Estilos de gestão: conheça o modelo dos três níveis e atinja os resultados que importam

Estilos de gestão: conheça o modelo dos três níveis e atinja os resultados que importam

Quando estamos à frente de uma empresa, principalmente em organizações médias, startups, agências e empresas de TI, um pensamento que devemos ter sempre em mente diz respeito à definição dos estilos de gestão. Não é viável centralizar tarefas e responsabilidades. Como cérebro de uma corporação, precisamos tomar decisões estruturais. Encontrar respostas a questões de como será a hierarquia de gestores, o detalhamento de responsabilidades individuais e coletivas, além de obviamente decidir como integrar as diferentes peças da organização.

Em resposta a isso, vimos surgir um sistema de três níveis de gestão que trazem muitos benefícios. Isso porque permite criar uma cadeia de comando capaz de flexibilizar e dar autonomia para a empresa, de modo que ela seja capaz de gerar respostas rápidas ao mercado.

>> Leitura recomendada: Gestão 360 – análise de todas as áreas do negócio

O nível do tijolo, da parede e da catedral

Tomasz Tunguz, investidor conhecido no universo das startups e diretor geral da RedPoint Ventures, criou uma analogia perfeita para ilustrar as três camadas de gestão. A metáfora vem da engenharia: imagine três equipes trabalhando em uma grande obra. Ao perguntar para o primeiro grupo o que está sendo feito, a resposta provavelmente será “estamos colocando uma linha de tijolos sobre a outra”. Outro grupo responderá que está construindo paredes. Já o terceiro dirá que está sendo erguida uma grande catedral. Agora, imagine a importância desses três níveis em conjunto.

Sem manter uma visão geral do projeto, os tijolos apenas se amontoarão. Na sua empresa, podemos relacionar isso a uma série de tarefas concluídas, mas sem uma direção ou resultado real.

Por outro lado, se mantivermos a visão abrangente mas deixarmos de lado o foco em cada tijolo, simplesmente o projeto não avançará. E o que teremos serão só metas e objetivos frustrados. Assim, é necessário um nível intermediário que ligue o foco no detalhe ao planejamento geral.

>> Leitura recomendada: Gestão estratégica: delegue, controle e corrija!

Todos precisam saber do projeto final

Tomasz levanta outra questão a partir dessa metáfora: cuidado ao separar o trabalho em equipes. Porque, independentemente do papel de cada um, todos precisam estar envolvidos com o plano geral. Em outras palavras, do primeiro ao terceiro nível, os trabalhadores da obra precisam saber que estão construindo uma catedral.

Esse é um ponto em comum que pode unir diferentes estilos de gestão. Neste artigo sobre os três níveis de gestão, o investidor afirma que “se você quer construir um navio, não separe as pessoas em equipes e mande-as para a floresta cortar árvores. Em vez disso, ensine-as a buscar o oceano.”

Traduzindo para a sua realidade

Em termos de mercado, os três níveis de gestão podem ser representados por:

• Gestão de produto
• Gestão avançada de projeto
• Gestão técnica

Basicamente, podemos entender a gestão de produto como a visão geral, que se desdobra em diversos tipos de gestão (como desenvolvimento, comercial, etc). É crucial no início de trabalho. Por isso, o produto é a “catedral” na analogia de Tomasz.

>> Leitura recomendada: Guia para descomplicar a gestão de projetos

Como funciona cada estilo de gestão

Já o nível de gestão avançada de projeto faz a ponte entre diferentes departamentos e monta uma linha de tempo do produto, para alcançar o sucesso. Já a gestão técnica garante a realização do que foi planejado. Esse tipo de gestão requer acompanhamento diário das tarefas, revisão semanal do desempenho da equipe. Além de outras técnicas, como o próprio nome deixa claro, para que tudo funcione.

A partir desses conceitos, é possível montar uma estrutura de hierarquia na sua empresa. Até para gerir cada nível e organizar um fluxo de trabalho para que cada área consiga informar as demais sobre o andamento dos projetos no seu setor. Tudo isso para que você possa tomar decisões conscientes a respeito do que ocorre em cada nível.

Ou seja, enquanto o topo da gestão define a direção da empresa, a gestão intermediária estabelece e acompanha KPIs, indicadores de produtividade e qualidade. Já no nível básico da gestão, supervisores e coordenadores precisam estar cientes de sua importância para motivar as equipes e engajá-las para atingir os objetivos. Afinal, muitas correções de rotas dependem de dados gerados na ponta da execução das tarefas.

>> Leitura recomendada: Como fazer o acompanhamento de tarefas

Combinando estilos de gestão

É uma tarefa e tanto manter em mente esses três níveis de visão, foco e gestão. Quem está à frente da organização pode ser tragado por tarefas menores. Então, correr o risco de se esquecer momentaneamente da “catedral” que sua empresa deve se tornar, ou ajudar a construir. São os chamados incêndios (pequenos ou grandes), que sempre chamam mais atenção do que o planejamento geral. E justamente a falta de atenção à estratégia geral provoca novos contratempos. Ou seja, tarefas urgentes e distrações que consomem o tempo e consequentemente os recursos.

>> Leitura recomendada: 4 razões para adotar um sistema workflow

Gestão com tecnologia

Já abordamos aqui no blog a importância da automação no marketing, e em outras áreas da sua empresa, para colocar em prática uma gestão de alta performance. Quando se trata de diferentes estilos de gestão, o Runrun.it sempre será a escolha certa. Pois, com ele, é possível reunir todos os colaboradores na mesma página.

A equipe é informada automaticamente não apenas das tarefas, expectativas de resultado e prazos de conclusão, mas de como trabalho contribui para o plano geral. Com o Runrun.it, as mudanças de prioridade são facilmente organizadas e todos ficam alinhados quanto ao que é mais importante para o negócio naquele momento.

Um reflexo direto dessa organização é melhorar o gerenciamento do tempo na sua empresa. E, com isso, o controle de horas e a inteligência para embasar a tomada de decisão. É o time intelligence, em que você pode coletar dados a partir da mensuração das horas trabalhadas e extrair informações importantes para guiar o seu negócio.

Aplique estilos de gestão diferentes na sua empresa com o suporte da plataforma, que é o braço direito dos gestores. Experimente grátis agora. http://runrun.it


Gif_Signup-1-1-3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>