Como ser um bom gestor? Dicas para você chegar aonde deseja

Como ser um bom gestor? Dicas para você chegar aonde deseja

Liderança, iniciativa, agilidade, versatilidade, maturidade, pensamento estratégico… São muitas as qualidades que se esperam de um gestor. Principalmente no competitivo mercado atual, que vem exigindo desempenho acima da média e habilidades bem específicas de quem decide atuar na gestão de uma empresa. Seja no próprio negócio ou no departamento de uma grande companhia, o gestor é quem mais costuma trabalhar. Pois, além dos próprios projetos da empresa, tem toda uma equipe para gerenciar, e tarefas burocráticas com que se ocupar. E aí, está disposto a encarar o desafio? Então você não pode perder as dicas sobre como ser um bom gestor que preparamos a seguir.

 

Você lidera uma equipe? Aprenda 3 lições básicas

 

“Não cabe todo mundo lá em cima”

Mas, antes de começar, alguns avisos de quem entende muito do riscado: Franklin Valadares, COO do Runrun.it. Neste artigo, ele alerta para os perigos dos planos de muita gente, de subir na hierarquia de uma empresa para chegar ao cargo de gestor.

Segundo Franklin, “não cabe todo mundo lá em cima. Se você não entrar no ‘jogo’ da empresa, provavelmente vai se frustrar com seu plano de carreira. Para cada dez analistas, vai existir um cargo de gerente”.

Ele lembra que algumas empresas são mais meritocráticas do que outras – organizações em que a cultura de resultados prevalece (leia mais sobre o assunto neste artigo: Cultura de resultados: só se gerencia o que se mede). Nesse caso, os melhores resultados levam à promoção.

Mesmo assim, quanto mais para cima na estrutura de uma grande corporação você for, mais a política vai fazer parte do seu dia a dia. Ou seja, você provavelmente deixará de lado a atividade que realizou para chegar até ali.

E então, continua disposto a seguir adiante? Maravilha! O foco é um dos atributos mais valorizados em um gestor.

Dicas para jogar (e ganhar) o jogo

Primeiro, vamos assumir que você ainda não seja um gestor – mas que queira muito chegar lá. Mas o que é ser líder, na prática? O próprio Franklin Valadares compartilha alguns aprendizados indispensáveis:

“Entenda qual é a fórmula de geração de valor da sua empresa”. De acordo com ele, toda empresa tem um processo de geração de potenciais clientes, de gerar interesse por seus produtos ou serviços, vender, reter e ampliar a receita com os clientes atuais. Então, o conselho aqui é: invista o seu tempo entendendo o modelo de negócio da empresa em que você atua. Pense além da simples execução. Fica mais fácil entregar valor, o único motivo pelo qual você foi contratado.

“Cuide para que seu trabalho seja mensurável”. Valadares orienta que, mesmo que você seja jovem, criativo e acredite na cultura do trabalho livre, “lembre-se de que alguém está pagando para que você entregue algo”. Volume de entrega ajuda a trazer valor e visibilidade, sem aquela chatice de politicagem. É resultado, direto e reto.

“Formalize as decisões”. Preferencialmente, por meio de uma plataforma dedicada à gestão do trabalho, como o Runrun.it; o conselho de Valadares, aqui, é deixar “as decisões gravadas na pedra”. Afinal, lá na frente, quando alguém cobrar algo inconsistente, você terá um histórico do que foi decidido e o porquê das suas ações. Fica fácil mostrar o registro do “antes e depois”.

“Esqueça a motivação. Foque na disciplina”. Motivação você já tem, ou deveria ter. Agora, Valadares recomenda que você reflita sobre os motivos pelos quais está na empresa. Dinheiro? Carreira? Aprendizado? Propósito? Mas, se o seu sonho é estar em outro lugar, tenha bem claro onde esse lugar é (mesmo que seja dentro da mesma empresa). Anote, coloque uma data viável. Pronto, você já tem um objetivo. Agora, é focar na disciplina para alcançá-lo.

Último e mais importante: “trabalhar dá trabalho”. Valadares guarda o principal conselho para o final: “sue a camisa, sem dó!” Mas, não se esqueça de se divertir com a família e os amigos. “Afinal”, conta ele, “trabalhamos para construir coisas legais, ganhar dinheiro e desfrutar com as pessoas que amamos”.

Quer mais dicas? Leia este artigo do co-fundador do Runrun.it sobre como ser promovido. E neste você conhece 6 passos para você impressionar seu chefe.

Você chegou lá? Veja dicas pontuais sobre como ser um bom gestor

O aprimoramento de um gestor é um processo contínuo. Você vai ver que há muito a se aprender com seus colaboradores, e principalmente com gestores mais experientes. A propósito, esta já é uma dica fundamental, talvez a mais importante: ter a figura de um mentor sempre presente. O mentor é justamente o gestor experiente, capaz de apontar o caminho quando você se sentir perdido.

Como ele provavelmente daria algumas dessas dicas a você, considere este artigo como sua primeira mentoria:

  • Tenha a mente aberta para saber escutar, aprender e formar novos raciocínios a partir dessa aprendizagem;
    Saiba quando se expor e quando se preservar no relacionamento com a equipe;
  • Valorize o trabalho de seus colaboradores e procure enfatizá-lo sempre aos clientes internos e externos que o receberão. Este artigo tem dicas imperdíveis de como motivar uma equipe.
  • Quando um dia não terminar com o resultado esperado, procure dormir o “sono dos justos” e de quem tentou todo o possível. Assim, no dia seguinte, você e a equipe estejam bem dispostos para dar a volta por cima. Tente não levar problemas de um dia para o outro.
  • Procure estabelecer sempre uma comunicação eficiente com seu time. Pois isso é um fator elementar na interação de pessoas. Existem algumas frases que movem montanhas (e projetos), como “Confio na sua decisão” e “O que você acha que pode melhorar?”, e outras que devem ser evitadas, como “Dê 110%” e “Se você não faz, vou encontrar quem faça”. Este artigo sobre comunicação eficiente tem mais sobre o assunto.
  • E lembre de celebrar com todos as pequenas vitórias. Não é necessário abrir uma garrafa de champanhe para isso, mas elogios sinceros são, além de reconhecimento, celebração para quem souber recebê-los. Trata-se de saber valorizar a performance que merece ser valorizada.

 
>> Leitura recomendada: Conheça os novos caminhos da gestão de desempenho

Fique de olho: tendências em liderança

O caminho para descobrir como ser um bom gestor é árduo e requer bastante entrega, organização, gestão do tempo e disciplina. Entretanto, você não pode se esquecer de se manter atualizado com as tendências de liderança. Neste artigo, a Inc.com traçou 5 tendências para você continuar focado(a) e conquistando bons resultados:

1. Aprenda a liderar gerações diferentes

É comum nas empresas que pessoas de gerações diferentes façam parte do mesmo time. Baby boomers, geração X, geração Z e os millenials se encontram no mesmo ambiente de trabalho e isso pode gerar alguns conflitos, já que cada geração possui uma cultura e um histórico econômico – ainda mais com o recente ingresso da geração Z no mercado de trabalho. Portanto, as estratégias de gestão podem não funcionar de maneira efetiva para todos, saiba aproveitar as qualidades de cada grupo, sem se apegar aos estereótipos, criando um ambiente em que seu time se sinta valorizado e tenha motivação profissional para dar o melhor.

Uma estratégia que você pode utilizar é a da comunicação eficiente, assim você consegue tratar os grupos de forma específica, demonstrando confiança no potencial das gerações mais novas e valorizando o conhecimento dos mais experientes.

2. Dê boas vindas para as mulheres na liderança

Uma pesquisa realizada em 2018 revelou que apenas 24, das 500 maiores empresas dos Estados Unidos (de acordo com a lista Fortune 500, da revista Fortune), possuem CEO’s mulheres. Isso é um fato alarmante, se considerarmos os dados de uma outra pesquisa realizada pelo Peterson Institute for International Economics. Ela mostra que empresas com 30% de mulheres em seu quadro de funcionários em cargos de liderança esperam lucrar 1% a mais em comparação a empresas similares que não possuem mulheres líderes.

O desafio dos líderes de empresas ambiciosas por crescimento é diminuir, ou igualar, a diferença entre homens e mulheres em cargos de liderança. Para isso, precisam criar uma cultura e programas de inclusão e valorização das mulheres no mercado de trabalho.

>> Leitura recomendada: Mulheres empreendedoras significam melhores resultados financeiros

3. Está na hora de você entrar no ritmo

A expectativa dos clientes acompanha o desenvolvimento tecnológico, ou seja, tudo deve ser feito ou entregue o mais rápido possível. Porém, acelerar o ritmo sem uma estratégia definida pode significar uma perda de qualidade significativa. Para encontrar o ritmo certo você vai ter que ter a mente aberta. Saiba ouvir, raciocinar e aprender para simplificar alguns processos e adotar novas ferramentas ou serviços, sem causar um grande caos na empresa ou desestabilizar a sua equipe.

4. Enfatize o comprometimento

Uma tendência em crescimento desde 2018 é o trabalho remoto, ou home office. Apesar das vantagens, como reduzir custos indiretos com o escritório, ter acesso a uma gama maior de talentos de outras regiões e mais produtividade, ainda existem desafios a serem superados, um deles é o comprometimento.

Para que você, como um bom gestor, não perca o controle e acabe com uma equipe desmotivada, organize e divida as responsabilidades do projeto entre si e os membros do time. Você pode usar uma ferramenta de gestão, como o Runrun.it, para delegar as tarefas e acompanhar, em tempo real, tudo que acontece com seus projetos. Assim, você define padrões e estimula seus colaboradores a se comprometerem junto com você.

>> Leitura recomendada: Motivação profissional: Por que bons profissionais se demitem?

5. Incentive o aprendizado contínuo

Independente de qual seja a tendência do momento, uma coisa nunca muda: a necessidade de se atualizar. Com um desenvolvimento tecnológico acelerado, é cada vez mais necessário que as empresas estejam prontas para se adaptar sempre que necessário. Por isso, invista na educação e ampliação de conhecimento dos seus funcionários. Isso vai estimular sua confiança e lealdade para com a empresa, além de deixar todos preparados para quando uma futura mudança chegar.

Você pode começar dando o exemplo: investindo em sua própria evolução e aprendizado. E mais, o conhecimento não precisa ser necessariamente adquirido através de cursos, aprenda com seus próprios colaboradores – tão diversos, como tratamos no tópico 1 – a pensar em novos horizontes, adquira experiência através de erros e acertos e, quando precisar, peça auxílio para tomar uma decisão.

Dica importante: atualize-se e automatize a gestão

O bom gestor é prático, mas também deve se amparar na teoria. Pois há sempre novas metodologias e ferramentas surgindo por aí.

Uma forma de se manter atualizado sobre como ser um bom gestor é visitar sempre o blog do Runrun.it. Aqui, todos os dias compartilhamos conteúdo com o intuito de ajudar você a se aprimorar. Com ferramentas como o Runrun.it, por exemplo, que organiza todas as demandas de um negócio. Com ela, você fica sabendo quando as tarefas e projetos serão entregues e quanto vão custar de fato. Ou seja, a solução coloca tudo sob seu controle, de forma fácil e ágil, para você investir tempo no que realmente importa: aprimorar-se como gestor e trazer melhores resultados. Faça o teste grátis: http://runrun.it

6 thoughts on “Como ser um bom gestor? Dicas para você chegar aonde deseja

  1. Muito bom os artigos.Principalmente para mim que estou mudando de área, pois, trabalho com projetos industriais e a minha área esta um pouco morosa para voltar a ativa.( me formei em logística ano passado) E acho que diante das mudanças dos tempo nada melhor para se atualizar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>