Conflito organizacional: saiba como tirar essa pedra do seu caminho

Conflito organizacional: saiba como tirar essa pedra do seu caminho

Um conflito organizacional é comum no dia a dia de qualquer empresa, já que falar sobre a elaboração de uma nova estratégia, mudanças no produto, definição de orçamento para um projeto, etc, facilmente se tornam discussões acaloradas. Muitas vezes, essa situação pode ser saudável, afinal, a diversidade de opiniões pode construir os melhores caminhos.

No entanto, quando esse conflito é uma entre áreas da empresa o(a) gestor(a) pode ter uma grande dor de cabeça, e o problema se torna uma questão muito maior. Isso pode ocasionar na perda na produtividade, já que os esforços das equipes estarão concentrados em brigas, disputas e picuinhas – e não no trabalho em si. Além disso, um ambiente de trabalho com clima pesado aumenta o estresse e diminui a motivação dos colaboradores.

Se você identifica esse cenário como uma situação comum na sua empresa, está na hora de parar de  adiar a resolução das brigas entre departamentos! Acompanhe com a gente quais são as possíveis origens desses desentendimentos, como lidar com essa situação e quais são os benefícios da resolução de um conflito organizacional.

O que pode causar um conflito organizacional entre equipes?

O primeiro passo para começar a resolver os conflitos é fazer o diagnóstico do cenário, para que você possa entender o que está causando essa tensão entre departamentos na sua empresa. Abaixo, nós listamos 5 possíveis situações que podem evoluir para conflitos maiores.  

Mas lembre-se: identificar um problema não é sair pelos corredores apontando culpados e colocando “mais lenha da fogueira”. Você precisa se reunir com os líderes das equipes envolvidas, conversar e ter empatia para ser capaz de reverter a situação.

1. Conflitos de geração

Dentro de uma empresa é bem comum que gerações diferentes trabalhem na mesma equipe. Isso significa que há um verdadeiro choque de hábitos e de cultura entre millennials, geração X, Y e baby boomers, que gastam o tempo que deveria ser aplicado às atividades, resolvendo conflitos.

É o que mostra um estudo realizado pelas consultorias ASTD Workforce Development Community e VitalSmarts, publicado no Estadão: 1 em cada 3 trabalhadores gasta pelo menos 5 horas por semana na resolução de conflitos causados por diferença de idade no trabalho. A pesquisa foi realizada online, com mais de 1.350 pessoas e revelou ainda que os ressentimentos causados por esse tipo de situação podem reduzir em até 12% a produtividade da empresa.

>> Leitura recomendada: Entenda o impacto da geração Z no mercado de trabalho

2. Opiniões sem embasamento

A diversidade de conhecimento e experiência é, sem dúvida, essencial para criar um ambiente empresarial que seja capaz de respeitar as diferenças e usá-las a seu favor. Entretanto, os conflitos começam quando cada departamento acha que faz o trabalho mais importante e que as outras áreas tem tarefas mais simples e menos relevantes. Essa impressão é fruto de opiniões sem experiência, ou seja, são apenas suposições sobre outros departamentos. Isso desvia a empresa do objetivo comum, muitas vezes causa situações de desrespeito e gera um clima de animosidade.

3. Estímulos à competição não saudável

Quando um departamento é colocado contra o outro, em clima de competição, a comunicação vai ser afetada. Isso porque as equipes vão deixar de trocar informações importantes, de forma intencional, para proteger o próprio time. Se esse tipo de comportamento for recompensado ou incentivado, está criado um conflito organizacional que pode prejudicar a efetividade dos projetos que envolvam mais de uma área da empresa.

4. Ping pong da responsabilidade

Imagine que você está gerenciando um projeto que envolva as áreas de criação e de conteúdo de uma empresa, o deadline está se aproximando e o produto não está finalizado. Ao questionar as áreas, a equipe de criação alega que ainda não recebeu o material da equipe de conteúdo, que por sua vez está atolada com outros projetos e esperando a devolução do time de criação. Se os times não se conversam, um joga a responsabilidade para outro e se você não consegue acompanhar de perto o andamento dos projetos, vai ter duas equipes brigando, ao invés cooperando.

5. Falta de comunicação e organização

O tópico acima, com certeza é uma das consequências da falta de comunicação e organização. Se cada área da empresa trabalha com uma ferramenta, isso significa que a comunicação fica restrita apenas aquele departamento, e você não consegue ter uma visão clara de quem está trabalhando em qual projeto, se os prazos serão cumpridos e o que foi acordado entre as equipes, facilitando o ping pong da responsabilidade.

>> Leitura recomendada: Por que usar múltiplas ferramentas pode sair mais caro?

Como lidar com um conflito organizacional?

Agora que você já conseguiu identificar quais são as possíveis situações que causam conflitos na empresa, confira dicas que podem te ajudar a resolver seus problemas e organizar seu fluxo de trabalho.

Boa gestão de conflitos

A cooperação e integração entre times, traz apenas benefícios para os projetos da empresa, justamente por conseguir unir competências multidisciplinares e técnicas diferentes. Por isso, reconheça que uma boa gestão de conflitos é capaz de gerar apenas bons resultados para o grupo, e portanto, merece o devido reconhecimento e investimento.

Comunicação eficiente

A chave para lidar com um conflito organizacional é a comunicação eficiente. Para isso você precisa:

  • conversar com os departamentos de forma clara e objetiva, evitando reuniões sem propósito definido;
  • escutar as dificuldades e opiniões de cada equipe, para que cada um possa apresentar seu ponto de vista sobre o projeto;
  • criar canais e espaços de comunicação direta;
  • estar aberto para conversas, até mesmo aquelas “olho no olho”.

Sempre que necessário, esteja preparado para agir como mediador, tendo sempre em mente que o objetivo de todos deve ser a conquista de bons resultados para a empresa.

>> Leitura recomendada: 5 problemas reais de comunicação que atrapalham o andamento da sua empresa

Não deixe para depois

Um conflito organizacional, dificilmente vai se resolver sozinho, ao menos sem algum tipo de consequência. Assim que você perceber algum impasse ou alguma situação tensa, como a que listamos no tópico acima, use a comunicação eficiente para lidar com o problema e evite que os conflitos ganhem grandes proporções. Se você for rápido e incisivo, é muito provável que tudo seja resolvido.

Busque uma solução justa

Quando for escutar as partes envolvidas no conflito organizacional, tente sempre buscar uma solução que seja satisfatória para os dois lados, ou pelo menos justa, evitando assim um possível ressentimento por uma das partes. Faça com que os departamentos envolvidos consigam entender o lado um do outro e que ambos tenham que ceder em prol do objetivo comum da empresa. Você vai conseguir solucionar o conflito e estimular o sentimento de equipe entre os funcionários.

Saiba equilibrar frustrações e expectativas

Se no fim a melhor decisão é sempre aquela que melhor se encaixa nos objetivos da empresa, pode ser que em alguns momentos isso signifique que algum lado vai sair frustrado com alguma decisão. Para evitar qualquer tipo de mal entendido, certifique-se que a sua decisão foi clara, explique quais foram os motivos e as estratégias que te fizeram chegar naquela conclusão e se coloque à disposição para ouvir ideias e sugestões.

Os benefícios da resolução de um conflito organizacional

Um bom gestor é capaz de resolver um conflito organizacional, fazendo com que as equipes passem a cooperar, ao invés de brigar entre si. Assim, ele pode desfrutar dos benefícios, como o aumento da produtividade. Um ambiente livre de comportamentos tóxicos contribui para motivar os funcionários e a redução de custos operacionais com horas extras, por exemplo, já que quanto mais próximo do deadline, a responsabilidade do projeto vira de todos e isso pode sair do controle da jornada padrão.

Um bom clima organizacional melhora os relacionamentos interpessoais e a comunicação entre as áreas. Assim, quando a equipe de criação tiver algum problema com a equipe de conteúdo elas poderão conversar e tentar acordar novos prazos, sem que uma jogue a responsabilidade para a outra. O que vai resultar em projetos com bons resultados e, consequentemente, aumentar a satisfação do cliente.

Se você, ao perceber que suas equipes podem trabalhar de forma interdisciplinar em um projeto, poderá explorar isso com mais frequência, até mesmo criando planos de ação conjunta, já que todos possuem condições para se comunicarem e você estará disponível para mediar conflitos, se necessário.

>> Leitura recomendada: Como a organização das equipes pode influenciar na produtividade dos colaboradores

Use uma ferramenta integrada de gestão

Com um fluxo de trabalho organizado, cada equipe sabe exatamente qual a sua parte dentro do desenvolvimento do projeto. Além disso, ao utilizar uma ferramenta única de gestão, todas as equipes podem interagir e se comunicar no mesmo lugar e acompanhar o andamento de demandas em comum.

Com o Runrun.it você organiza suas demanas, melhora a comunicação da sua empresa e permite que suas equipes trabalhem de forma colaborativa. Além disso, através do time tracking automatizado você conseguirá estimar prazos reais e poderá acompanhar o andamento de todos os projetos em tempo real, através do Dashboard. Faça um teste agora: http://runrun.it

2 thoughts on “Conflito organizacional: saiba como tirar essa pedra do seu caminho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>