A sua empresa está preparada para a Economia 4.0?

A sua empresa está preparada para a Economia 4.0?

Ler essa pergunta e titubear é absolutamente normal. Segundo uma pesquisa da Deloitte em parceria com a Forbes, apenas 14% dos mais de 1.500 executivos entrevistados ao redor do mundo acreditam que suas empresas estão preparadas para as mudanças trazidas pela Economia 4.0. Então, também é perfeitamente aceitável que a sua resposta seja “não”. 

Resultado da quarta fase da revolução industrial, a Economia 4.0 representa a evolução do processo analógico para um contexto virtual, em que todas as informações relacionadas à produção estão acessíveis, de forma que as máquinas conseguem analisar todos os dados e, com base neles, tomar decisões eficientes com agilidade. Esse hibridismo entre inteligência artificial e humana não é aplicada apenas no segmento industrial, mas em todos os setores influenciados pelos recursos tecnológicos. 

Neste artigo, vamos mostrar os impactos que a Economia 4.0 traz para o futuro do trabalho e como a sua empresa pode se preparar para esse movimento. 

 

Revoluções industriais moldando a nova economia

Em 1760, o vapor impulsionou o início da primeira revolução industrial. Um século depois, a eletricidade e as linhas de montagem tornaram possível a produção em massa. Já nos anos 70, a terceira revolução foi gerada pela automação, pelos computadores e pelas redes conectadas.

Agora, vivenciamos a quarta revolução industrial. Trata-se do resultado do avanço exponencial de diversas tecnologias, que, combinadas, potencializam ainda mais suas forças transformadoras.

A principal característica da Economia 4.0 é a união das tecnologias disruptivas, que mudaram os negócios, o mercado de trabalho e a própria sociedade. Hoje, o físico e o virtual estão fundidos, estamos alinhando inteligência artificial, IoT (Internet das Coisas) e análises digitais para comandar diversas ações do mundo físico. Nessa nova ordem em que empresas são formadas baseadas na tecnologia, todas as organizações perguntam se estão no caminho certo.

>> Leitura recomendada: Os benefícios que a Gestão 4.0 traz para sua empresa

Um grande sinal dessa mudança de paradigma é o ranking de marcas mais valiosas do mundo. No topo, não está mais a boa e velha Coca-Cola, a Nike ou qualquer outra empresa de bens de consumo.Quem dá as cartas hoje são as empresas de tecnologia, como Google e Amazon. 

4 impactos da Economia 4.0 e por que poucos estão preparados

A mesma pesquisa levanta quatro grandes impactos causados pela Economia 4.0. Entendê-los é essencial para ter competitividade nos dias de hoje. São eles: Sociedade, Estratégia, Talento e Tecnologia. Claro que, como tudo nessa era, esses pilares  estão conectados e se fortalecem mutuamente.

Sociedade

Vamos começar pelo impacto na sociedade. Na pesquisa, os executivos acreditam que o que moldará a sociedade no futuro não será os governos, mas sim as empresas. O avanço da economia permite a entrega de serviços que antes não alcançavam boa parte da população.

Trata-se de uma sinergia entre inovações tecnológicas e alta escalabilidade, que gera redução de custos e facilita o acesso a novos consumidores. Um exemplo é o micro investimento em massa que hoje os bancos podem disponibilizar graças à tecnologia.

Estratégia

No campo da estratégia, a visão de curto prazo perde cada vez mais espaço. A abordagem ampla e de longo prazo, com sustentabilidade, direciona quem dita as regras. Um negócio pode ser bom agora e  claramente não ser um “negócio do futuro”. O caso mais evidente é o contraponto entre carros híbridos e a indústria do petróleo. Hoje, a Tesla ainda não é líder de vendas, mas ela está de olho no amanhã, quando o combustível “fóssil” estará cada vez mais escasso.

Por outro lado, de acordo com a pesquisa, um desafio atual é a falta de foco. Na lista de prioridades, 56% dos entrevistados também assinalaram como fundamental o aumento de produtividade — um objetivo tradicional, que não abraça conceitos amplos e disruptivos. 

>> Leitura recomendada: Metodologia ágil para a sua gestão

Talento

Quanto mais automação de processos e integração da inteligência artificial na tomada de decisão, o talento se torna mais valorizado. Temos ferramentas para o trabalho operacional e não é mais preciso saber de tudo, mas é importante saber onde e como encontrar a informação certa de maneira rápida. Muitos executivos não absorveram a urgência de se formar um time talentoso para fazer a diferença na Economia 4.0.

>> Leitura recomendada: Tendências para ter uma equipe de alta performance

Historicamente, a tecnologia tem criado mais empregos do que extinguido. No entanto, a mudança gera incertezas, e confiar em sistemas e estruturas de ensino tradicionais não garante a capacitação de talentos capacitados para as vagas recém-criadas e para o futuro. Não é à toa que só 14% dos gestores acreditam que suas empresas estão preparadas para a nova economia.

Leitura recomendada: Quem são os profissionais do futuro

Tecnologia

A força que impulsiona a quarta revolução industrial é a integração do digital com o físico. A aplicação das novas tecnologias promove mudanças profundas nos modelos de negócio. Por isso, as gigantes de tecnologia como Amazon, Google, Apple e Netflix expandem seus campos de atuação e têm uma série de ramificações.

A transformação digital provocou uma guinada na forma de pensar, desenvolver e entregar soluções. Atualmente, a tecnologia não é mais vista como uma substituta dos colaboradores, mas um instrumento de potencialização da criatividade humana, oferecendo informações que podem ser utilizadas no marketing das empresas.  

Quem usa tecnologias disruptivas para envolver fornecedores, colaboradores e clientes, se beneficia. A questão é que a grande maioria se sente despreparada. Há também o medo da concorrência ser a responsável pela verdadeira mudança, o que é apontado como um dos maiores desafios da nova economia. Tudo o que vimos até aqui fundamental para o seu controle financeiro empresarial, afinal entender sobre a economia é a chave principal quando se trata do seu futuro.

O que você está fazendo para se preparar?

A combinação dos quatro pilares que vimos acimagera as verdadeiras novidades que provocam mudanças dramáticas no nosso dia a dia. Por quanto tempo as pessoas ainda vão se reunir para assistir à TV? Quando a nova estrutura de mobilidade urbana será realidade?

Se passarmos da teoria para a realidade atual do Brasil, a inquietação por “não estar preparado para a Economia 4.0” dá lugar ao entusiasmo, ao ver um grande campo a ser explorado.

Segundo um estudo da Confederação Nacional da Indústria (CNI), 77,8% das empresas brasileiras ainda estão nas gerações tecnológicas 1 e 2. A grande transformação por aqui ocorrerá nos próximos 10 anos, quando mais da metade das indústrias migrará para os níveis 3 e 4, que inclui o uso da robótica, de novos materiais, armazenamento de energia, big data, tecnologia cognitiva, entre outras soluções.

>> Leitura recomendada: Empresa digital: gargalos e tendências da transformação

Ferramenta para te ajudar rumo à Economia 4.0

O que você pode fazer agora? Formar uma equipe talentosa e usar a tecnologia para elevar o desempenho de forma inteligente. No que se refere ao fluxo de trabalho, pode contar com a plataforma de gestão do Runrun.it.

A ferramenta ajuda na gestão de tarefas, comunicação da equipe, elaboração de relatórios e desenvolvimento de projetos. Faça um teste grátis e esteja mais preparado para a Economia 4.0: http://runrun.it

Economia 4-0” width=  

Conteúdos mencionados e relacionados: 

https://www.forbes.com/forbes-insights//srv/htdocs/wp-content/uploads/2018/01/Deloitte-FourthIndustrialRev_REPORT_FINAL-WEB.pdf

http://www.portaldaindustria.com.br/cni/canais/industria-2027/noticias/industria-40-saltara-de-16-para-218-das-empresas-em-uma-decada-diz-pesquisa-da-cni/

https://www.youtube.com/watch?v=sXTWagAqKkI

2 thoughts on “A sua empresa está preparada para a Economia 4.0?

  1. Olá, tudo bem? Me chamo Mariana e estou fazendo meu TCC relacionado a Economia 4.0, estou tendo uma grande dificuldade de encontrar artigos relacionados a este assunto.
    Gostaria de saber onde encontro a Pesquisa Deloitte
    Aguardo resposta
    Obrigado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>