Organização e priorização: essenciais para a rotina empreendedora

Organização e priorização: essenciais para a rotina empreendedora

Desde que decidi pedir demissão para começar a empreender, passei a experimentar uma rotina completamente nova. Durante anos, me vi acostumada à uma rotina que envolvia uma jornada de 40 horas semanais, com entrada e saída em horários exatos e pausas para o almoço quase sempre respeitadas. Para mim, o normal era resolver as outras coisas da minha vida em horários alternativos a esse, já que o famoso horário de trabalho comercial era sagrado. Em relação às atividades, ter um chefe e uma equipe me faziam saber que eu podia contar com mais pessoas, ou seja, eu não era sozinha. Se eu não entregasse uma determinada atividade no prazo, logo viria alguém cobrar pessoalmente ou por e-mail – o chefe, ou a equipe.

Meus primeiros dias como empreendedora me fizeram sentir um baque. Como assim eu não precisava mais trabalhar em horário comercial, necessariamente? Como assim eu podia fazer mais em menos tempo e, se estivesse tudo ok, ir ao shopping no meio da tarde resolver algo que antes eu só poderia fazer à noite, depois de sair do trabalho? A partir dali, os horários se tornaram completamente meus e por mais que isso pareça libertador, acredite, exige uma responsabilidade muito maior. Afinal, pode ser que agora não exista mais um chefe ou uma equipe ao seu redor ou lhe cobrando, mas no final do dia ainda existe alguém esperando: seu cliente.

Outras colunas da Flavia
>> As marcas que evitaram o clichê em sua comunicação
>> Como a priorização pode ajudar o trabalho do marketing
>> LinkedIn: 5 dicas para construir um perfil de sucesso
>> O storytelling pode ajudar a sua empresa a vender mais
>> A credibilidade da comunicação da sua marca na internet
>> O futuro do marketing é contextual, humano e real

Nesse novo cenário é preciso ser ainda mais organizado. Se antes, como funcionária, em determinados momentos eu chegava ao trabalho e de repente não existiam muitas demandas no dia, tudo que me restava era procurar algo para fazer. Mas eu precisava ficar ali, até que meu horário findasse. Agora, como empreendedora, eu não tenho mais essa obrigação. Se eu conseguir me organizar direitinho e priorizar no dia a dia o que preciso entregar, posso concluir meu trabalho antes do previsto e ficar livre.

>> Leitura recomendada: Como usar o kanban board no marketing

Acostumando com uma nova rotina

Eu confesso que me senti estranha diante dessa nova rotina logo que comecei a empreender. Talvez eu estivesse inspirada para fazer um trabalho em um domingo à noite e, na segunda de manhã, eu quisesse ir malhar. Isso não era mais um problema, eu podia sim fazer isso se quisesse. Ao mesmo tempo, experimentei momentos em que demandas se acumularam (felizmente) e precisei trabalhar ainda mais. Assim como podem existir momentos de baixa, em que você precisa manter algum ritmo de trabalho, nem que seja estudando, para não perder completamente a rotina.

>> Leituras recomendadas:
Como a agenda de tarefas aumenta a sua produtividade
Gestão do tempo: Ser produtivo não tem nada a ver com ser ocupado

Meu dia a dia empreendedor é bem variado. Às vezes, estou em home office, às vezes estou dando aulas ou palestrando. Muitas vezes estou viajando. Mas precisei me acostumar que estarei trabalhando em todos esses cenários. De repente, sozinha em um hotel em outro estado enquanto a palestra não começa. Ou então, usando pijama e meias no escritório de casa em um dia frio. Entender que eu não tenho mais uma única mesa ou espaço de trabalho não foi muito fácil no começo, porque às vezes nos apegamos a algumas coisas ao nosso redor e as usamos como um gatilho para sermos mais produtivos.

Aos vinte e poucos anos, eu confiava plenamente em minha memória. Também, porque na época eu tinha menos coisas com que me preocupar. Notei que, depois dos trinta, com mais demandas e uma rotina empreendedora em que se eu não produzisse, ninguém faria por mim, passei a anotar tudo. Uso agendas e ferramentas online para anotar tudo que preciso, afinal, minha empresa se tornou o computador e a nuvem, e posso fazer minhas atividades onde quer que eu esteja.

>> Leituras recomendadas:
44 ferramentas que startups do mundo todo estão usando
Como o escritório virtual pode aumentar sua produtividade

Como eu organizo meu dia a dia empreendedor

Eu gosto de registrar quase todo tipo de coisa. Criei etiquetas coloridas de acordo com o assunto. Por exemplo, já que minha rotina varia tanto, para atividades físicas eu coloquei a cor amarela. Assim, consigo filtrar facilmente quais aulas estão acontecendo na academia e, se conciliar com meu momento livre, lá vou eu treinar um pouco. Todas as aulas e palestras que darei também ficam anotadinhas e, alguns dias antes desse compromisso, existe outro lembrete para que eu não me esqueça de conferir os slides que usarei. Seja sobre a necessidade de criar novos ou revisar os já existentes. Reservas aéreas e de hotel também estão sempre organizadas. Deus me livre, precisar de alguma informação e ela não estar ali ou deixar passar uma data importante e um cliente ficar na mão. Manter tudo anotado foi a solução que encontrei.

A vida de empreendedor, principalmente aquele que trabalha praticamente sozinho o tempo todo, também pode exigir alguns cuidados extras. É preciso colocar na agenda alguns bolsões forçados para descanso ou pausa para um café. Pausas também para ver gente, conversar, tirar o foco um pouquinho. Tudo isso ajuda a dar uma energia nova para recomeçar em seguida muito mais inspirado. A vida empreendedora também pode ter altos e baixos. Dependendo do seu tipo de negócio, às vezes você terá muito trabalho e às vezes pouco. Por conta disso, pensar em reservas financeiras e rever seu modelo de negócio de modo que ele possa lhe garantir uma receita fixa mensal, é uma boa. Além disso, é preciso ser cuidadoso com a saúde, porque às vezes vamos com muita sede ao pote quando a maré está boa e acabamos trabalhando muito, naquela coisa de não recusar nada por não saber como será o próximo mês.

>> Leitura recomendada: 5 passos para empreendedores serem mais produtivos

Ser empreendedor é acordar e todos os dias ter a capacidade de se automotivar. De entender que os dias podem ser diferentes e que está em suas mãos o poder de fazer acontecer, de trabalhar em um propósito, de algo que o deixa mais feliz. Mas para que a sua rotina funcione é preciso procurar formas de se organizar e priorizar suas atividades. Fazendo isso ficará mais fácil ter uma visão ampla de sua semana ou mês, entendendo o que merece mais dedicação, o que é mais urgente, quando há espaço para incluir coisas novas e até analisar atividades que podem ser adiantadas se houver tempo sobrando. Todos os dias, eu acordo e olho para minha agenda em busca do que preciso focar naquele dia. Assim, eu consigo garantir que não deixarei nada acumular ou atrasar e ainda manter a ansiedade sob controle.

>> Leituras recomendadas:
Acompanhamento de tarefas para monitorar os projetos
Gestão do tempo: Por que perdemos prazos


Gestão inteligente com organização e priorização

Para ajudar no dia a dia de tarefas, projetos e entregas para os clientes de profissionais e agências, nada melhor do que contar com uma ferramenta de gestão do trabalho. Como o Runrun.it, que permite organizar todo o fluxo de trabalho, a agenda de atividades e a priorização, automatizando processos e otimizando a sua rotina. Com isso, você ganha tempo, não perder os prazos e aumenta a sua produtividade e da sua equipe.

Conte com funcionalidades como o registro de horas automáticas para saber quanto tempo você está dedicando a cada cliente, podendo modificar sua precificação e tornar seus projetos mais rentáveis. Com a inteligência aumentada, o software também traça previsões reais da entrega de projetos e projeta atrasos ou se o orçamento tende a estourar. Conheça já! Faça um teste grátis: http://runrun.it

Gif_Signup-1-1-3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>