégico de território, e também área de aquisições.

4. E quantos clientes você interage?

Com muitos, principalmente pela atuação para toda a América Latina.

5. Quais os principais desafios da sua função?

O principal desafio que sempre comento é manter o ambiente LATAM sadio, crescendo e prosperando. Trabalhamos com uma variedade grande de países com suas culturas, necessidades e objetivos. Trato esses casos de maneira muito pessoal, pois, afinal, o ambiente mencionado acima não acontece sem as pessoas. Dentro da equipe, o contato pessoal diário faz a diferença e esse é um estilo de gestão que gosto de praticar, dando a todos o empoderamento necessário para que tenham capacidade e conforto na solução de conflitos.

6. Como é o seu ambiente de trabalho na Dassault Systèmes?

Mudamos no ano passado para um escritório totalmente novo em São Paulo com um ambiente futurista e planejado em todos os quesitos, em um dos prédios mais modernos da cidade. No ano passado, o nosso score foi de 100% na pesquisa de Great Place to Work, realizada por uma organização mundial independente, o que nos deu um lugar privilegiado no ranking.

>> Leitura recomendada: Um ambiente de trabalho agradável faz diferença para os resultados. Saiba como criá-lo

7. Qual é sua principal dica de produtividade?

Não procrastine nada na vida. O sucesso e a capacidade de fazer a diferença sempre serão alcançados com o que é realizado a mais. O trabalho “normal” apenas o fará um profissional normal.

8. O que você enxerga como principal tendência de trabalho?

Vivemos uma revolução na maneira de se fazer negócios. Com certeza as novas gerações, a tecnologia e a forma digital, juntamente com IoT (Internet das Coisas), estão transformando mais que nunca esse cenário.

9. Qual é um princípio básico para quem está começando no mercado?

Gosto muito do significado da palavra responsabilidade. Se a responsabilidade é sua, assuma e NUNCA coloque a culpa em outro. Digo sempre: temos que assumir a porção de responsabilidade que temos diante de nós. Se fizer isso, será um grande candidato a ganhar empoderamento de seu superior (se ele estiver apto a prover).

10. Estamos vivendo muitas transformações. Como você enxerga isso?

Todas as mudanças que tenho vivido estão ligadas à maior facilidade de entregar, usando tecnologia. Como comentei, essa tendência bem usada e adaptada, aliada à nova geração que cresce, ditará o futuro do trabalho.

11. Quais foram os principais impactos da tecnologia no seu trabalho nos últimos anos?

Inevitável adicionarmos a internet e os benefícios embarcados, aliados ao crescimento das facilidades de telecom com smartphones, tabletes etc.

Com relação às nossas soluções, criamos uma nova vertical de software na nuvem, conectados a uma plataforma gigante de software agregado. A capacidade de entrega disso é incrível quando pensamos que hoje o cliente não compra um produto e, sim, a experiência que ele oferece (carros, smartphones, TVs etc).

Leitura recomendada: 10 mandamentos para você entender de vez o que é SaaS – e para se destacar no segmento

12. O que você fazia há dez anos que não faz mais?

FAX, por exemplo, pouca gente ainda usa. WhatsApp para o trabalho hoje é uma das plataformas que mais usamos para a comunicação rápida.

13. Como você se vê profissionalmente em 5 anos?

Cada vez mais conectado, cada vez mais usuário de tecnologia a serviço do meu desenvolvimento pessoal e profissional. Para ser simplista, não é difícil prever o crescimento de soluções onde o OPEX (despesas com operação) será mais valorizado nas empresas e que as soluções envolvendo CAPEX (despesas com bens de capital) diminuirão.

14. O que você considera fundamental para ter mais equilíbrio na vida?

Resumindo, acredito principalmente que a otimização de tempo nas tarefas e a priorização do que é realmente importante, com muito foco, é fundamental a partir de hoje. Vivemos bombardeados de informações e a capacidade de filtro trará as pessoas uma qualidade de vida muito melhor, sem culpa.

>> Leitura recomendada: Reuniões produtivas: dicas de CEOs para otimizar seu tempo (e o da sua equipe)

15. Que conselhos você daria ao seu “eu” de 10 anos atrás?

Esquecer padrões antigos de sobrevivência devido à velocidade da transformação à nossa frente. Gerações X, Y e Z têm diferenças gritantes na maneira de pensar e agir. A adaptação às novas gerações para quem é X, como eu, será fundamental para seu crescimento como pessoa e profissional. O conselho seria aproveitar o momento para exercer essa adaptação, passando pelo futuro com menos machucados.


Gestão descomplicada

O Runrun.it é um software que permite gerenciar suas equipes, organizar suas tarefas e estabelecer prioridades de trabalho. Independente da geração ou do perfil do profissional, é fácil de ter o controle da gestão e coletar insights para o seu negócio. Teste grátis: http://runrun.it

Entrevistas que você pode gostar:

Gif_Signup-1-1-3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>