8 tecnologias disruptivas que vão mudar o mercado e a sua vida

8 tecnologias disruptivas que vão mudar o mercado e a sua vida

Pode dizer adeus ao mundo como conhecemos hoje. Temos a consciência que o avanço exponencial da tecnologia acelera as transformações em escala global e está cada vez mais presente em nossas vidas pessoais e profissionais. Não é à toa que podemos listar oito exemplos de tecnologia disruptiva que vão impactar o mundo dos negócios – e o nosso dia a dia – já neste ano.

Algumas são novas frentes da ciência, como o desenvolvimento de novos materiais com base em nanopartículas ou microtubos de carbono. Supercondutores, superfícies ultra flexíveis, metais com memória e outras coisas que víamos apenas em ficção científica e passam como mágica para o mundo real.

Outros exemplos de tecnologia disruptiva são “velhos conhecidos”, mas podem chegar ao ponto de ebulição — que é quando a tecnologia se torna acessível e impacta massivamente a sociedade. Como ocorre, por exemplo, com a internet móvel mais barata e muito mais rápida, carros híbridos e até a energia solar, que pode alcançar o patamar de matriz energética preferencial de empresas e até países inteiros.

O interessante é a relação entre essas manifestações de tecnologia disruptiva, e como tais associações elevam ainda mais as suas aplicações. Veja só: os avanços do armazenamento de energia e da inteligência artificial impulsionam o universo dos carros elétricos autônomos, e por aí em diante.

>> Leitura recomendada: Avanço da tecnologia: as mudanças da última década (Infográfico)

Confira essa lista e veja o quanto você está por dentro dessas tendências que batem à porta:

1 – ­­Internet das Coisas (IoT)

Imagine uma rede que interliga diversos sensores de baixo custo. Agora imagine essas redes monitorando, tomando decisões e otimizando processos. É fácil visualizar a Internet das Coisas transformando áreas como logística, cuidados médicos a distância e controle de recursos naturais.

O vice-presidente sênior da IoT da Cisco, Rowan Trollop, destaca nesse artigo o aumento da tecnologia disruptiva em fábricas inteligentes, ligando dispositivos, sensores e outros ativos. Ele afirma: “os early adopters (primeiras empresas/consumidores a adquirirem os dispositivos com IoT) já estão experimentando grandes reduções no tempo de inatividade dos equipamentos, nos resíduos de processos e no consumo de energia nas fábricas”.

Já, quando o assunto é cuidados médicos a distância, a área também está adiantada. A Amazon, a Berkshire Hathaway e a JPMorgan Chase anunciaram uma joint venture com foco nos cuidados de saúde. De acordo com a matéria da Exame, a nova empresa irá focar em soluções tecnológicas que possam fornecer plano de saúde simplificado e transparente para os funcionários das três companhias a um custo mais baixo. E, com isso, as ações de empresas de seguro dos Estados Unidos já caíram, pois a nova tecnologia pode afetar amplamente o setor.

>> Leitura recomendada: Futuro do trabalho: Você está preparado para encarar as mudanças trazidas pela automação e IoT?

2 – Experiências imersivas

Realidade virtual, realidade aumentada e realidade mista entrarão no dia a dia das empresas. Será um novo passo nas videoconferências e outros artifícios para romper a barreira da distância nas organizações. De uma forma geral, a maneira com que interagimos com os computadores será atualizada. Somam-se a RV, RA e à Realidade Mista a evolução da pesquisa por voz e o reconhecimento facial. Sabe essas coisas de teclado, mouse e monitor? Não se apegue muito, não.

3 – Blockchain

Recentemente, falamos sobre Blockchain aqui neste artigo e comentamos sobre mercados que a tecnologia por trás da Bitcoin vai virar de ponta cabeça. Muito além da volatilidade das moedas digitais, o Blockchain viabiliza sistemas sem um órgão regulador. Assim, os blocos inalteráveis de informação compartilhada podem mudar a dinâmica de gestão das empresas, a segurança digital e o sistema jurídico como conhecemos hoje.

4 – Edge e cloud computing

Além do maior uso de soluções na nuvem, a computação de borda é um contraponto que irá avançar. Afinal a ligação entre dispositivos formando uma base maior de dados e uma maior capacidade cognitiva é um caminho natural. Com isso, o edge computing também vai permitir soluções para IoT.

Aqui neste artigo sobre edge computing, você encontra mais definições e uma reflexão de como essa tecnologia e o cloud computing irão coexistir.

5 – Impressão 3D

Mais uma tecnologia que não é novidade, mas que ganhará novas aplicações. O preço de impressoras 3D continua a se tornar mais acessível e gera resultados melhores.

Hoje, a indústria consegue desenvolver protótipos com muito mais facilidade. Porém, o grande passo é a revolução da própria produção, que engloba desde a fabricação de bens até a construção civil. Vale lembrar que, além da impressão em grande escala de objetos, a tecnologia também caminha para a impressão de tecidos orgânicos de reposição para uso médico.

6 – Materiais avançados

Um grande campo de pesquisa é o de materiais com características superiores aos utilizados no mundo de hoje. Coloque na lista de desejos: novos componentes químicos, catalisadores, supercondutores, novos displays e chaves para o avanço em diversas áreas.

A energia solar tinha capacidade limitada de captação e armazenagem? Não com novíssimos sensores e baterias de tecnologia disruptiva. Outra possibilidade é a de materiais que “se curam” de avarias. Então, a regra da evolução exponencial se aplica aqui. Ou seja, cada vez mais materiais são criados e cada vez se tornam acessíveis de maneira mais rápida.

7 – IA para serviços

Não estamos falando (ainda) de substituição do ser humano, mas certamente de uma ferramenta indispensável para serviços de alta performance. Na publicação anual de Technology Vision da Accenture, mais de 80% dos executivos entrevistados responderam que os computadores se tornarão colegas de trabalho e serão consultores confiáveis de gestores. Isso porque a automação do conhecimento e o chamado machine learning gera instantaneamente ferramentas valiosas para profissionais tomarem decisões.

Os sistemas de Inteligência Artificial já indicam diagnósticos e auxiliam médicos a encontrarem o protocolo de tratamento adequado. O setor financeiro também colhe frutos da IA aplicada, com suas análises em profundidade e cruzamento de dados diversos para indicar risco e as melhores alternativas de investimento.

8 – Energia renovável

A energia solar e a energia eólica seguem em sua evolução. Os materiais avançados superam limitações antigas. E tanto a captação quanto a distribuição em diferentes áreas se tornam possíveis em um novo patamar de eficiência. Ainda bem, porque assim geramos menor impacto na emissão de CO2 e na mudança climática.

>> Leitura recomendada: Guia de Gestão Empresarial para Empresas que Desejam Ser Disruptivas

Sua empresa está preparada para a tecnologia disruptiva?

Nesse cenário de tecnologias disruptivas em série, nem todos serão inovadores. Porém, no mínimo, é preciso se manter atualizado e aproveitar as tendências que certamente impactarão seu mercado.

Equipes de trabalho devem estar mais integradas do que nunca e com uma gestão que permita o máximo de aproveitamento do tempo. O Runrun.it é uma plataforma de gestão perfeita para departamentos darem respostas rápidas às mudanças do mercado. E também para empresas criarem as próximas mudanças. Faça um teste grátis: http://runrun.it.

 

Gif_Signup-1-1-3

6 thoughts on “8 tecnologias disruptivas que vão mudar o mercado e a sua vida

    1. Olá Maryan,
      Obrigado pelo comentário.
      Claro que os carros elétricos precisam de tomada para carregar suas baterias.
      Continue nos acompanhando.
      Um abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>