A evolução da Internet das Coisas e as revoluções que ela gera

A evolução da Internet das Coisas e as revoluções que ela gera

Primeiro, os computadores passaram a pensar. Depois, a conversar entre si. Se você achou que esses avanços tecnológicos eram coisa de cinema, que iriam demorar gerações para fazer parte do nossos dia a dia, pense de novo. É fundamental que você entenda o quanto antes o que é Internet das Coisas – uma tendência da tecnologia que já mudou a rotina de alguns segmentos. Agora o impacto dessas melhorias só vai aumentar. Por isso, é bom acompanhar essa conexão de dispositivos e descobrir como você vai aplicar na sua empresa – se é que já não adotou essa tecnologia.

Para quem não se familiarizou ainda com o termo, a IoT (Internet of Things) é a conexão entre diversos dispositivos. Dessa forma, é possível coletar informações, compartilhar banco de dados diferentes e gerar avanços significativos no sistema produtivo, na logística e na experiência do cliente, para citar apenas alguns campos.

Mas afinal, o que é Internet das Coisas?

Trata-se de uma das tecnologias disruptivas que já abordamos aqui no blog. E como já falamos, essas tecnologias estão cada vez mais integradas ampliando o seu alcance e as suas possibilidades de aplicação. Como consequência, aumentam o seu poder de transformação no mundo em que vivemos.

Para visualizar o impacto que a IoT gera, basta passear pelas áreas que saíram na frente adotando essa inovação. Na agropecuária, sensores espalhados pelas plantações podem alimentar um sistema com dados de temperatura, umidade, velocidade e direção dos ventos, além de condições do solo. Os parâmetros podem disparar automaticamente o sistema de irrigação, o controle de pragas e outros aspectos da gestão de uma fazenda. Já no rebanho, chips na orelha dos animais enviam sua localização, histórico de vacinas e protocolos de tratamento.

Nas fábricas, o raciocínio é o mesmo. Combinar o monitoramento e a automação aumenta a eficiência, diminui os desperdícios, reduz os custos e minimiza os erros. Mas já podemos perceber a Internet das Coisas no caminho diário para o trabalho utilizando o transporte público. Sensores nos ônibus informam a localização, se há alguma pane mecânica ou algum outro imprevisto. Assim, por meio de um aplicativo, podemos saber se o coletivo chegará ao ponto no horário e qual a melhor combinação de modais para chegar a determinado destino.

>> Leitura recomendada: Entenda o que é Big Data Analytics

Cada vez mais dispositivos

A Business Insider Intelligence disponibilizou o segundo relatório anual sobre IoT e os resultados são muito expressivos. Já foram identificados cerca de nove bilhões de dispositivos compatíveis com IoT em 2017. Segundo o estudo, a projeção é que esse número salte para 55 bilhões em 2025. Já o investimento entre 2017 e 2025 atingirá 15 trilhões de dólares. Isso, segundo a pesquisa, o que mostra o investimento em soluções de IoT acelerando nas companhias.

E nessa evolução, a inovação não vem só das grandes empresas. Os ecossistemas de startups espalhados já estão dando suas respostas particulares para o que é internet das coisas. Estão injetando ideias, possibilidades e soluções reais para essa enorme conexão de dispositivos.

Para ter uma ideia, apenas de 2016 para 2017, o investimento em IoT feito por empresas com faturamento anual menor do que US$ 100 mil subiu de 31% para 54%. Os constantes avanços e o acesso a essas inovações fazem com que a IoT chegue mais rápido ao radar e não fique restrita apenas a megacorporações e segmentos de ponta.

>> Leitura recomendada: Impacto da automação no futuro do trabalho

Prepare-se para o que vem por aí

No universo corporativo, é possível identificar o mesmo movimento, já que a compreensão sobre o que é Internet das Coisas e os benefícios tendem a ser popularizados rapidamente. Uma série de fatores impulsionam esse crescimento e eles estão claramente interligados. Confira o que a sua empresa pode fazer para desenvolver a IoT:

Sensores menores, mais baratos e mais potentes
Com a propagação de sensores mais acessíveis, é possível viabilizar novos projetos e grandes inovações. Os sensores permitem que os dispositivos vejam, escutem e sintam além do que nós conseguimos.

>> Leitura recomendada: O reconhecimento facial vai afetar a sua vida

Internet mais rápida
A conectividade faz com que a informação coletada por tantos sensores e tags seja distribuída de fato.

Crescimento de dados
Mais sensores, mais internet e mais dispositivos conectados geram uma avalanche de dados. E isso muda a cultura das empresas também. Já falamos aqui sobre Data Driven Business e como ter um negócio guiado por dados para tomar decisões embasadas de verdade.

Tudo na nuvem
O cloud computing é o que permite o armazenamento de tantos dados. O assunto já apareceu algumas vezes no blog. Afinal, não é uma tendência, mas sim uma realidade há algum tempo.

Inteligência artificial
Se os dados estão sendo gerados exponencialmente, então é preciso dispositivos para processá-los. E não são apenas os computadores avançados com inteligência artificial de ponta que podem fazer isso, mas também dispositivos com softwares inteligentes, como TVs e até geladeiras. Virtualmente, tudo pode ganhar a função de se conectar à internet, acessar bancos de dados específicos, aprender e melhorar sua performance ou experiência para o usuário.

>> Leituras recomendadas:
O presente e o futuro da inteligência artificial
Treinador de inteligência artificial e outras carreiras do futuro

Novas tecnologias de segurança
A criptografia também evoluiu e é possível conectar tantos dispositivos sem colocar em risco os seus dados. Em conjunto com o avanço tecnológico, há uma mudança de cultura, já que essa preocupação está no topo da lista das empresas. Falamos neste artigo sobre segurança de dados e o tema estará cada vez mais presente no dia a dia.

De uma maneira ou de outra, a IoT vai mudar a sua vida

Prepare-se para entender o que é Internet das Coisas, porque isso certamente vai mudar a sua vida. Como gestor, você sentirá na pele as vantagens de toda essa conectividade de dispositivos. A questão é o impacto que a IoT vai causar no seu mercado, no seu segmento e na sua empresa. É preciso treinar seu olhar estratégico, valorizar os dados e adotar de vez novas tecnologias.

Nesse processo, conte com o Runrun.it. Braço direito do(a) gestor(a), a ferramenta permite uma organização inteligente do fluxo de trabalho, com priorização das tarefas, facilitando o controle de projetos e melhorando a produtividade da sua equipe.

O sistema também proporciona a integração de maneira fácil, organizada e documentada dos colaboradores, e formaliza toda a comunicação com as pessoas. Assim, os gestores têm nas mãos o monitoramento das atividades em tempo real, o controle de horas trabalhadas, relatórios gerenciais e subsídios para a tomada de decisões estratégicas baseadas nos dados. Faça hoje mesmo um teste grátis: http://runrun.it.

 
Gif_Signup-1-1-3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>