3 razões para o sucesso das empresas com propósito

3 razões para o sucesso das empresas com propósito

A história de lucro a qualquer custo não comove os profissionais já faz um tempo. E também não gera os mesmos resultados de antigamente. Claro que toda empresa tem fins lucrativos por definição. Porém, há uma infinidade de maneiras de se chegar a esse objetivo. Acontece que esse não pode ser o único, nem o principal foco de uma organização para que ela se destaque no mercado. E cada vez mais empresas com propósito provam que ter uma razão para existir faz toda a diferença nos negócios.

Para Karina Saade, COO (Diretora de Operações) da BlackRock para a América Latina, maior gestora de ativos do mundo, a resposta é clara: business purpose, ou propósito do negócio, é crucial para obter melhores resultados financeiros. “A Blackrock é uma grande investidora. Temos várias companhias no nosso portfólio, mas nossa pesquisa mostra que empresas com um propósito claro têm uma vantagem competitiva”, explicou, em matéria na Época Negócios.

Com um propósito, tudo faz sentido

Um propósito faz a conexão entre uma organização e a sociedade. Não é só pelo dinheiro. O propósito reflete algo mais aspiracional. O que envolve crenças e motivações que explicam o que move as pessoas que compõem a empresa. Trata-se de buscar um impacto positivo no mundo, algo que perdure, que influencie ativamente a qualidade de vida das pessoas.

>> Leitura recomendada: Como mudar o mundo com empreendedorismo social

Obviamente que isso pode ser trabalhado no marketing. Como abordamos aqui neste artigo sobre brand marketing, o propósito é parte fundamental da estratégia de como a empresa se posiciona e se comunica com os consumidores.

Mas para funcionar de verdade, o propósito precisa ser autêntico, ir além do discurso e gerar ações reais e contínuas. Por isso, listamos três razões básicas, que mostram como as empresas com propósito conseguem ótimos resultados.

1. Organizações com propósito pensam a longo prazo

Karina Saade afirma que empresas com propósito “são as melhores em alinhar a estratégia de longo prazo entre a gerência da companhia e os acionistas”. Claro, um propósito não é um objetivo simples de ser alcançado. Até porque demanda tempo, trabalho contínuo e foco. E essa relação entre propósito e tempo cria um senso incrivelmente benéfico para o plano estratégico.

Já falamos aqui sobre como missão, visão e valores são uma bússola que aponta para o norte da sua empresa. O propósito também tem essa função de permear o planejamento e guiar a organização. E com trajetórias mais consistentes, é possível colher melhores resultados.

2. Um propósito atrai talentos

Por melhor que seja o seu processo de seleção, um propósito é fundamental. Ele causará profundo impacto em quem irá se candidatar ao cargo, sobretudo se forem perfis mais jovens. Será o seu ímã para encontrar pessoas que se identifiquem com a cultura da empresa e possam contribuir na mesma busca.

Isso funciona não só para selecionar profissionais para cargos elevados, mas também para reconhecer os talentos que já estão na organização.

>> Leitura recomendada: O que quer a geração Y no mercado de trabalho?

3. O desafio da motivação perene

Aquele aumento tão celebrado hoje pelo seu funcionário vai perdendo o efeito motivador com o tempo — até que o colaborador queira mais. Um novo cargo, um salário maior, uma equipe mais estruturada. Essa insatisfação, misturada com ambição, é muito positiva para o crescimento profissional, claro. Porém, é difícil saciar essa fome de reconhecimento. Então, é muito comum que um bom profissional procure esse algo a mais na concorrência.

O business purpose funciona como um elemento que traz equilíbrio a essa balança do trabalho. Empresas com propósito bem definido conseguem engajar os colaboradores. Isso porque eles sabem que estão investindo seu tempo em algo produtivo, que contribui para um plano maior. Sem contar que ajuda a criar uma atitude de dono das pessoas em torno dos objetivos da organização.

Como definir e se manter fiel ao seu propósito

Um propósito não se inventa. Ele já existe e você precisa identificá-lo. Este artigo da Leaderonomics explica de forma simples o que chama de círculos de ouro:

  • um círculo inicial que é “o quê”;
  • outro maior, que engloba o primeiro, é o “como”;
  • por último, o maior círculo que envolve os dois primeiros é o “porquê”.

 

Todas as empresas no mundo dominam o primeiro círculo. Ou seja, sabem o produto ou serviço que oferecem ao mundo. Algumas empresas sabem como fazem, bem como os motivos pelos quais o produto ou serviço merece destaque no mercado. Mas pouquíssimas empresas têm em mente o “porquê”. Vale lembrar mais uma vez que o dinheiro não é esse motivo; é apenas um resultado. Esse porquê é exatamente o que possuem as empresas com propósito. Apple, Microsoft e outras tantas empresas consideradas como purpose-driven organizations são bem-sucedidas inclusive porque começam pelo “porquê”.

Nesta apresentação do TED, o consultor Simon Sinek explica em detalhes como funciona essa dinâmica.

Empresas com propósito: exemplos práticos

A ex-reitora da Escola de Educação na Universidade de Michigan, Deborah Ball, deu um bom exemplo desse desafio em artigo na Harvard Business Review. A instituição estava passando por uma mudança em sua missão, por causa da adaptação aos novos tempos. Então, quando assumiu a reitoria, Deborah quis deixar claro para todos qual era o propósito da escola. Assim, ela poderia estimular o foco e o comprometimento das pessoas.

Mas como identificar esse propósito? Ball entrevistou todos os membros do corpo docente, esperando respostas difusas. Porém, o que encontrou foi semelhanças nos discursos que a ajudaram a definir uma história verdadeira do porquê aquelas pessoas estavam ali reunidas. Ela compartilhou com todos da instituição essa história, que continuou a ser refinada com a interação de cada um, até que se chegou ao real propósito da escola. Note que até o processo de encontrar o norte da sua empresa influencia positivamente na motivação e na valorização dos profissionais.

Uma vez que você encontrou o seu propósito, é preciso ter certeza de que todos na empresa estão cientes dele. A mensagem deve ser constante, seja em estratégias de onboarding, na formação de líderes ou na comunicação interna. Conectar as pessoas com o “porquê” da empresa fará com que todas as decisões tomadas contribuam para esse propósito.

Porque uma coisa é certa: imediatismo e resultados a curto prazo sempre vão parecer tentadores e poderão distanciar a organização do seu propósito. Só que com um trabalho constante de envolvimento e conscientização, é possível se manter firme no objetivo maior.

>> Leitura recomendada: Dicas de desenvolvimento de equipes para sua empresa

Integração para trabalhar pelo propósito da empresa

Uma forma de integrar e engajar seu time no propósito é adotar a gestão à vista. A metodologia tem por princípio divulgar, de maneira clara e sucinta a todos os funcionários e colaboradores e em um local de fácil visibilidade, informações importantes sobre o atual desempenho de uma empresa – e de cada setor no qual ela está inserida.

Outra iniciativa importante é adotar uma plataforma de gestão. Com isso, o fluxo de trabalho das equipes tem muito a ganhar. Uma vez que a automação de tarefas simplifica os processos, permite gerar e analisar os dados sobre o andamento da empresa. Cada pessoa, então, consegue visualizar o todo e tem sua responsabilidade bem definida. Os gestores podem consultar rapidamente índices de performance e assumirem uma postura mais estratégica. E ser mais estratégico significa alinhar o planejamento e as decisões com o propósito da empresa.

Estimule a sinergia das equipes e entre para o grupo de empresas com propósito que fazem a diferença. O Runrun.it está aqui para ajudar você nesta tarefa. Afinal, com um Dashboard customizável, é possível monitorar todas as informações que a sua empresa precisa. Além disso, com a automação, o sistema evita essa microgestão e aumenta a produtividade das pessoas em até 25%. Faça um teste grátis hoje mesmo e conheça mais detalhes da plataforma: http://runrun.it

Gif_Signup-1-1-3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>