Gestão de marketing digital: o cenário atual, os principais desafios e os caminhos para sua empresa superá-los

Gestão de marketing digital: o cenário atual, os principais desafios e os caminhos para sua empresa superá-los

Hoje, em 2018, já dá para dizer que o marketing digital entrou na fase adulta. Pois lá se vão mais de 20 anos desde que o termo e a prática apareceram timidamente. Isso foi em meados da década de 1990, com a propagação da internet comercial — e quando o mundo ainda engatinhava na tecnologia mobile, mas já começava a se conectar. Desde então, o uso da tecnologia na promoção de produtos e serviços vem mudando profundamente as operações de marketing das empresas. A ponto de hoje, mais de duas décadas depois, a gestão de marketing digital ser praticamente imprescindível para qualquer negócio. Inclusive, foi criado um novo segmento de empresas especializadas nesta atividade, e é para elas que desenvolvemos este conteúdo.

>> Leitura recomendada: Conheça o Marketing 4.0 e prepare-se para as mudanças

Dos diretórios aos dispositivos mobile

Dos anos 1990 até aqui, muita coisa mudou, como mostra essa matéria do Business2Comunity. Na época, sequer existia o termo “gestão de marketing digital”, e os esforços resumiam-se ao e-mail (compra de listas e spam), aos diretórios e webrings (um site aceito em diretórios como Yahoo! era a chave para o sucesso do marketing digital), entre outros.

Com o tempo, as pessoas passaram a utilizar mais dispositivos digitais no processo de compra, seja para pesquisarem sobre os produtos, seja para realizarem as compras em si. E as empresas tiveram que se adaptar a esse cenário.

Um rápido exemplo de como a configuração mudou: nos primórdios do marketing digital, praticamente todas as informações sobre um produto ou um serviço estavam nas mãos da empresa que os comercializava. Para conhecer mais sobre o que era vendido, nós precisávamos recorrer à marca — fosse a um vendedor, a um canal de vendas, ou a um website.

Novos tempos, novos desafios para a gestão de marketing digital

Mas os tempos realmente mudaram. Graças à internet e às redes sociais, os consumidores assumiram um papel muito mais ativo nesse processo. E isso impacta profundamente nas vendas. De acordo com esta matéria da Resultados Digitais, 60% do processo de compra já foi realizado antes mesmo de o consumidor entrar em contato com um vendedor. Ou seja, antes mesmo de adquirir o produto ou serviço que sua empresa oferece, é bem provável que seu cliente já saiba muita coisa sobre ele.

Soa um tanto assustador, não? Porém, para realizar uma boa gestão de marketing digital, é preciso aposentar velhos paradigmas. Porque, como você deve saber, na essência, trata-se de uma tremenda oportunidade para que sua empresa gere mais oportunidades de negócio para si mesma e para os seus clientes, uma vez que as pessoas estão cada vez mais conectadas.

Mas não sei nem por onde começar!

Não tema, estamos aqui para ajudar. Entender a importância da gestão de marketing digital para obter resultados melhores é o primeiro (e mais importante) passo. A seguir, é preciso compreender exatamente como aperfeiçoar continuamente a gestão na sua agência.

Primeiramente, vejamos quais são os formatos de marketing digital mais utilizados atualmente. Para cada um, colocamos sugestões de leituras relacionadas do blog para você aprender mais:

Marketing de Conteúdo

Email Marketing

Redes Sociais

>> Outras leituras recomendadas:

 

Você conhece as ferramentas? Então é hora de usá-las

Um dos maiores desafios da gestão de marketing digital não é aprender a usar as ferramentas acima, mas obter domínio total sobre elas — o que leva a resultados efetivos, de fato.

O que mais se vê por aí são gestores quebrando a cabeça para entender como os posts impulsionados no Facebook estão bombando de usuários que não compõem seu público. Ou como dobrar a verba da mídia programática não mudou em nada o número de leads.

A resposta está no planejamento estratégico. Neste artigo da Smart Insights, você encontra dez razões para adotar uma estratégia. Afinal, o marketing digital é cheio de possibilidades, de novas alternativas, e há uma cobrança instantânea por resultado. É muita gente trabalhando, mas poucos dominando de fato as ferramentas.

Aprendendo o caminho das pedras

Como gestor(a), se você identificar essa dispersão, não hesite e redesenhe a estratégia. Realizar uma matriz SWOT pode ser um ótimo recomeço. E preste atenção nas forças e nas oportunidades: é lá que você vai trabalhar o seu planejamento.

Traçado o cenário, é chegada a hora de dar um objetivo principal ao planejamento. Para isso, pergunte-se: como gestor, o que você realmente quer com as ações de marketing digital que oferece a seus clientes? Aumentar o número de leads deles? Ampliar suas bases de clientes? Aumentar a conversão? Quanto mais claro e quantificado em números, melhor. Liste e ordene as prioridades para cada cliente — e procure sempre alinhar as atividades com eles, para dar mais agilidade à aprovação e evitar a refação.

Pronto? Então, chegamos à estratégia central do planejamento. A espinha dorsal da sua gestão de marketing digital. É o momento de pensar no diferencial da marca e dos produtos de seus clientes, e de conhecer mais de perto o público para os quais eles querem vendê-los. Para se aprofundar no processo, leia este nosso artigo sobre plano de marketing.

Tocando o plano de ações e montando o time ideal

De posse de todas essas informações, sua estratégia de marketing digital está pronta para ser colocada em prática. Neste momento, detalhe como os objetivos serão atingidos. Por exemplo, tratando-se de marketing de conteúdo: qual formato será utilizado? Vídeo, texto, infográfico, podcast? Que metas indicarão o sucesso dos seus esforços? Quais canais serão trabalhados por esse conteúdo?

Nessa fase, começa a divisão de tarefas e a inclusão de possíveis parceiros, de acordo com as ferramentas que você vai utilizar. Ou seja, é quando você precisa estruturar o time para desenvolver os materiais para o seu cliente e atingir os objetivos estipulados.

A propósito, aqui mais alguns conteúdos do blog podem te ajudar a montar o time ideal:

 

Lembre-se, também, de dividir bem as tarefas. Dentro da sua equipe, você deverá ter quem seja responsável pela criação dos anúncios, pela produção do conteúdo, pela mensuração de resultados, e por aí vai.

E para saber mais como montar um planejamento de marketing digital certeiro — inclusive para conhecer novas ferramentas —, leia este nosso artigo.

O braço direito também do gestor de marketing digital

Hoje, o marketing digital é a forma mais poderosa de uma empresa vender sua marca e seus produtos. Mas é sabido que, com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades — o que significa pressão. E para não sucumbir a essa pressão, você precisa de uma boa ferramenta de gestão para executar seu planejamento estratégico de marketing digital.

O Runrun.it é esta ferramenta. Com ele, você mantém toda a equipe alinhada, cria processos que descomplicam a operação, automatiza o que é burocrático, aumenta a produtividade em 25% e consegue monitorar o andamento de tudo. Experimente grátis agora mesmo: https://runrun.it.

Gif_Signup-1-1-3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>